Famem planeja levar maior caravana de prefeitos para a XXII Marcha a Brasília

A Famem está mobilizando os gestores no estado para que de forma unificada contribua para evidenciar uma pauta positiva dos prefeitos junto aos poderes da República

Mais de 90% dos prefeitos maranhenses devem participar da XXII Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, entre 8 e 11 de abril, no Centro Internacional de Convenções, na capital federal. Esta será a maior caravana que já participou do evento, que integra a agenda da Confederação Nacional dos Municípios (CNM) no fortalecimento do movimento nacional municipalista.

A Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem) está mobilizando os gestores no estado para que de forma unificada contribua para evidenciar uma pauta positiva dos prefeitos junto aos poderes da República, norteada pelo lema “Mais Brasil, Menos Brasília”, que desde o primeiro momento do governo Bolsonaro tem sido apregoado pelo ministro da Economia, Paulo Guedes.

O presidente da Famem e prefeito de Igarapé do Meio, Erlanio, desde os primeiros momentos como dirigente da entidade, vem mobilizado os gestores para a participação neste evento que considera um marco no movimento municipalista do país. “Estamos levando à Brasília um demonstrativo da força do municipalismo em nosso estado. Desde o primeiro momento da nossa gestão temos ratificado nosso compromisso inarredável com a pauta municipalista. A Marcha é um evento de amplas possibilidades de diálogo com o governo central da nossa pauta comum e das gestões locais”, ressaltou o presidente.

Na reuniões preparatórias da marcha junto ao Conselho Político da CNM, o presidente Erlanio tem endossado o fortalecimento da gestão local a partir do aprofundamento do pacto federativo, focado na distribuição justa do bolo orçamentário.

Em Brasília, PDT fecha questão contra Reforma da Previdência

Presente no evento que reuniu um grande número de correligionários trabalhistas, o presidente da Famem, prefeito Erlanio, confirmou seu alinhamento à deliberação partidária.

O PDT fechou questão contra a Reforma da Previdência proposta pelo governo Jair Bolsonaro encaminhada ao Congresso Nacional. A decisão foi retirada durante a XXV Congresso Nacional do Partido realizado nesta segunda-feira (18), em Brasília.

Membros da Executiva Nacional, do Conselho Político, Senadores, Deputados Federais, Prefeitos, presidentes de movimentos partidários e comissões provisórias estaduais e delegados eleitos participaram da convenção que reconduziu o presidente Carlos Lupi para mais um mandato. Os convencionais analisaram a atual conjuntura política e temas mais prementes, como a reforma da Previdência.

Presente no evento que reuniu um grande número de correligionários trabalhistas, o presidente da Famem, prefeito Erlanio, confirmou seu alinhamento à deliberação partidária.

“A proposta de Reforma da Previdência proposta pelo governo Bolsonaro é um retrocesso. Além de cortar direitos, sacrifica enormemente os mais vulneráveis. Isso vai contra a história e o legado do PDT. O partido dirá um não rotundo à reforma da Previdência de Bolsonaro!”, afirma Erlanio.

Aldenora Belo recebe reforço da Famem para o combate e prevenção do câncer no estado

O objetivo é capacitar profissionais da saúde nos municípios para que seja realizado a detecção e prevenção do câncer por meio de diagnóstico precoce

O presidente da FAMEM, Erlanio Xavier, e o deputado federal Hildo Rocha (MDB) dentro dos próximos dias irão iniciar as tratativas com o Hospital Aldenora Belo para capacitar profissionais da saúde nos municípios com objetivo de realizar a detecção e prevenção do câncer por meio de diagnóstico precoce. A ideia foi exposta pelo deputado Hildo Rocha ao presidente da Federação nesta sexta-feira (15), na sede da entidade, durante visita institucional do parlamentar ao prefeito dirigente da entidade para estreitamente de relações.

Segundo a proposta do parlamentar, coordenador temporário da bancada, a qualificação seria feita pelo Aldenora Belo em programações regionais, otimizando recursos e resultados.  Os recursos utilizados no custeio da qualificação de pessoal, agentes comunitários de saúde, seriam provenientes de emendas parlamentares da bancada estadual.

Por sugestão do deputado Hildo Rocha, os recursos devem ser destinados diretamente para o Hospital Aldenora Belo. Ele tomou como referência a experiência do Hospital de Barretos (São Paulo) que tem procedido com a estratégica com grande êxito na atenção básica de saúde, de escopo do município. As definições jurídicas sobre um convênio de cooperação técnica serão ainda discutidas entre a entidade representativa dos prefeitos maranhenses e a unidade de saúde referência no tratamento de câncer no estado, com intermediação do parlamentar.

“Será um grande benefício para os municípios. A FAMEM se compromete em mobilizar seus integrantes para que o treinamento do pessoal aconteça de forma estratégica, reduzindo custos e obtendo mais resultado. Para isso contamos com a colaboração de toda a bancada maranhense”, declarou Erlanio Xavier. O presidente da federação disse que vai verificar os meios jurídicos que garantam a parceria.

