AUMENTO ABUSIVO DOS COMBUSTÍVEIS: Movimento denunciará cartel ao Ministério Público

Uma nova manifestação está marcada para

acontecer no dia 24 de fevereiro em São Luís

Advogado Diego Moraes
O advogado e coordenador do Movimento “Na Mesma Moeda”, Diego Moraes, disse, nesta quinta-feira (07), em contato com o Blog da Sílvia Tereza, que formalizará denúncia junto ao Ministério Público do Maranhão contra o que chamou de cartel no aumento absurdo dos preços dos combustíveis nos postos de São Luís.
E para quem pensava que o movimento havia acabado, o  advogado afirma que tudo só está começando. Ele disse ainda que já tem outro manifesto marcado para o dia 24 de fevereiro.
Ele garante que não  se trata de um manifesto isolado, mas interestadual. “Essa causa precisa continuar sendo abraçada. Precisamos estar juntos, não só por esta causa, mas por muitas outras dentro e fora de São Luís”, disse o advogado.

No dia 31 de janeiro último, motoristas de São Luís aderiram ao Movimento “Na Mesma Moeda” para protestar contra o aumento no preço dos combustíveis. Eles escolheram um posto para abastecer o carro somente com R$ 0,50. Todos pediram nota fiscal. 

O protesto foi organizado por consumidores que estão insatisfeitos com o reajuste no preço do litro da gasolina, que em janeiro subiu de R$ 2,45 para R$ 2,86, em média. No posto, filas de carros para abastecer em forma de protesto.

Postagens relacionadas

One thought on “AUMENTO ABUSIVO DOS COMBUSTÍVEIS: Movimento denunciará cartel ao Ministério Público

  1. Dr. DIEGO,
    ESSE MOVIMENTO TEM QUE IR ATÉ CHAPADINHA-MA. LÁ É UM CARTEL SÓ. TODOS OS POSTOS TEM O MESMO PREÇO. E DIGA-SE DE PASSAGEM ALTÍSSIMO=(3,08). É UM ABSURDO. ENQUANTO ISSO O MINISTÉRIO PÚBLICO DE LÁ DORME. É BRINCADEIRA!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.