Morre Elisângela Cardoso, ex-presidente da Funac

O governador Flávio Dino usou suas redes sociais para lamentar o falecimento de Elisângela

Atualmente na secretaria adjunta de Direitos Humanos, a ex-presidente da Fundação da Criança e Adolescência (Funac) na primeira gestão do governador Flávio Dino, Elisângela Cardoso, faleceu na manhã deste domingo (14). Ela lutava contra um câncer.

Elisângela era formada em Pedagogia e pós-graduada em Educação Integral pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Tinha militância nos movimentos sociais ligados à defesa dos direitos da criança e do adolescente há mais de 20 anos. Foi presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de São Luís (CMDCA), por duas gestões consecutivas, e do Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (CEDCA). Atuou na articulação da implantação da Rede Amiga da Criança de São Luís e na implantação da Rede Maranhense de Justiça Juvenil (Remaju).

O governador Flávio Dino usou suas redes sociais para lamentar o falecimento. “Elizangela foi uma mulher de muitas lutas. Dedicou sua vida às crianças e jovens. Foi presidente da FUNAC e atualmente Secretária Adjunta de Direitos Humanos. Minhas homenagens, minha gratidão, minha saudade”, escreveu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *