Criação da UemaSul foi um dos compromissos cumpridos por Flávio Dino, afirma G1

De acordo com o G1, do Grupo Globo, Flávio cumpriu ou está cumprindo 95% de todo o Plano de Governo apresentado em 2014

O levantamento do portal G1 mostrando que Flávio Dino é o governador de todo o país que mais cumpriu compromissos de campanha mapeou ações em diversas áreas, entre elas a Educação. A UemaSul aparece como uma das propostas feitas e executadas.

De acordo com o G1, do Grupo Globo, Flávio cumpriu ou está cumprindo 95% de todo o Plano de Governo apresentado em 2014.

Na ocasião, ele se comprometeu a criar universidades estaduais regionalizadas, com orçamento próprio e autonomia administrativa.

O G1 mostra que “a Universidade Estadual da Região Tocantina do Maranhão (UemaSul) foi criada. Desde 2017, há um campus em Açailândia e dois campi em Imperatriz. Em Imperatriz, ainda deve ser construído mais um campus para o curso de medicina. A previsão de conclusão das obras do campus do município de Estreito é 2019.”

G1: Flávio Dino é o governador mais eficiente do Brasil

“Cumpri em 3 anos e meio, 94,5% dos compromissos assumidos. Parabéns à minha equipe e aos servidores do Governo do Maranhão” escreveu Flávio

O governador Flávio Dino (PCdoB), manteve-se como o gestor que mais cumpriu promessas de campanha em todo o país no novo ranking divulgado, nesta segunda-feira (9), pelo Portal G1, da Rede Globo.

“Cumpri em 3 anos e meio, 94,5% dos compromissos assumidos. Parabéns à minha equipe e aos servidores do Governo do Maranhão” escreveu Flávio. O governador afirmou estar perto de 100% de cumprimento dos compromissos assumidos na eleição passada, apesar do mandato ter sido prejudicado por essa avassaladora crise nacional.

Segundo o levantamento do site G1, das 37 propostas avaliadas Flávio Dino cumpriu 24 totalmente, onze em parte e apenas dois compromissos ainda não foram cumpridos. O governador que mais se aproxima de Flávio Dino no levantamento do G1 é o de Rondônia, com 87,88%. Em seguida, vêm o de Goiás (86,36%).

“Até o final do mês, vamos apresentar o novo Programa de Governo para o período 2019-2022. Com a amenização da crise nacional, vamos fazer ainda mais e melhor. Sob a proteção de Deus e com a força do povo”, assegurou Flávio Dino.

Imprensa nacional destaca aprovação de projeto de Rubens Júnior, que proíbe juiz do STF de suspender lei individualmente

Os principais veículos da imprensa do país destacaram o projeto de Rubens Júnior e os argumentos técnicos do parlamentar

Projeto de Lei (PL) de autoria do deputado maranhense Rubens Pereira Júnior (PCdoB) movimentou a Câmara dos Deputados e chamou a atenção da imprensa nacional no início desta semana. É que a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) aprovou, na terça-feira (3), o PL que proíbe a suspensão de leis por decisões monocráticas de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).

Os principais veículos da imprensa do país destacaram o projeto de Rubens Júnior e os argumentos técnicos do parlamentar. Ao jornal Estado de S.Paulo, o deputado disse que a proposta “trata-se de uma resposta do Congresso à monocratização do Supremo”.

Para o G1, Rubens Júnior avaliou que tem sido reiterada no STF a prática de um ministro decidir individualmente suspender a aplicação de uma lei aprovada pelo Congresso. E ao portal especializado Jota Info, o deputado complementou dizendo que, neste momento, o país “vive um processo de profunda judicialização em todos os aspectos, especialmente no que tange às questões políticas”.

As decisões monocráticas dos ministros do STF têm, geralmente, efeito provisório e imediato. O projeto proposto pelo maranhense altera o andamento de dois tipos de ações que podem questionar leis no Supremo. As Ações Diretas de Inconstitucionalidade (ADIs) e as Ações de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPFs) são questionamentos se as leis aprovadas e sancionadas estão de acordo com a Constituição.

