GESTÃO DO SOCORRÃO II: Holanda Jr. diz não a Roseana

Pelo andar da carruagem, “parceria” institucional entre Prefeitura de São Luís e Governo do Estado está longe de acontecer
Reunião entre Holanda Jr e Roseana não resultou em nada
Como já era esperado e antecipado pelo secretário de Comunicação, Márcio Jerry, nas redes sociais, o prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior, descartou mesmo, nesta segunda-feira (21), transferir a gestão do Hospital Municipal Clementino Moura, o Socorrão II, para a Secretaria de Estado da Saúde, mediante repasse da ordem de R$ 77 milhões por parte do governo municipal ao Estado. A proposta foi encaminhada, por meio de ofício, pela governadora Roseana Sarney.

Em resposta à proposta oficializada pelo Governo do Estado, o prefeito de São Luís manteve a solicitação de prorrogar a parceria iniciada no final da gestão passada, retirando do estágio precarizado o atendimento de urgência/emergência na capital.

Na resposta, o prefeito propõe ao governo estadual uma reflexão maior sobre a possibilidade de assumir a gestão do Socorrão II, bem como seus recursos financeiros, pondo assim em risco os princípios organizacionais do Sistema Único de Saúde (SUS) ferindo a autonomia entre entes federados. 

“Parceria entre Estado e Município não pode significar intromissão na autonomia e na gestão administrativa e financeira desses entes federados”, diz o documento enviado pelo prefeito Edivaldo Holanda Jr ao governo do Estado.

Na primeira semana de trabalho, o prefeito solicitou audiência com a governadora para discutir parcerias institucionais entre Estado e Município, objetivando suprir necessidades coletivas urgentes geradas pela situação de anomalia que se encontrava o sistema municipal de saúde. O encontro aconteceu no dia oito de janeiro, mas a governadora mostrou um pé atrás e exigiu projetos oficiais.Em seguida, pediu a gestão do Socorrão II, que lhe foi negada.

Com informações da Prefeitura de São Luís

Postagens relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.