Em São Luís, Othelino Neto reúne-se com lideranças e grupos de capoeira

Participaram do encontro, representantes dos bairros do Paranã, Vila Itamar, Liberdade, Camboa, Santa Efigênia, Piancó, Turu, Vila Maranhão, Vila Embratel, Cidade Olímpica, Cidade Operária e São Francisco

O candidato à reeleição e presidente da Assembleia Legislativa , deputado Othelino Neto (PC do B), reuniu-se, na quarta-feira (5), com lideranças de vários bairros de São Luís para prestar contas de sua gestão e apresentar suas novas propostas para o Parlamento Estadual.

“Nos últimos dias, temos andado por todo o Maranhão para estar perto da população e vimos que, apesar dos avanços garantidos pelo governador Flávio Dino, ainda há muito a ser feito. Estou aqui para pedir que apostem no meu trabalho, pois o meu compromisso é continuar ajudando o governador a melhorar nosso estado”, afirmou.

Participaram do encontro, representantes dos bairros do Paranã, Vila Itamar, Liberdade, Camboa, Santa Efigênia, Piancó, Turu, Vila Maranhão, Vila Embratel, Cidade Olímpica, Cidade Operária e São Francisco.

Othelino Neto reúne-se com lideranças e grupos de capoeira

O líder comunitário Leandro Sodré explicou por que decidiu apoiar a reeleição do presidente da Assembleia Legislativa. “Decidi apostar no deputado Othelino porque ele é ficha limpa, digno, um homem que podemos confiar e que tem projetos importantes para as comunidades”, afirmou.

Apoio dos grupos de capoeira

Othelino Neto reúne-se com lideranças e grupos de capoeira

Durante o evento, cerca de dez grupos de capoeiristas se apresentaram e levaram pedidos ao deputado. “Othelino Neto já destinou emendas que beneficiaram os jovens e a cultura, por isso a gente pede apoio para implantação de políticas públicas de incentivos da prática da capoeira, principalmente nas escolas”, explicou o mestre Mizinho, que trabalha há 37 anos com a capoeira no Maranhão.

TRE-MA indefere nome de Jorge Arturo e libera Josimar Maranhãozinho

Uma força tarefa analisa todos os nomes de olho nos que tem pendências na Justiça

O Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA) continua as análises nos pedidos de registro de candidaturas dos postulantes que concorrem aos diversos cargos no Estado. Uma força tarefa analisa todos os nomes de olho nos que tem pendências na Justiça.

Nesse sentido, o TRE-MA indeferiu o registro de candidatura de Jorge Arturo (PHS), que concorre como primeiro suplente, ao lado do candidato a senador, Alexandre Almeida.

O mesmo Tribunal deferiu a candidatura de Josimar de Maranhaozinho (PR), alegando que não há necessidade do candidato se submeter a teste alfabético.

Bolsonaro é esfaqueado em ato de campanha em Juiz de Fora (MG)

Vídeos que circulam pela internet mostram uma pessoa se aproximando do candidato e acertando sua barriga

O candidato à Presidência da República do PSL, Jair Bolsonaro, foi esfaqueado durante ato de campanha em Juiz de Fora na tarde desta quinta-feira, 6. O presidenciável foi levado para o hospital e passa bem, segundo familiares. De acordo com Flavio Bolsonaro, filho do presidenciável, o ferimento foi superficial. O suspeito foi preso, segundo a Polícia Federal.

“Jair Bolsonaro sofreu um atentado agora em Juiz de Fora, uma estocada com faca na região do abdômen. Graças a Deus, foi apenas superficial e ele pesa bem. Peço que intensifiquem as orações por nós!”, escreveu Flávio Bolsonaro no Twitter.

De acordo com a Coluna do Estadão, a PF vai instaurar inquérito para apurar a agressão. Bolsonaro estava sendo carregado por apoiadores no momento em que sofreu o ataque.

Polícia Federal prendeu o suspeito de ter esfaqueado o candidato Bolsonaro. Ainda não foi divulgada nenhuma informação sobre o agressor. A PF vai instaurar investigação para apurar a agressão sofrida pelo candidato.