Se o projeto for aprovado também no Senado, os ministros do STF não poderão decidir sobre esses tipos de questionamento individualmente. As ADIs e ADPFs passarão a ser decididas pelo pleno do Supremo e as leis questionadas só poderão ser suspensas pela maioria absoluta dos ministros.

 

Leia mais: Temer corta R$ 150 milhões da Saúde; para Rubens Jr, “onda de protestos pode voltar”

Leia mais: Othelino e Rubens Júnior reforçam relação institucional…

Leia mais: A lição de Rubens Júnior…

Maranhão tem o menor índice de homicídios do país, aponta levantamento do G1

A Delegacia Móvel de Homicídios ajudou na redução de crimes letais.

Segundo levantamento publicado pelo G1, o Maranhão é um dos estados que menos registraram Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI), que incluem homicídios, latrocínios (roubo seguido de morte) e lesão corporal seguida de morte, em janeiro de 2018.

O levantamento faz parte do Monitor da Violência feito por meio de parceria entre o Portal G1, o Núcleo de Estudos da Violência da Universidade de São Paulo (USP) e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública e afirma que o “Brasil teve no ano passado 59.103 vítimas assassinadas: uma a cada 9 minutos, em média”, segundo dados oficiais dos 26 Estados e do Distrito Federal.

Levando em consideração o mês de janeiro deste ano, o Maranhão registrou 42 crimes violentos, registrando uma taxa de 0.60 no índice por 100 mil habitantes, número que colocou o Maranhão entre os Estados que menos registraram casos desse tipo.

Ainda segundo o portal, o Brasil teve 59.103 pessoas assassinadas no ano passado, totalizando um aumento de 2,7% em relação ao ano anterior e registrando o aumento da taxa de mortes por 100 mil habitantes em 28,5.

A taxa do Maranhão foi a menor do país, entre os Estados que forneceram as estáticas, registrando 0.60 CVLIs por mil habitantes em janeiro deste ano.

Se comparado os anos de 2014 – último ano da gestão passada – com 2017, o Maranhão teve redução de 30.6, em 2014, para a atual 27.8 do último ano, segundo a SSP.

 

Reconhecimento – A justa homenagem de Flávio Dino aos servidores…

O gesto de Flávio Dino em dividir o prêmio de governo mais eficiente do Brasil, segundo o G1, com todos os servidores é justo e enfatiza o reconhecimento de um trabalho feito por todos e para todos.

Governador reconheceu o trabalho dos servidores para o reconhecimento do G1

Governo que mais cumpriu promessas no Brasil, de acordo com levantamento realizado pelo portal G1, o Maranhão experimenta, em 2018, a primeira posição em uma das mais importantes pesquisas que aferem o grau comparativo entre as gestões em todo o país.

Muito elogiado nacionalmente pela primeira colocação entre as 27 federações da nação, Flávio Dino realizou evento, na tarde desta segunda-feira (22), para homenagear o profissionalismo e dedicação de todos aqueles que ajudaram na construção desse resultado. O espírito altruísta do governador faz justo reconhecimento àqueles que estão, diariamente, empenhados em garantir um Maranhão melhor para todos.

Flávio Dino destacou que o mais importante é ter essa compreensão que um resultado tão expressivo que coloca o governo entre os mais eficientes do Brasil é fruto de um trabalho conjunto. “Que tem liderança, rumo, programa com propostas, mas tem a vontade de milhares de pessoas que todos os dias estão em todos os órgãos públicos nos ajudando a concretizar as nossas ideias. A levar os serviços públicos para as pessoas”, enfatizou.

O governador ressaltou ainda que esse sentimento de partilha e gratidão é importante para que o Maranhão continue na direção certa. “É preciso que nós mantenhamos a firmeza de rumos e, acima de tudo, a vontade, que se alimenta de uma série de fatores entre os quais a consciência dos avanços. Consciência que melhoramos muito todas as áreas do governo e precisamos trabalhar ainda mais para continuar a melhorar”, reiterou.

