Roseana desmarca lançamento de pré-candidatura na Região Tocantina

Antipatizada e sem pisar em Imperatriz há quase quatro anos, Roseana decidiu desmarcar o compromisso temendo mais um retumbante fracasso.

O lançamento da pré-candidatura de Roseana Sarney ao governo do Estado em Imperatriz, que seria na próxima segunda-feira (19), foi adiado para o início de março. O principal motivo da prorrogação do ato seria a falta de força política na região após o resultado da pesquisa Difusora/DataIlha, divulgada na última quinta, que coloca a ex-governadora com menos da metade das intenções de voto de Flávio Dino.

Com a repercussão da pesquisa, a primeira de 2018 registrada no TRE, e o favoritismo do governador Flávio Dino, o grupo Sarney  se desanimou, ainda mais, com as pretensões da oligarca.

Antipatizada e sem pisar em Imperatriz há quase quatro anos, Roseana decidiu desmarcar o compromisso temendo mais um retumbante fracasso, como foi sua última passagem por Chapadinha e Rosário no final do ano passado. Começar sua pré-campanha no segundo maior município do Maranhão poderia ser um tiro no próprio pé, sobretudo pela alta popularidade que Flávio Dino possui na Região Tocantina.

Em 14 anos à frente do Estado, poucas são as obras da ex-governadora. Flávio Dino, por sua vez, é reconhecido pelo povo imperatrizense por ter feito, em três anos, bem mais do que sua antecessora. Desanimada com as pesquisas, é provável que Roseana desista do pleito antes mesmo de visitar alguma cidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *