Carreira de Gerson da Conceição será celebrada em show nesta Quinta do Reggae

No último dia 22 de abril, Gerson da Conceição foi vítima de um infarto fulminante, em São Paulo, onde morava

Formada em 1997, a banda maranhense de reggae Mano Bantu se preparava para gravação de um novo disco e uma turnê inédita na Europa quando, em abril deste ano, uma notícia inesperada atrapalhou os planos de retorno do grupo: o falecimento precoce de Gerson da Conceição, cantor, compositor, baixista e um dos fundadores do conjunto.

No último dia 22 de abril, Gerson da Conceição foi vítima de um infarto fulminante, em São Paulo, onde morava havia mais de 15 anos. A trajetória brilhante do artista será celebrada em um grande show na próxima quinta-feira, 1º de agosto, dentro da programação da Quinta do Reggae, evento promovido pelo Museu do Reggae.

O show será realizado na Praça do Reggae (ao lado do Museu), no Centro Histórico de São Luís, e vai contar com a participação dos músicos Fauzi Baydon, Célia Sampaio, Santa Cruz, Alê Muniz, Zé Lopes, Preto Nando, Aziz Júnior, e claro, com os remanescentes da Mano Bantu.

A homenagem contará ainda com a discotecagem de vinil da Rádio Zion e Radiola Reggae, com os DJs Joaquim Zion e Marcus Vinícius, além da participação nas pick-ups de Andrezinho Vibration, Neto Miller e de Ademar Danilo, que além de DJ e jornalista, é diretor do Museu do Reggae.

A ideia do tributo partiu de Aziz Júnior e do baterista Moisés Mota, idealizador da Mano Bantu ao lado Gerson da Conceição. Amigo de Gerson da Conceição desde a década de 1980, o baterista acredita que o músico foi fundamental para difusão do reggae maranhense em todo o país.

Hotéis em Barreirinhas e São Luís chegam a ter reservas esgotadas nas férias

Em são Luís, a ocupação varia entre 70% e 85%, a depender do público alvo de hotéis e pousadas

Empreendedores do setor hoteleiro em São Luís e Barreirinhas celebram o aumento da ocupação no período de férias. Em Barreirinhas, a maior parte dos hotéis já tem ocupação completa até o final da temporada. Em são Luís, a ocupação varia entre 70% e 85%, a depender do público alvo de hotéis e pousadas.

Michele Feitosa, subgerente de uma pousada em Barreirinhas com foco em turistas regionais, explica que o hotel já tem lotação garantida até o final de julho e observa que as ações do governo são fundamentais para estimular o setor. “O Mais Cultura e Turismo faz toda diferença para o turismo na cidade. Além da garantir uma agenda cultural para esse período, estimula os turistas a voltarem. Nós agradecemos muito a sensibilidade do governo em promover ações desse tipo”, diz.

Iniciativa do Governo do Maranhão, o Programa Mais Cultura e Turismo garante a apresentação de grupos culturais, companhias teatrais e músicos da cultura popular maranhense no período de férias. Em Barreirinhas, desde o dia 25 de junho, a Beira Rio é palco de dezenas de atrações culturais que mobilizam moradores e visitantes durante o fim de semana.

Com o bem-sucedido São João do Maranhão e a ampliação do calendário cultural no mês de julho, a permanência de turistas na capital maranhense é reforçada pela percepção de que o Maranhão oferece atrações culturais mais ricas e interessantes do que outras capitais conhecidas por festas durante o período.

De acordo com o Instituto Interpreta, que realizou pesquisa durante o São João em São Luís, para 79,3%, dos visitantes, a festa em São Luís é melhor que no restante do país. Outros 19,2% responderam que é igual.

“Muitos dos visitantes que se hospedaram aqui fizeram observações positivas sobre a organização dos eventos, até familiares meus que vieram de Brasília se surpreenderam com as medidas de acessibilidade nos arraiais, além da multiplicidade de ritmos e grupos culturais. Essa percepção é fundamental para que o turista tenha o interesse em retornar ao destino, mantendo a cadeia do turismo sempre ativa”, destaca Saulo Bezerra, gerente de um hotel próximo a orla da capital maranhense.

Bolsonaro deve visitar São Luís, Alcântara e Rosário em agosto

As cidades de São Luís, Rosário e Alcântara estarão na agenda do presidente que deve vir ao Maranhão em agosto

A vinda do presidente Jair Bolsonaro (PSL), à cidade de São Luís, foi anunciada, oficialmente, pela presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Kátia Bogéa. As cidades de São Luís, Rosário e Alcântara estarão na agenda do presidente que deve vir ao Maranhão em agosto.

Jair Bolsonaro vai entregar as obras de requalificação da Rua Grande e, também, anunciar novas intervenções de recuperação do Centro Histórico.

Em Rosário, Bolsonaro deve entregar a Obra do Complexo Ferroviário, a antiga estação de trem. Também serão entregues 500 casas construídas pelo Programa Minha Casa, Minha Vida.

Já em Alcântara, o presidente deve visitar o Centro de Lançamento. O local vai ser explorado pelos os Estados Unidos para o lançamento de foguetes.

Garoto que viralizou com bateria improvisada recebe instrumento novo de Flávio Dino

Após o encontro com o governador, o jovem se apresentou na Feirinha da Praça Benedito Leite, em São Luís.

O estudante de São Mateus do Maranhão que ganhou a internet na última semana tocando em uma bateria improvisada esteve em São Luís com sua família neste final de semana. Além de conhecer a sede do Governo do Estado, o Palácio dos Leões, o estudante Danilo Alexandre Silva, de 14 anos, foi recebido pelo governador Flávio Dino e recebeu um presente inesperado, um instrumento novo para continuar seus ensaios e apresentações.

“Vou poder tocar em igrejas, em aniversários e vou continuar estudando”, disse feliz após receber o instrumento.

Morador do povoado de São Benedito, onde também vive a avó, Danilo viu o amor pelo instrumento nascer quando ele ainda morava em São Luís. “Eu via as pessoas tocarem na igreja, achava bonito”, disse. Já no interior do estado, começou a juntar baldes para montar o próprio instrumento.

O menino também ganhou incentivo para continuar nas aulas da Escola Municipal de Música de São Mateus.

“Encontramos o Danilo através das redes sociais, vimos o talento que ele tinha, mostramos a professores da Escola de Música Estadual que aprovaram e resolvemos trazer ele para que ganhasse uma bateria profissional e também fazer parceria com a prefeitura de São Mateus para que ele possa frequentar a Escola de Música de lá e possa desenvolver o seu talento”, falou o secretário de Cultura, Anderson Lindoso.

Observatório do Turismo aponta crescimento em indicadores do setor

Em relação aos embarques e desembarques no aeroporto Marechal da Cunha Machado houve um crescimento médio de 12,13% no período que compreende os meses de abril, maio e junho de 2019 em comparação a 2018

Junho, mês da maior festa popular do Maranhão: o São João, foi também o mês com relevantes avanços para o turismo em São Luís, tanto no fluxo de passageiros como na ocupação hoteleira. Em relação aos embarques e desembarques no aeroporto Marechal da Cunha Machado houve um crescimento médio de 12,13% no período que compreende os meses de abril, maio e junho de 2019 em comparação a 2018.

A taxa de ocupação do mês de junho dos hotéis associados à Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH-MA) também apresentou 4 pontos percentuais a mais em relação a 2018 que foi de 56%. No feriado de corpus christi tivemos picos superiores a 70%.

O Observatório do Turismo do Maranhão também fez levantamento da taxa média de ocupação hoteleira de São Luís apontando para percentual de 60% durante as datas de 28 a 30 de junho de 2019, um aumento de 27% em comparação a 2018. A experiência do visitante durante o São João em São Luís também aumentou na categoria excelente em relação a 2018, que foi de 41,24% e em 2019 chegou em 50,58%, ou seja, aumento de 9,34 pontos percentuais.

Desde o final de 2016, o Observatório do Turismo do Maranhão, que reúne um grupo de pesquisadores da Universidade Federal do Maranhão, Secretaria de Estado do Turismo do Maranhão e Secretaria Municipal de Turismo de São Luís, vem realizando levantamentos de dados sobre o turismo no estado de forma ética, por compreender que essas informações são fundamentais para o desenvolvimento de políticas públicas e estratégias por parte do setor público e privado.

“Em decorrência deste posicionamento responsável, o observatório é respeitado por diversas entidades do turismo, assim como pela comunidade acadêmica e trade turístico local. Desde 2017 fazemos parte da Rede Brasileira de Observatórios de Turismo” explicou o coordenador do observatório, Professor Doutor Saulo Ribeiro dos Santos do Departamento de Turismo & Hotelaria da Universidade Federal do Maranhão.

Compõem a equipe do observatório ainda a vice coordenadora e turismóloga, Thais Mendes Pinheiro (SETUR-MA), juntamente com dois bolsistas, acadêmicos, Mariana Santos (UFMA) e Everaldo Coelho (UFMA), além das Pesquisadoras Mestre Brenda Leite (SETUR-SLZ) e Mestre Ângela Lucas Leite (UFMA).

Brasil derrota o Peru e conquista a Copa América no Maracanã

O título é o primeiro de Tite no comando da equipe

Foram seis anos sem uma taça. Mas nada como se sentir em casa, à vontade e ser o protagonista da própria festa. No mesmo Maracanã que viu o título da Copa das Confederações em 2013, a seleção brasileira sagrou-se campeã da Copa América 2019 ao vencer o Peru por 3 a 1. Olhando apenas para o torneio continental, o Brasil voltou ser campeão após 12 anos, algo que não ocorria desde 2007. O grito da torcida de “o campeão voltou” fez total sentido.

A atuação do Brasil neste domingo, no jogo que registrou a maior renda da história do futebol nacional (R$ 38.769.850,00), teve protagonismo compartilhado entre Gabriel Jesus e Éverton. O camisa 9 foi quem deu o cruzamento para o primeiro gol, marcado pelo Cebolinha, e fez o segundo do Brasil em um momento crucial: pouco antes do intervalo, minutos após o gol de empate do Peru. No segundo tempo, quando Gabriel Jesus já tinha sido expulso em uma decisão controversa da arbitragem, Cebolinha sofreu o pênalti que gerou o gol de Richarlison.

Gabriel saiu chorando e muito revoltado com o cartão vermelho. Quase derrubou o monitor do VAR, mas tem muitos motivos para comemorar esse torneio que serviu como volta por cima dele na seleção, depois de um Mundial do qual saiu contestado pela falta de gols.

O título é o primeiro de Tite no comando da equipe. Um alívio para o treinador que tomou um “choque de realidade” na eliminação da Copa do Mundo, em 2018, e estabeleceu uma autocobrança muito grande pela conquista da Copa América. Entre os jogadores, a sensação também é nova: só quatro dos 23 convocados já tinham um título pela seleção principal no currículo (Daniel Alves, Thiago Silva, Filipe Luís e Miranda).

A conquista da Copa América, de forma invicta, teve como destaque da seleção a capacidade de se defender, embora o time tenha deixado escapar por muito pouco a marca de ser campeão sem levar um gol sequer. Só quem conseguiu ultrapassar a barreira defensiva do Brasil foi o próprio Peru, com uma cobrança de pênalti de Guerrero. Thiago Silva tentou cortar uma bola de carrinho, e a bola bateu no braço dele, que estava apoiado no chão.

Governo e Vale firmam parceria para investimentos de R$ 60,3 milhões

Cerimônia da Assinatura do Protocolo de Intenções entre a Vale e o Governo do Maranhão

A Vale anunciou nesta terça-feira (2) um conjunto de investimentos no Maranhão nas áreas de educação, saúde, patrimônio histórico e segurança. Um termo de cooperação foi assinado pelo governador Flávio Dino e o diretor-presidente da Vale, Eduardo Bartolomeo, no valor de R$ 52,2 milhões. O investimento inclui a construção e reforma de escolas, novos laboratórios técnicos, apoio na formação de educadores, alfabetização de crianças e restauro de prédios no centro histórico da capital. As ações devem ser iniciadas ainda este ano. Além da parceria com o Governo, a Vale anunciou a doação de R$ 8,14 milhões ao Corpo de Bombeiros, em reconhecimento ao serviço prestado pela corporação à população do estado.

“Hoje estamos assinando um importante documento de parcerias com a empresa que atua no Maranhão, a Vale, acordo esse que implicará a realização de investimentos em várias áreas. Destaco a adesão da empresa ao programa Nosso Centro, recentemente lançado. Só nessa área de restauração de patrimônio histórico são R$ 15 mi. E esse é um protocolo que tem consequências práticas e muito significativas girando em torno de R$ 60 mi”, pontuou o governador Flávio Dino.

Os investimentos em educação ampliarão o alcance do programa Escola Digna, com a construção de cinco novas escolas com mobiliário e sistema de abastecimento de água nas cidades de São Pedro da Água Branca, Igarapé do Meio, Tufilândia e Vila Nova dos Martírios. Além da construção, haverá reforma em três escolas nos municípios de Arari, Monção e Bom Jesus das Selvas. Os Institutos Estaduais de Educação, Ciência e Tecnologia (IEMAs) também serão contemplados com a implantação de 12 novos laboratórios nas unidades de São Luís (Centro e Itaqui-Bacanga) e Santa Inês.

Com foco estruturante, a Fundação Vale atuará no processo de alfabetização plena de crianças de até 8 anos em 23 municípios do Maranhão, ao longo de 10 anos, alcançando mais de 200 mil estudantes, 1.500 escolas municipais e estaduais e mais de sete mil educadores da pré-escola e dos anos iniciais do ensino fundamental formados. Outra linha de atuação está relacionada à promoção do livro e da leitura no Ensino Fundamental e Médio e projetos de Educação de Jovens e Adultos (EJA), incluindo a doação de acervo às escolas. Apoiará, ainda, a Secretaria de Estado da Educação com diagnóstico e melhoria dos fluxos e processos.

