CABEÇAS AMEAÇADAS – Fábio Braga diz não acreditar que será punido por Roseana…

Fábio Braga disse que não é titular de
mandato, portanto não pode perdê-lo

Procurado pela Imprensa que cobre a Assembleia Legislativa do Maranhão, na manhã desta quarta-feira (09), o deputado Fábio Braga disse que não acredita em nenhum tipo de vingança que venha da governadora Roseana Sarney (PMDB) por ele ter deixado o PMDB, maior partido da base governista, e se filiado ao PTdoB. O parlamentar disse que trocou de legenda, simplesmente, por uma questão de “sobrevivência eleitoral”.

Fábio Braga, que é suplente, recebeu pela Imprensa a informação de que a governadora estaria providenciando, em sinal de punição ao ex-peemedebista, a volta ao parlamento do titular do mandato, o deputado licenciado Carlos Filho (PV), que já teria sido exonerado do cargo de secretário estadual da Juventude. O posto do ex-genro de Roseana ficaria com Paulo Marinho Júnior, filho do ex-deputado e ex-prefeito de Caxias, Paulo Marinho. 

À Imprensa, Fábio Braga disse que não foi comunicado oficialmente da decisão de Roseana e que acha improvável que a governadora queira puni-lo de alguma forma, já que os dois nutrem uma relação de amizade.

O diretório estadual do PMDB também promete não perdoar quem  tem mandato e deixou a sigla, mas sobre isso Fábio Braga disse que não é titular, está na condição de suplente e não pode ter a vaga contestada. 

Tirando o sono – O fato de disputar a eleição no PMDB, dentro de um chapão, está tirando o sono dos deputados governistas. Para se eleger nessa formação, o candidato vai precisar de uma imensidão de votos, devido à concorrência, além da quantidade de dinheiro bem elevada para gastar na campanha.

E Fábio Braga, que é genro do empresário Mauro Fecury (Ceuma), fez o que a maioria que está na base governista queria fazer e não teve coragem. Simples assim…

Postagens relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.