Flávio Dino tem compromisso com o Maranhão, diz Othelino ao comentar levantamento do G1

Para Othelino Neto, o resultado do levantamento de O Globo prova que valeu a pena o povo do Maranhão ter apostado neste novo modelo político e de desenvolvimento do Estado

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado estadual Othelino Neto (PCdoB), disse, em entrevista nesta terça-feira (09), que o recente levantamento feito pelo jornal O Globo, apontando o governador Flávio Dino como o gestor que mais cumpriu promessas da campanha eleitoral de 2014 até o momento, é algo que já se percebia no dia-a-dia. “Ele consegue atingir esse elevado índice porque o governo tem metas estabelecidas e ele acompanha de perto o cumprimento dessas prioridades. Tem compromisso com o Maranhão e vem cumprindo o que prometeu”, observou.

Segundo Othelino Neto, o resultado do levantamento de O Globo prova que valeu a pena o povo do Maranhão ter apostado neste novo modelo político e de desenvolvimento do Estado. De acordo com o presidente da Assembleia Legislativa, o que era antes um governo concentrando nas mãos de poucos, passou a estar presente nos setores que mais precisam.

“Agora o governo concentra suas ações em prol do povo que mais precisa. É motivo de orgulho para os maranhenses e para nós, que fazemos parte da base do governo, o fato desse reconhecimento já ser percebido em veículos nacionais”, frisou o presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão.

Compromissos assumidos

O levantamento do G1 apontou também, entre outras coisas, que o governador já tirou do papel 92% dos compromissos assumidos. É o maior porcentual entre todos os 27 governadores avaliados. A média nacional de promessas cumpridas ou em andamento pelos gestores está em torno de 60%.

O ranking do G1 inclui todos os governadores do país e confirma que, mesmo em meio à crise econômica e política vivida pelo Brasil, Dino vem cumprindo suas promessas.

Faltando apenas um ano para o fim do mandato, somados, os governadores de todos os estados mais o Distrito Federal cumpriram 32% das 1.035 promessas que assumiram durante a campanha.

Outros 26,7% dos compromissos foram executados apenas parcialmente – ou seja, ainda há pendências para que o trabalho seja considerado entregue. Já as promessas que ainda não foram cumpridas pelos governos estaduais na atual gestão são 38,7%. O restante das propostas não foi avaliado.

O levantamento aponta que, até então, Flávio Dino, na liderança, realizou 22 dos compromissos assumidos em campanha. 12 outras promessas estão em andamento e três não foram cumpridos ainda. Os 92% atingidos por Flávio são bem acima da média nacional, de 60%.

Realizações identificadas

Entre as promessas já executadas, total ou parcialmente, estão a implementação do Bolsa Escola, aumento da rede de ensino em tempo integral, reforma e recuperação das escolas do Estado, aumento do número de médicos no Maranhão, do número de policiais, criação da Secretaria de Transparência e Controle, instituição do Programa de Assistência Técnica aos Municípios (Promunicipio), criação de uma rede estadual de educação profissional, implantação de um novo modelo de governança da segurança pública e aumento das vagas nos estabelecimentos penais.

De acordo com o G1, os outros estados que mais se aproximam do percentual de promessas cumpridas pelo govrenador do Maranhão são Rondônia (85%), Goiás (82%), Ceará (80%) e São Paulo (75%).

No estudo, foram analisadas promessas relacionadas ao combate à corrupção, transparência, administração, economia, segurança pública, turismo, direitos humanos e sociais, educação e cultura, meio ambiente e agronegócio, esporte, habitação, saúde, mobilidade urbana e infraestrutura.

Além de ser o governador que mais cumpriu promessas de campanha, Flávio Dino também é o político com melhor resultado numa lista incluindo 60 nomes de todo o Brasil, de acordo com levantamento do portal G1.

A pesquisa avaliou os compromissos do programa de governo de 60 governantes (governadores, prefeitos, presidente e ex-gestores) e o que foi cumprido até agora.

Segundo o G1, pertencente ao Grupo Globo, Flávio Dino já cumpriu integralmente ou está cumprindo 92% dos compromissos assumidos durante a campanha eleitoral de 2014. Nenhum dos outros políticos avaliados consegue resultado semelhante.

