Grupo Sarney insufla candidatura de Eliziane Gama ao governo


Grupo Sarney passou a estimular candidatura de Eliziane

De uma hora para outra ou estrategicamente, o grupo Sarney passou a estimular a candidatura da deputada estadual Eliziane Gama (PPS) ao governo do Estado. Reflexo disso foi um pronunciamento do governista e emissário da oligarquia, Roberto Costa (PMDB), que, na sessão de segunda-feira (26), defendeu o lançamento do nome da parlamentar à sucessão da governadora Roseana.

Como em uma orquestra, até os blogueiros alinhados ao grupo Sarney passaram a dar eco a uma candidatura de Eliziane Gama. E não será diferente com o resto do sistema.

Nos bastidores, sabe-se que a deputada está mesmo sendo insuflada pelo grupo Sarney e comenta-se que, na reunião que descartou o nome do ministro Edison Lobão e confirmou o do secretário Luís Fernando à sucessão estadual, o chefe maior, leia-se o senador José Sarney, teria pedido aos seus liderados que pregassem a  candidatura da parlamentar como uma estratégia de provocar uma cisão na oposição.

Na sessão de segunda, o deputado Marcelo Tavares (PSB) “cantou a bola”. Disse que a deputada está sendo usada como uma espécie de “balão de oxigênio” do grupo Sarney a quem interessa dividir a oposição para tentar evitar a eleição do presidente da Empresa Brasileira de Turismo (Embratur), Flávio Dino, já no primeiro turno ou em um eventual segundo turno.

Estratégia – Insuflada com a ideia de ser candidata de fato, Eliziane parece entrar no jogo do grupo Sarney e pode estar caindo em uma  grande cilada. O plano da oligarquia é, certamente, tentar enfraquecer a oposição.

Uma vez na disputa e perdendo a eleição, Eliziane, claro, ficaria sem mandato e, ligada ao grupo Sarney, perderia a confiança do eleitorado cativo ao exemplo do que aconteceu com o ex-prefeito de São Luís, Tadeu Palácio, que foi jogado às traças e caiu no ostracismo, anulando-se politicamente, após se juntar à oligarquia.

Como na música do saudoso João do Vale, o jogo é  insuflar, chamar para perto, para depois dar o bote final e se livrar do obstáculo. E segundo o conhecido refrão: “Carcará pega, mata e come…”

Postagens relacionadas

One thought on “Grupo Sarney insufla candidatura de Eliziane Gama ao governo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *