PTC aposta no voto dos jovens e das mulheres nas eleições de outubro…

Na foto, Edivaldo Holanda com o advogado Edson Vidigal durante evento do PTC

Na foto, Edivaldo Holanda com o advogado Edson Vidigal durante evento do PTC

Muito tem se falado sobre as articulações do PCdoB, do PDT e do PSB com vistas às eleições deste ano. Porém, sem muito alarde, o  partido do prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior, que também faz parte da aliança de oposição em torno de Flávio Dino, e tem a grande responsabilidade de garantir-lhe a votação da capital, vem comendo pelas beiras, discretamente trabalhando suas bases pelo Estado, visando às vagas nos parlamentos federal e estadual.

Entre as ações que vêm sendo desenvolvidas discretamente pelo partido, percebe-se uma grande preocupação com a conquista do voto das mulheres e dos jovens. No início do ano, foi criado o “PTC Mulher”, órgão do partido estrategicamente fundado na região tocantina com a missão de propagar entre o público feminino as propostas da sigla e engajar lideranças femininas formando núcleos do partido pelo Estado.

Agora, no início deste mês, foi investido na função de coordenador geral da juventude do PTC o advogado e professor Edson Travassos Vidigal, com a missão de reestruturar e fortalecer a juventude em todo o Estado, recrutando jovens e organizando comissões provisórias municipais. De acordo com ele, “é prioridade para o partido a conscientização do eleitorado e a inclusão da juventude no processo democrático. Faz-se necessário dar atenção aos jovens, pois eles são o futuro. Deles depende o futuro de nosso Estado”.

Voto dos jovens

A escolha de Vidigal para a coordenação da juventude do partido demonstra a importância que o PTC está dando ao voto dos jovens. O advogado participou nos anos 90 da estruturação da juventude do PSDB no Estado e atualmente estava como assessor jurídico do secretário nacional de Esporte do Ministério do Esporte em Brasília (pasta do PCdoB), exercendo a estratégica (e cobiçada) função de chefe de gabinete daquele órgão.

Em setembro passado, pediu exoneração de seu cargo efetivo no TSE e de sua função no Ministério para se filiar ao PTC e concorrer a uma vaga de deputado federal nas eleições deste ano. Além disso, é filho do ex-ministro do STJ Edson Vidigal, atualmente filiado ao PDT, que concorreu às últimas eleições para o senado e obteve mais de meio milhão de votos no Estado.

Fórum da Juventude

Além da articulação em andamento nos demais municípios, está previsto para a primeira semana de abril o primeiro Fórum Estadual da Juventude do Partido, a se realizar em São Luís com jovens lideranças do Estado e convidados, para discutirem formas de conscientização do jovem eleitor. O evento contará com a palestra “O poder dos jovens nas novas manifestações sociais”, proferida por Edson Vidigal.

O PTC no Maranhão conta atualmente com 42 vereadores, 2 prefeitos e 2 vice-prefeitos no Estado, dentre os quais o prefeito da capital, Edivaldo Holanda Júnior.