O levantamento mostra que Flávio, em três anos de governo, tem 22 compromissos cumpridos integralmente e 12 em andamento. Do total de 37 compromissos assumidos, o governador do Maranhão já cumpriu ou está cumprindo 34, de acordo com o levantamento do G1.

A média nacional de compromissos cumpridos inteiramente e parcialmente é de apenas 60%.

Quem chega mais perto

O político que chega mais perto de Flávio Dino é o governador de Rondônia, Confúcio Moura, com 85%. Entre os prefeitos, o mais próximo do maranhense é Nelson Marchezan Júnior, de Porto Alegre, com 75%.

O presidente Michel Temer fica bem distante de Flávio Dino, com 45% dos compromissos cumpridos ou em execução.

Nem mesmo políticos que já terminaram o mandato – portanto que tiveram mais tempo – chegam ao mesmo porcentual do governador do Maranhão. Esses governantes foram incluídos porque tinham entrado em edições anteriores do ranking do G1.

Entre os ex-gestores, quem mais se aproxima de Flávio Dino é Fernando Haddad, que foi prefeito de São Paulo entre 2013 e 2016, com 81,25%

Promessas de campanha

O levantamento do G1 avaliou mais de mil compromissos assumidos pelos então candidatos antes de serem eleitos.

Segundo a pesquisa, 33% das promessas foram cumpridas integralmente. Outros 27% ainda estão sendo cumpridos. E 40% ainda não foram cumpridas pelos governantes.

Os compromissos de Flávio Dino

De acordo com o G1, entre os compromissos cumpridos no Maranhão está implementar o Bolsa Escola, aumentar a rede de ensino em tempo integral, reformar e recuperar as escolas do Estado, aumentar o número de médicos no Maranhão, aumentar o número de policiais e criar a Secretaria de Transparência e Controle.

Segundo a pesquisa, Flávio Dino tem compromissos cumpridos ou em andamento em todas as 12 áreas avaliadas: administração; direitos humanos e sociais; economia; educação e cultura; habitação; infraestrutura; meio ambiente e agronegócio; mobilidade urbana; saúde; segurança pública; e transparência.

G1 aponta Flávio Dino como o governador que mais cumpriu promessas…

Flávio Dino é classificado como um dos melhores governadores do Brasil

O ranking do G1 inclui todos os governadores do país e confirma que, mesmo em meio à crise econômica e política vivida pelo Brasil, Dino vem promovendo uma verdadeira revolução em seu estado. O governador comunista é pré-candidato à reeleição.

Faltando apenas um ano para o fim do mandato, somados, os governadores de todos os estados mais o Distrito Federal cumpriram 32% das 1.035 promessas que assumiram durante a campanha.

Outros 26,7% dos compromissos foram executados apenas parcialmente – ou seja, ainda há pendências para que o trabalho seja considerado entregue. Já as promessas que ainda não foram cumpridas pelos governos estaduais na atual gestão são 38,7%. O restante das propostas não foi avaliado.

O levantamento aponta que, até então, Flávio Dino, na liderança, realizou 22 dos compromissos assumidos em campanha. Doze outras promessas estão em andamento e três não foram cumpridos ainda. Os 92% atingidos por Flávio são bem acima da média nacional, de 60%.

Entre as promessas já executadas total ou parcilamente estão implementar o Bolsa Escola, aumentar a rede de ensino em tempo integral, reformar e recuperar as escolas do Estado, aumentar o número de médicos no Maranhão, aumentar o número de policiais, criar a Secretaria de Transparência e Controle, instituir o Programa de Assistência Técnica aos Municípios (Promunicipio), criar uma rede estadual de educação profissional, implantar um novo modelo de governança da segurança pública e aumentar as vagas nos estabelecimentos penais.

De acordo com o G1, os outros estados que mais se aproximam do percentual de promessas cumptidas pelo govrenador do Maranhão são Rondônia (85%), Goiás (82%), Ceará (80%) e São Paulo (75%).

No estudo, foram analisadas promessas relacionadas ao combate à corrupção, transparência, administração, economia, segurança pública, turismo, direitos humanos e sociais, educação e cultura, meio ambiente e agronegócio, esporte, habitação, saúde, mobilidade urbana e infraestrutura.

G1 diz que Flávio Dino é o segundo governador que mais cumpre promessas de campanha no país

Governador Flávio Dino

O levantamento, feito em dezembro passado pelo portal de notícias G1, mostra que Flávio Dino é o segundo governador no Brasil inteiro que mais cumpriu os compromissos registrados na Justiça Eleitoral foi realizado pela imprensa e avaliou todas as áreas da gestão. O estudo mostra que, até o fim do ano passado, 78,37% dos compromissos assumidos oficialmente junto à Justiça Eleitoral tinham sido cumpridos totalmente ou estavam em fase de execução.

O levantamento já apresenta muitas das mais importantes ações executadas pela gestão atual. É o caso da Saúde, por exemplo. O estudo lembra que foi cumprida a promessa de reduzir o déficit de médicos no Estado, com a criação da Fesma (Força Estadual de Saúde).

Sobre a Educação, é citada a criação da Uema Sul, os programas de combate ao analfabetismo, a reforma de escolas e a implantação de um programa de formação de doutores, entre outros.

O desempenho de Flávio Dino como governador mais eficiente também é explicado pelas ações nos Direitos Humanos, como é o caso do Mais IDH. O Bolsa Escola também está incluído no levantamento, bem como o CNH Jovem.

Nos Transportes, o G1 fala da criação da Agência Estadual de Transporte e Mobilidade Urbana, que resultou na implantação da Linha Expressa Metropolitana. Quando o tema é Segurança Pública, o estudo destaca o aumento do número de policiais, o Pacto pela Paz, a valorização dos policiais e a entrega de novos presídios.

Na Infraestrutura, o Programa Água para Todos está sendo executado. Na Administração, são citados o Programa de Assistência Técnica aos Municípios e o desenvolvimento do Sistema de Acompanhamento de Metas para serem fiscalizadas pela população.

Na Economia, o balanço frisa que todas as promessas foram cumpridas totalmente ou vêm sendo executadas, como a readequação das alíquotas do ICMS.

No Agronegócio, foi cumprida a promessa de criar a Secretaria de Agricultura Familiar (SAF), além da reestruturação do sistema de apoio e assistência técnica à agricultura familiar.

GREVE – São Luís sem ônibus; motoristas cruzam os braços…

G1 Maranhão

Passageiros aguardaram ônibus que não vieram

Passageiros aguardaram ônibus que não vieram

terminais

A capital maranhense amanheceu, pelo segundo dia consecutivo, praticamente sem ônibus. Na madrugada desta terça-feira (23), representantes do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Maranhão (Sttrema) amanheceram nas garagens de algumas das empresas para orientar a categoria sobre a paralisação – que, segundo o Sttrema, agora, é por tempo indeterminado – e garantir que os veículos não circulem.
O impasse foi criado com o atraso dos salários dos rodoviários. Segundo o sindicato, as empresas não efetuaram o pagamento de adiantamento dos salários, conforme firmado em convenção coletiva de trabalho. Por isso, apenas ônibus das empresas que não realizaram o pagamento adiantado serão impedidos de circular.

As empresas que não foram afetadas são: Matos, Pelé, Viação Pericumã, Requinte e Aroeiras. Ao todo, são mais de 20 empresas que atendem o sistema de transporte público em São Luís.
Movimentação nas avenidas
Nos terminais de integração da cidade, plataformas cheias de usuários que aguardam o transporte coletivo, mas poucos ônibus – alguns passam até vazios, mas saem dos terminais sem parar nas plataformas para embarque de passageiros.

Em avenidas da cidade, os ‘carros-lotação’, vans e até ônibus particulares fazem os percursos das linhas tradicionais em busca de passageiros e cobram até R$ 5 pelo embarque. Já aqueles usuários que perderam a esperança seguem à pé para o trabalho