Líder nas pesquisas de intenção de votos, Bolsonaro era carregado pelas ruas da cidade mineira por seus apoiadores quando fez uma expressão de dor. Vídeos que circulam pela internet mostram uma pessoa se aproximando do candidato e acertando sua barriga. Pelos vídeos, não é possível identificar de forma precisa o que foi utilizado pelo agressor.

A PF é responsável pela segurança de Bolsonaro e acompanha o candidato em todas suas agendas. Questionada, a PF disse que retirou o candidato do local. A corporação disse que ele está fora de perigo e o ferimento causado pela agressão foi superficial. (Fabio Serapião)

Confusão havia marcado visita ao hospital

Antes do ataque, tumultos, tensão e bate-boca marcaram a visita do presidenciável ao hospital filantrópico da Associação Feminina de Prevenção e Combate ao Câncer (ASCOMCER) e também um almoço com o candidato em um hotel em Juiz de Fora, Minas Gerais, nesta quinta-feira, 6.

Pacientes idosos em tratamento contra a doença tiveram dificuldade para entrar na unidade, devido a um cordão de isolamento feito por integrantes de um movimento conservador da cidade. Vestidos de preto, eles se diziam policiais e afirmavam fazer “segurança voluntária” do candidato.

Flávio Dino: “Márcio Jerry nunca deixou de trabalhar pelas causas do Maranhão”

O ato político foi realizado na Avenida Santos Dumont e contou com a presença de prefeitos de vários municípios da região

“Conheço Márcio Jerry há muitos anos e uma coisa nunca mudou. Ele nunca deixou de trabalhar de manhã, de tarde e de noite pelas causas do Maranhão”. Foi assim que o governador Flávio Dino resumiu a trajetória política e de militância do candidato a deputado federal, Márcio Jerry. Os dois cumpriram agenda de campanha no município de Caxias, onde participaram do comício “Tá Combinado”, organizado pelo candidato a deputado estadual Adelmo Soares.

Em seu discurso, Márcio Jerry afirmou que quer ser deputado federal para ajudar o governador a continuar a fazer mais pelo Maranhão. “Sempre estive junto do governador Flávio Dino, trabalhando junto com ele para transformar o estado. A nossa candidatura nasce de uma luta social em nome de tudo que é bom, belo, justo e que defende os direitos dos trabalhadores. Agradeço o apoio do governador Flávio Dino e de Adelmo Soares nessa caminhada”, disse Márcio Jerry.

O ato político foi realizado na Avenida Santos Dumont e contou com a presença de prefeitos de vários municípios da região, como Jorge Oliveira, de Duque Bacelar; Zé Reis, de Aldeias Altas; Chico Freitas, de Lagoa Grande; Laércio Arruda, de Lago da Pedra; Ruivo, de Cantanhede; e o vice-prefeito de Coelho Neto, Antonio Pires.

Também participaram representantes de mais de 30 sindicatos de trabalhadores rurais; da Federação dos Trabalhadores da Agricultura do Estado do Maranhão (Fetaema); do Movimento dos Trabalhadores Rurais sem-terra (MST); e o Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB).

Roseana Sarney faz ataque indireto ao seu próprio partido

A candidata fala que a vida do brasileiro piorou, mas não menciona que a crise nacional foi gerada no seio do impopular governo de Michel Temer, seu correligionário e aliado

Na propaganda eleitoral que foi ao ar na quarta-feira (5), a ex-governadora Roseana Sarney indiretamente atacou seu próprio partido, o PMDB. No vídeo, a candidata fala que a vida do brasileiro piorou, mas não menciona que a crise nacional foi gerada no seio do impopular governo de Michel Temer, seu correligionário e aliado.

Desde que Temer assumiu, após o golpe que depôs Dilma Rousseff, o Brasil regressou ao Mapa da Fome, bateu recordes de desemprego e parou com a maior greve de caminhoneiros da história.

Foi durante o auge da crise nacional que vários estados entraram em profunda recessão. Apesar do cenário apocalíptico, o Maranhão foi um dos únicos entes federativos que conseguiu manter as contas públicas no azul.

