Caso Boate Nyx: Casal nega ter dado tapa em estudante

Caso foi esclarecido no Plantão Central da Refesa
O blog foi procurado, na manhã desta quarta-feira (02), pelo casal Marco Antonio de Toledo Piza e Carol Fernandes, que enviou direito de resposta e versão sobre suposta agressão à estudante Adrianne Paraíso (“Drica”), que teria acontecido na madrugada do último sábado (29) na Boate Nyx, na Ponta D’Areia, em São Luís. A confusão provocou um grande tumulto na casa noturna e foi terminar no Plantão Central da Refesa, onde as partes foram ouvidas.

Segundo Carol Fernandes informou por telefone a este blog, na confusão e no mal entendido a estudante teria levado um “empurrão leve” e não “um forte tapa ou um bogue” como foi denunciado. Ela informou que tudo teria sido esclarecido na Delegacia e negou que o casal tenha tentado fugir da boate, depois do ocorrido.

A seguir o Direito de Resposta do casal:

DIREITO DE RESPOSTA


Todos criticam e acusam, mas ninguém sabe o que realmente aconteceu. Minha esposa escorregou e esbarrou nesta tal de DRICA; depois disso, ela chamou minha esposa de vagabunda, vadia, etc. Quando vi, havia 3 ou 4 mulheres em cima dela dizendo que teria volta, foi quando eu, MARCO ANTONIO, intervi no meio da discussão, tirando minha esposa do meio destas pessoas.


Resumindo até o que o DELEGADO DO PLANTÃO CENTRAL DA REFESA disse: “Se ele tivesse dado um bogue, como todos estão dizendo, você estaria com o rosto todo arrebentado e faria exame de corpo de delito. Você não tem nada, como estou vendo, então vamos acalmar os nervos e colocar uma pedra nisso”.


Resumindo, sou pai de família. Eu e minha mulher trabalhamos juntos, graças a Deus, e nunca faria isso. Só acho que ninguém imagina o constrangimento que minha mulher passou com esta Drica, com palavras de baixo calão. Fica aqui a minha versão.



Marco Antonio de Toledo Piza





Postagens relacionadas

2 thoughts on “Caso Boate Nyx: Casal nega ter dado tapa em estudante

  1. Lembrando que a Srta. Raiana Bogea sobrinha de lorival bogea dono do JORNAL PEQUENA ofendeu minha esposa de vadia, vagabunda e outra coisas mais, o gosado que isso ninguém comenta pq? Familia bogea é o que aqui em São Luis isso eu não sei pra mim é nada. Então eu e minha esposa somos agredidos tbém eu fisicamente e minha mulher verbalmente e ninguém comenta. Tranquilo a justica dira pois entraremos contra esta tal de Drica e Raiana um processo de calunia, difamacão conforme instruido pelo nosso advogado.

  2. Incrível que várias pessoas no facebook confirmaram a versão de Drica e não a desse senhor e de sua esposa.Todavia, mesmo assim, como não estava lá, não me sinto capaz de julgar quem provocou quem e etc.Mas um homem feito, agredir uma mocinha de 20 anos com um tapa que a leva ao chão e sair gritando que tem influência no meio jurídico é no mínimo ridículo, patético, vergonhoso e desproporcional. Queria mt acreditar que a Justiça tomaria alguma providência, que algo seria feito, que o castigo viria na mesma proporção, mas vivemos no Brasil, país em que os próprios operadores do Direito, zombam da lei, utilizam-se de suas brechas e ainda saem se achando espertos. Vergonha!!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.