Skatistas denunciam estado caótico de pistas em São Luís

Skatistas se queixam de espaços e do estado das pistas
O skatista Tércio Fernandes entrou em contato com o Blog da Sílvia Tereza com pedido de direito de resposta ao post “skatistas invadem praças de São Luís”. Segundo ele, isso está ocorrendo porque faltam espaços apropriados para a prática do esporte na capital maranhense e pelo fato das pistas existentes estarem todas deterioradas.

Segundo o skatista, a pista de skate da Lagoa da Jansen só está sendo usada ainda por skatistas graças a eles mesmos que levam cimento e areia todo mês e reformam a pista por conta própria. 

“Existe ainda a pista de skate do Castelinho, essa em condições piores ainda, pois não aceitam que nós mesmos tomemos conta da pista, reformando-a por conta própria”, denunciou.

Tércio disse ainda que os skatistas usam as praças como pistas porque elas se tratam de um espaço público e nega que bancos da Gonçalves Dias tenham sido quebrados para se transformarem em rampas de skate. Segundo ele, apenas foi instalada uma cantoneira de ferro para evitar a degradação do banco.

“Essa história de privatização do espaço publico é arriscada e cheia de falhas”, contestou o skatista.

NOTA DA EDITORA: Em tempo, este blog nada tem contra a prática do skatismo. Só não concorda que praças, como a Gonçalves Dias, antigo reduto dos namorados e dos turistas, sejam descaracterizadas e virem “pistas de skate” alternativas. 

Entendo que os skatistas devam se mobilizar para pressionar as autoridades competentes a resolverem o problema, já que as pistas estão deterioradas e são insuficientes para a prática.

Postagens relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.