A identidade da cultura maranhense está intimamente ligada aos casarões do Centro Histórico, patrimônio de todos os maranhenses e do mundo. Em uma parceria com o programa Nosso Centro, desenvolvido pelo Governo do Estado, a Vale será responsável pela execução de obras de reforma em casarões emblemáticos, selecionados em comum acordo com o Governo, que será responsável pela elaboração dos projetos executivos.

O investimento em saneamento contempla um diagnóstico de abastecimento de água e esgotamento sanitário em São Luís e Raposa. Para contribuir com o combate à criminalidade ao longo da Estrada de Ferro Carajás, a Vale cederá quatro imóveis da empresa, em regime de comodato, à Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) para que as Polícias Militar e Civil instalem bases operacionais, administrativas, centros de treinamento e alojamentos. Os imóveis estão localizados nas cidades de Vitória do Mearim, Alto Alegre do Pindaré, Açailândia e São Pedro da Água Branca.

Elba Ramalho contagia público no São João do Maranhão

Uma verdadeira multidão de fãs lotou a Praça Maria Aragão para acompanhar o encerramento da programação junina

Ao som de clássicos como “Banho de Cheiro”, “Você endoideceu meu coração” e “Ai que saudade d’ocê”, interpretados pela paraibana Elba Ramalho, que o público se despediu na noite de domingo (30), do São João do Maranhão 2019.

Uma verdadeira multidão de fãs lotou a Praça Maria Aragão para acompanhar o encerramento da programação junina, que este ano mobilizou milhares de maranhenses e turistas pelos diversos arraiais espalhados por São Luís e pelo interior.

Elba Ramalho fechou com muita animação e energia uma programação que foi aberta no dia 19 de junho, também no Arraial da Maria Aragão, pelo também contagiante Alceu Valença, parceiro da cantora no projeto Grande Encontro.

A cantora agradeceu a oportunidade de participar mais uma vez do São João maranhense. Desta vez, participando da edição que vem sendo considerada por muitos como o maior São João da história do Maranhão.

“Eu aproveito essa oportunidade que vocês me dão de vir pelo menos uma vez por ano aqui na festa de São João para cantar, mostrar meu espetáculo, trazer minha alegria e festejar com vocês uma festa que tem muita tradição aqui também”, disse Elba.

O governador Flávio Dino fez questão de assistir ao show de Elba Ramalho e falou sobre o significado da festa de São João deste ano. “Alegria, gratidão, nossos grupos culturais, uma festa belíssima. Nós assistimos o mês inteiro o que o Maranhão tem de melhor, de música, dança, culinária, gastronomia, patrimônio histórico, decoração, cores, sabores”, disse.

Dino agradeceu aos artistas e parceiros da festa e convidou os brincantes para programação extra nos Lençóis Maranhense e no Centro Histórico de São Luís – que terão atrações durante todo o mês de julho – e no Arraial do Ipem, que teve a programação estendida até o dia 6 de julho.

Programação do Arraial do Ipem será estendida até o dia 6 de julho

Um espaço cenográfico recriou fachadas de museus e casas de cultura do estado e atraiu milhares de pessoas para o Arraial do Ipem

Sucesso no São João do Maranhão, o Arraial do Ipem terá mais seis dias de festança e diversas atrações. Localizado no Centro Social dos Servidores, bairro do Calhau, em São Luís, o Arraial do Ipem é um dos locais preferidos do público. Nos 12 dias da temporada oficial, passaram pelo Arraial mais de 100 mil pessoas.

Para o secretário de Estado da Cultura, Diego Galdino, é merecida uma semana a mais no melhor São João do Brasil. “A festa foi um sucesso, e no Ipem foram muitas novidades, teve a Vila Cultural, uma decoração original com as bandeirinhas, espaço para crianças, idosos, além de atrações com o melhor da música nordestina e cultura popular maranhense”, destacou o secretário.

A superestrutura montada no Arraial do Ipem conta com três palcos, um principal para shows, outro para apresentação de grupos da cultura popular, e mais um no Barracão do Forró. Outra atração é a praça de alimentação com 11 food trucks, 11 bike food, sete cervejarias artesanais, além das 29 barracas oferecendo deliciosas comidas típicas.

O arraial tem ainda vendas de artesanato, central de atendimento ao turista, parquinho para diversão da criançada, ambiente exclusivo para idosos e pessoas com mobilidade reduzida, primeiros socorros e segurança, garantindo a tranquilidade dos visitantes.

Outra novidade deste ano no Ipem foi a Vila Cultural. O espaço cenográfico recriou fachadas de museus e casas de cultura do estado e atraiu milhares de pessoas todos os dias. De 1º a 6 de julho, a programação estendida contará com shows, grupos de Bumba meu boi, tambor de crioula, cacuriá e outras atrações da cultura popular.