Governo fortalece combate ao coronavírus com entrega de cinco novos hospitais no Maranhão

A cidade de Lago da Pedra será uma das próximas a ganhar um novo novo hospital

O Governo do Maranhão entrega, neste mês de junho, novas unidades de saúde para fortalecer o combate ao coronavírus nos municípios maranhenses. Além do Hospital de Campanha de Santa Inês, entregue na última segunda-feira (1°), estão previstos novos leitos de UTI e enfermaria nos municípios de Lago da Pedra, Pedreiras, Santa Luzia do Paruá e Viana. Com a abertura das unidades, o poder público estadual segue ampliando a capacidade de atendimento, acrescentando mais de 100 leitos à rede de assistência aos casos da Covid-19 no Maranhão.

“Seguimos com o nosso trabalho de ampliar o número de leitos por todo o estado. Essa é uma das estratégias do Governo para combater a pandemia do novo coronavírus no Maranhão. A nossa preocupação em oferecer atendimento aos diagnosticados com a doença já nos fez criar 1.680 leitos exclusivos para a Covid-19. E seguimos em expansão, certos de que todos os esforços estão sendo realizados para vencermos a pandemia”, diz o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula. 

Em Lago da Pedra, próxima unidade a ser entregue, o hospital beneficiará municípios da região de Pedreiras. O prédio já se encontra com fiação elétrica finalizada. Para finalização da obra, estão sendo realizados os últimos ajustes no acabamento, a perfuração do poço tubular profundo e a conclusão da instalação dos tanques de oxigênio e gás comprimido. 

Outra unidade que também está com obras avançadas é o Hospital Regional de Santa Luzia do Paruá. Em breve, a unidade vai iniciar os seus serviços para tratamento de pacientes com o novo coronavírus disponibilizando leitos clínicos e de UTI. Depois de finalizado, o hospital beneficiará municípios de toda a regional de Saúde de Zé Doca. 

Em Viana, as obras de construção civil da unidade de saúde também estão em andamento. A estrutura aguarda ligação do fornecimento de energia, assim como a perfuração do poço tubular profundo e a conclusão da Estação de Tratamento de Água e Esgoto (ETE).  

As obras nas unidades de saúde contam com a parceria das secretarias estaduais de Infraestrutura (Sinfra) e de Governo (Segov). As unidades de saúde contarão com equipes multiprofissionais formada por médicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem, nutricionistas, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, assistentes sociais, bioquímicos, farmacêuticos, psicólogos, técnicos em radiologia, técnicos em laboratório, técnicos em segurança do trabalho, agentes de segurança e maqueiros.  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *