MP recomendou, em ofício, a retirada imediata do carro do ‘Pirata da Litorânea’

Blog John Cutrim

O semblante triste do "Pirata" da Litorânea
O semblante triste do “Pirata” da Litorânea
Fusca do "Pirata" foi retirado da Litorânea
Fusca do “Pirata” foi retirado da Litorânea

Abaixo segue o ofício do Ministério Público recomendando a retirada do carro do ‘Pirata da Litorânea’. O fusca estava estacionado há mais de três anos na Avenida Litorânea, orla de São Luís, e foi retirado do local na quarta-feira (12).

O ofício do promotor de Justiça, Cláudio Alberto Guimarães, não exime a SMTT de responsabilidade pela má condução da situação, reprovada pela população. Faltou bom senso.

          Comitê vai apurar caso

O prefeito Edivaldo Holanda Júnior instaurou um comitê para apurar a situação do Pirata bem como a responsabilidade da SMTT no caso. A Prefeitura informou que a ação atendeu recomendação do MP e anunciou que apurará eventuais excessos cometidos por funcionários.

Claro que outro desfecho mais sensato seria e é possível.

O promotor recomenda, no documento, a “retirada imediata de carcaça de automóvel … tendo em vista que este automóvel está servindo como abrigo para morador de rua”. Veja:

ofício-1

Conheça a história do Fusca

O Fusca ano 83 foi comprado em 2009 pelo artista/ilusionista Antônio Carlos, em Porto de Galinhas, Pernambuco, por R$ 6 mil reais. No carro, o artista viajou por várias cidades do Nordeste. Antônio Carlos escolheu São Luís como cidade para morar e o Fusca era sua residência, segundo O Imparcial.

Ele vive da renda das apresentações que faz na Avenida Litorânea interpretando personagens. Para dormir, o artista retirava o banco do carro e dormia à beira mar. O Fusca estava estacionado na Avenida Litorânea desde 2011. Antes da remoção do carro, o artista investia em uma nova pintura (já tinha gasto R$500,00) com a bandeira do Brasil em homenagem à Copa do Mundo 2014.

Nota da Prefeitura de São Luís

Acerca da ação de retirada de veículo da Avenida Litorânea, a Prefeitura de São Luís esclarece que:

1.      A ação da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT) atendeu recomendação do Ministério Público Estadual (MPE), por meio do Ofício n° 009/2014 – 2ª PJCEAP, assinado pelo Promotor de Justiça, Cláudio Alberto G. Guimarães;

2.      O prefeito Edivaldo Holanda Júnior determinou à SMTT a apuração imediata da ação realizada, na última quarta-feira, 12, na Avenida Litorânea para retirada de automóvel;

3.      A apuração apontará se houve excessos cometidos por servidores da Prefeitura. Se constatados tais excessos, serão adotadas medidas cabíveis;

4.      Uma equipe da Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social (Semcas) fará levantamento da situação do proprietário do Fusca recolhido para assegurar a assistência que for necessária.

 

São Luís, 13 de fevereiro de 2014.

 Secretaria Municipal de Comunicação

Postagens relacionadas

4 thoughts on “MP recomendou, em ofício, a retirada imediata do carro do ‘Pirata da Litorânea’

  1. Silvinha,

    Esse Ministério Público! Cheio de vedetes! Era só o que faltava. Para os buracos intermináveis do calçadão da Litorânea o MPMA é caolho e não vê nada! Esse pobre artista que vivia tentando ganhar a sua vida dessa forma é quem sofre com os rigores de um MP inoperante e subserviente aos donos do poder! Muito lamentável.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.