Coordenadora do impeachment, em sua campanha Roseana tenta jogar a culpa da crise em Flávio Dino, ao mesmo tempo em que luta para seduzir eleitores de Lula e esconder sua parceria com Temer, líder do atual caos político e econômico brasileiro.

Pesquisa Ibope: Bolsonaro perde para Ciro, Marina e Alckmin no 2º turno

O Ibope ouviu 2.002 eleitores, em 142 municípios, entre os dias 1º e 3 de setembro

A pesquisa Ibope/TV Globo/Estadão divulgada nesta quarta-feira (5), mostrou o candidato Jair Bolsonaro (PSL), numa situação nada boa. Nas simulações de segundo turno nas eleições 2018, Jair Bolsonaro (PSL) perde para Ciro Gomes (PDT) – 44% a 33% –, Marina Silva (Rede) – 43% a 33% – e Geraldo Alckmin (PSDB) – 41% a 32%– , e empata tecnicamente com Fernando Haddad (PT) – 36% para o ex-prefeito e 37% para o deputado.

Nas simulações de disputas de segundo turno, o Nordeste aparece como a região mais problemática para Bolsonaro. Lá, ele perderia por larga margem para os candidatos do PDT (55% a 21%), da Rede (51% a 24%), do PSDB (46% a 22%) e do PT (43% a 27%). Curiosamente, Alckmin venceria o candidato do PSL mais facilmente no Nordeste do que em sua região, o Sudeste (onde o placar seria 39% a 35% para o tucano).

O capitão da reserva lidera no quesito rejeição: 44% não votariam nele de jeito nenhum. A seguir vêm Marina (26%), Haddad (23%), Alckmin (22%) e Ciro (20%).

O Ibope ouviu 2.002 eleitores, em 142 municípios, entre os dias 1º e 3 de setembro. A margem de erro do levantamento é de dois pontos porcentuais para mais ou para menos, e o intervalo de confiança é de 95%. Isso significa que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro. O registro na Justiça Eleitoral foi feito sob o protocolo BR-05003/2018.

Vinda de Ciro Gomes ao Maranhão reforça campanha de Weverton Rocha

Bem articulado em todo o Estado, Weverton tem crescido nas pesquisas eleitorais e mostrado força em todas as cidades em que visita

A vinda do candidato a presidente pelo PDT, o ex-governador Ciro Gomes, ao Maranhão, nesta sexta-feira (7), é mais um reforço na campanha de Weverton Rocha (PDT), candidato ao Senado Federal.

Ciro Gomes, que pontuou na última pesquisa Ibope em segundo lugar, empatado tecnicamente com a candidata Marina Silva (Rede), tem chances reais de ir ao segundo turno.

O bom momento de Ciro pode ter reflexo na campanha de Weverton no Maranhão. O presidenciável sempre bate na tecla que é necessário ter bons nomes no Congresso para auxiliá-lo e Weverton é o melhor nome para representar o Maranhão.

Bem articulado em todo o Estado, Weverton tem crescido nas pesquisas eleitorais e mostrado força em todas as cidades em que visita.

Transporte sobre trilhos será prioridade na Grande Ilha, anuncia Flávio Dino

Flávio Dino na Rádio Educadora

“O transporte coletivo é decisivo. Criamos o Expresso Metropolitano, que transporta hoje na Ilha 25 mil pessoas [por dia] em ônibus com ar-condicionado. Nossa ideia era oferecer transporte coletivo de qualidade”, afirmou Flávio durante entrevista na Rádio Educadora.

“Agora temos um sonho para a Região Metropolitana de São Luís, que é o transporte sobre trilhos. Esse é o próximo passo”, disse o governador.

Ele lembrou que, antigamente, havia trilhos até a Beira Mar: “E, por erros conceituais do passado, tiraram os trilhos, que eram da antiga estrada de ferro.

Tínhamos que ter usado aqueles trilhos porque eles entravam até a Praça Maria Aragão. A prioridade é o transporte sobre trilhos na Grande São Luís. Enquanto isso melhoramos o Expresso Metropolitano”.