Na fase preliminar do projeto, o presidente da FAMEM, Erlanio Xavier, contará com a colaboração do Instituto Ovídio Machado, que na reunião foi presentado pelo ex-vereador de São Luís e profissional da Saúde, Fábio Câmara.  O instituto deverá proceder com levantamento das incidência e capacidade instalada de cada um dos municípios do Maranhão para estabelecer prioridades na capacitação e atendimento. Inicialmente o foco seria concentrado no público infantil.  Por outro lado, a FAMEM deve realizar o levantamento do custo das capacitações das equipes.

Hildo Rocha destacou a qualidade da equipe do Aldenora Belo, formada atualmente por 137 médicos. “Precisamos fazer um trabalho integrado no combate ao câncer e por meio da FAMEM vamos buscar uma forma de alinhar os recursos para capacitar técnicos para fazer diagnóstico precoce e prevenção na Saúde Básica”, ressaltou o deputado.

O presidente Erlanio Xavier recebeu o parlamentar acompanhado dos prefeitos Sidrack (Morros), André Dourado (Carutapera), o vereador de Amarante, Sebastião das Alvoradas; o vice-prefeito de Cândido Mendes, Jofran Braga, o secretário executivo da FAMEM, Fonsequinha, e do coordenador jurídico, Guilherme Mendonça.

Municipalismo

Erlanio Xavier e o deputado Hildo Rocha aproveitaram a ocasião para trocar impressões sobre a conjuntura nacional e as propostas legislativas mais evidentes, como Reforma da Previdência, e o fortalecimento do municipalismo.  “Nós agradecemos a visita do deputado Hildo Rocha, um municipalista reconhecido e atuante.  Temos a satisfação de termos um parceiro que tem um histórico de luta pelos municípios”, afirmou o presidente 

Leandro Miranda assume a Comunicação da Famem

Bem articulado e conhecido no meio, Leandro terá o desafio de trabalhar a Comunicação da instituição para as 217 cidades maranhenses

O presidente da Federação das Associações dos Municípios Maranhenses (Famem), Erlânio Xavier (PDT), prefeito de Igarapé Grande, terá como coordenador da Assessoria de Comunicação da instituição o jornalista e blogueiro Leandro Miranda, que já ocupou cargos importantes, na área, como o de diretor de Redes do Sistema Difusora.

Bem articulado e conhecido no meio, Leandro terá o desafio de trabalhar a Comunicação da instituição para as 217 cidades maranhenses, além de atuar, diretamente, junto aos veículos tradicionais, profissionais da área e alternativos (blogs), mostrando todas as ações da Famem.

Ele assumiu nesta terça-feira (12) o posto em substituição ao ex-chefe da Assessoria da Famem, o também jornalista Djalma Rodrigues, que já foi desligado da função.

Eleição na Famem

A nova diretoria da Famem, eleita para o biênio 2019-2020, passou a ser presidida pelo prefeito Erlânio Xavier, em uma disputa política acirrada com o prefeito de Tuntum, Cleomar Tema.

Bem articulado, o pedetista foi aclamado presidente em uma negociação que teve a participação do governador Flávio Dino (PCdoB) com o apoio forte do senador Weverton Rocha (PDT).

Flávio Dino recebe Erlânio Xavier, novo presidente da Famem

O pleito teve comparecimento recorde, com 206 prefeitos registrando voto

O governador Flávio Dino recebeu, na noite de quarta-feira (30), o prefeito Erlânio Xavier, de Igarapé Grande, que foi eleito presidente da Federação dos Municípios do Maranhão (Famem) para o biênio 2019-2020.

Em acordo costurado com o governador Flávio Dino, Cleomar Tema, prefeito de Tuntum, será o presidente de honra da instituição. O pleito teve comparecimento recorde, com 206 prefeitos registrando voto. “Quero agradecer o espírito de unidade que presidiu a eleição da Famem. Temos a visão do municipalismo como pilar da gestão, procurando sempre auxiliar os municípios. E a Famem é um vetor fundamental para que isso possa acontecer”, disse o governador Flávio Dino.

Para o novo presidente, a união que imperou durante a eleição prosseguirá durante o mandato. “Vamos trabalhar em parceria com o governador Flávio Dino, que é muito acessível aos prefeitos e prefeitas e tem feito grandes parcerias com os municípios, com ações como o Mais Asfalto, Escola Digna e IEMAs. E estaremos aqui, pedindo sempre que ajudem ainda mais os municípios para continuar fortalecendo”, disse Erlânio Xavier.

Segundo Cleomar Tema, que deixa a gestão da Famem, o consenso na eleição foi importante para deixar a entidade cada vez mais forte. “Desejo boa sorte ao prefeito Erlânio. Com sua competência e disposição, tenho certeza que vai fazer um grande trabalho por todos nós. Sempre na base da união, na esperança de que melhores dias virão”, assegurou.

Erlânio Xavier é aclamado presidente da Famem

Dos 213 prefeitos aptos a votar, 203 votaram em Erlânio, colocando o prefeito na presidência da entidade pro biênio 2019-2020

Por aclamação, o prefeito de Igarapé Grande, Erlanio Xavier (PDT), foi eleito presidente da Federação dos Municípios do Maranhão (FAMEM). A eleição foi realizada nesta quarta-feira (30), em São Luís.

Dos 213 prefeitos aptos a votar, 203 votaram em Erlânio, colocando o prefeito na presidência da entidade pro biênio 2019-2020.

A eleição da Famem foi marcada pelo consenso após a participação do governador Flávio Dino no processo. O acordo mediado pelo governador, fez com que o atual presidente, Cleomar Tema, desistisse de concorrer à reeleição. Erlânio foi aclamado presidente e Tema foi escolhido presidente de honra da entidade.

Erlânio foi eleito defendendo a reativação da Escola de Gestão Pública da Famem, com a oferta regular e contínua de cursos aos gestores municipais e suas equipes; a inclusão no Portal da Transparência da prestação de contas da entidade; a realização de encontros regionais com palestras de profissionais nacionais sobre temas relacionados à gestão pública; a construção de uma sede própria e implantação de uma subsede na Região Tocantina. Além da criação de uma representação no Distrito Federal para atendimento aos gestores municipais.

Flávio Dino fecha consenso em torno da eleição da Famem

A disputa que seria acirrada, deverá ocorrer em clima de tranquilidade

O governador Flávio Dino (PCdoB) mostrou mais uma vez ser um verdadeiro líder político. Na tarde desta terça-feira (29), ele reuniu os dois candidatos que disputavam a presidência da Federação dos Municípios do Maranhão (Famem), o prefeito de Igarapé Grande, Erlânio Xavier (PDT), e o prefeito de Tuntum, Cleomar Tema (PSB).

Flávio Dino fez o que todos consideravam impossível, mediou o consenso entre os dois candidatos e fechou o apoio em torno do nome de Erlânio Xavier, que permanecerá candidato a presidente e Cleomar Tema ficará como presidente de honra.

A reunião contou com a presença do deputado federal eleito Márcio Jerry (PCdoB) e do deputado estadual eleito Marcelo Tavares (PSB), que presenciaram o acordo sendo realizado.

A disputa que seria acirrada, deverá ocorrer em clima de tranquilidade com a aclamação do nome de Erlânio nesta quarta-feira (30).

“Meu principal propósito é tornar a Famem mais útil e atuante”, afirma Erlânio Xavier

A eleição da Famem acontece dia 30 de janeiro e Erlânio Xavier desponta como o favorito

O prefeito de Igarapé Grande, Erlânio Xavier (PDT), concedeu entrevista ao jornalista Henrique Bóis e falou sobre os principais pontos que envolvem a disputa pela presidência da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem), como o não cumprimento do acordo do atual presidente Cleomar Tema, prefeito de Tuntum, em não disputar a reeleição e suas principais propostas.

Erlânio foi um dos prefeitos que compôs a atual diretoria encabeça por Cleomar Tema, em 2016. Questionado se houve divergência sobre a condução de entidade, para o lançamento de seu nome na disputa de 2018, Erlânio afirmou que sua “candidatura já era algo previsto. Na última eleição, já havia uma pretensão de alguns prefeitos da chapa, inclusive minha, de se candidatar à presidência da federação. Mas, mediante acordo com o prefeito Cleomar Tema, nós abrimos mão da candidatura para que ele fosse candidato único, em contrapartida ele se comprometeu a não ser candidato à reeleição nesse próximo pleito de 2019-2020. O que não aconteceu”.

Questionado sobre quais as possíveis falhas na atual gestão da entidade, Erlânio disse sentir “falta de uma gestão mais atuante, participativa e defensora dos direitos dos associados. Também aponto como uma grande falha, a falta de transparência na prestação de contas da entidade. A corrupção, em qualquer que seja a esfera pública, traz consequências extremamente prejudiciais, pois afeta diretamente o desenvolvimento e o bem-estar da população”, afirmou.

O descontentamento da maioria dos prefeitos com a atual diretoria, além das boas propostas tem levado o nome de Erlânio ser o favorito na disputa, e sobre as propostas, o candidato afirmou que o “principal propósito é tornar a Famem mais útil e atuante. Entre as nossas propostas de mudança estão: a reativação da Escola de Gestão Pública da Famem, com a oferta regular e contínua de cursos aos gestores municipais e suas equipes; a inclusão no Portal da Transparência da prestação de contas da entidade; a realização de encontros regionais com palestras de profissionais nacionais sobre temas relacionados à gestão pública; a construção de uma sede própria e implantação de uma subsede na Região Tocantina. Outra de nossas propostas é a criação de uma representação no Distrito Federal para atendimento aos gestores municipais. Todas as Federações que representam os prefeitos no Brasil possuem essa representação, a fim de estreitar os relacionamentos com as esferas públicas nacionais. Assim será na FAMEM”, afirmou Erlânio.

“Acredito que a adesão massiva dos prefeitos à nossa chapa Humberto Coutinho se deve à insatisfação com a atual gestão e confiança depositada de que faremos um mandato voltado para os interesses municipalistas”, concluiu Erlânio.