PCdoB filia Othelino Neto e aumenta bancada do partido na Assembleia Legislativa

Flávio Dino deu as boas-vindas ao novo comunista Othelino

Flávio abonou ficha de filiação. Evento reuniu lideranças de
várias esferas da oposição













Em um evento político concorrido, o deputado estadual Othelino Neto assinou ficha de filiação no Partido Comunista do Brasil (PCdoB), nesta sexta-feira (27), no hotel Abbeville, ao lado do presidente da Embratur (Empresa Brasileira de Turismo) e pré-candidato ao governo do Estado pelo PCdoB, Flávio Dino, de  representantes de diversas esferas da oposição, deputados federais e estaduais, ex-prefeitos, vereadores e várias lideranças da sigla.

Durante a filiação, o presidente municipal do partido (licenciado), jornalista Márcio Jerry, destacou 

que, com a chegada de Othelino ao PCdoB, que já tem Rubens Jr. e Raimundo Cutrim, o partido aumenta a bancada na Assembleia Legislativa para três deputados e fica mais forte, reforçando a oposição ao governo Roseana Sarney.

Othelino Neto já havia deixado claro, por várias vezes em pronunciamento na tribuna, que se filiaria a uma das siglas alinhadas ao projeto Flávio Dino 2014. Ele analisou as possibilidades de filiações a todos os partidos engajados na alternância de poder no Estado e terminou optando pelo PCdoB.

O auditório do Abbeville ficou pequeno para tantas lideranças políticas. Além do presidente da Embratur, de Márcio Jerry e de diversas lideranças do partido e do interior do Estado, prestigiaram a filiação os deputados Waldir Maranhão (PP), Simplício Araújo (PPS/PS), Domingos Dutra (PT), Marcelo Tavares (PSB), Rubens Jr. (PCdoB), Bira do Pindaré (PT) e Raimundo Cutrim (PCdoB); o ex-governador José Reinaldo Tavares (PSB); e os vereadores Rose Sales (PCdoB) e Roberto Rocha Jr (PSB).

Ao justificar a escolha pelo PCdoB, Othelino disse que, há muito tempo, vem defendendo um projeto de alternância de poder para o Maranhão e, segundo ele, quem melhor materializa essa mudança é Flávio Dino. “É com muito orgulho que hoje começo a fazer parte do Partido Comunista do Brasil, que comanda o processo de mudança e alternância de poder no Maranhão”, disse o novo filiado do PCdoB.

Bancada de oposição – Durante a cerimônia, Flávio Dino, que abonou a ficha de filiação de Othelino ao PCdoB, disse que o partido se sente honrado em receber um deputado que tem forte atuação no Parlamento com projetos polêmicos, pronunciamentos fortes e centrados no projeto de alternância de poder que tem como objetivos o desenvolvimento, a igualdade e a democracia.

Durante discurso, Flávio Dino fez questão de frisar a qualidade da atual bancada de oposição na Assembleia Legislativa e ressaltou a importância desses deputados para o processo de alternância de poder e mudanças concretas no Maranhão. Ele chegou a dizer que, se eleito um dia governador do Estado, gostaria de ter uma oposição tão determinada e competente que ajude a fiscalizar e, com isso, direcionar o governo.

Postagens relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.