Justiça mantém sentença que obriga município de São Luís a restaurar estátua “Mãe d´água”

Entre as obrigações impostas, o Município deverá restaurar a parte da estátua que foi quebrada por vândalos e colocar uma placa nas proximidades do monumento

A 5ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça manteve a sentença que condenou o Município de São Luís a efetivar a restauração parcial da estátua “Mãe d’água amazonense”, de autoria do escultor maranhense Newton Sá, além de promover a proteção, visualização e a divulgação de informações sobre a obra.

O prazo para e efetivação das medidas é de 180 dias, sob pena de pagamento de multa diária no valor de R$ 5 mil. O relator foi o desembargador Ricardo Duailibe, que negou parcialmente o recurso impetrado pelo Município de São Luís, mantendo a decisão que acolheu a Ação Civil Pública proposta pelo titular da 1ª Promotoria de Justiça de Defesa do Meio Ambiente, Urbanismo e Patrimônio Cultural, Luís Fernando Cabral Barreto Júnior.

Entre as obrigações impostas, o Município deverá restaurar a parte da estátua que foi quebrada por vândalos e colocar uma placa nas proximidades do monumento, com dados sobre a data de sua elaboração, autoria e prêmios recebidos.

No entendimento dos desembargadores da 5ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça, o montante da multa diária de R$ 5 mil, a ser paga pelo Município, em caso de descumprimento, deverá se limitar a R$ 100 mil, a ser revertida ao Fundo Estadual de Direitos Difusos.

APELAÇÃO

O Município argumentou que a sentença afronta o princípio da separação dos poderes, porque determinou obrigação de fazer ao ente sem afirmar a origem da receita de cobertura, invadindo a autonomia e o poder discricionário da administração pública, em definir onde suas verbas devem ser aplicadas. A Prefeitura de São Luís solicitou a modificação da sentença com relação aos prazos e à multa, cujo valor considerou elevado.

A Procuradoria Geral de Justiça manifestou-se pelo improvimento do recurso da administração municipal. Os desembargadores do TJ acolheram o parecer do Ministério Público, afirmando que, de acordo com a Constituição Federal, o Município tem o dever de proteger as obras de valor histórico, artístico e cultural, assim como promover a proteção do patrimônio histórico-cultural local, desconsiderando as alegações do Município.

Sucesso! Neurocirurgia reverte quadro de paciente que estava tetraplégico em Pinheiro…

A equipe de Alta Complexidade em Neurocirurgia do Hospital Macrorregional de Pinheiro (Dr Jackson Lago) realizou seu primeiro procedimento, esta semana, em um paciente, vítima de fratura de coluna cervical, que estava tetraplégico. A cirurgia foi comandada pelo competente neurocirurgião, dr Benedito Sabake Tomé, com sucesso e reversão do quadro. Um salto de qualidade e avanço na medicina da Baixada Maranhense.

O blog parabeniza a equipe pela delicada cirurgia e competência que resultou em benefícios à saúde do paciente que se encontrava tetraplégico e teve avanço no seu quadro de saúde. Enfim, a Baixada Maranhense, graças aos esforços do governador Flávio Dino (PCdoB), estruturou a equipe de Alta Complexidade em Neurocirurgia para atuar nessa área.

Desde que foi inaugurado em 2015, o Hospital Dr. Jackson Lago, localizado no município de Pinheiro, beneficia mais de 600 mil pessoas.  A  unidade de saúde dispõe também de atendimento médico-hospitalar em cirurgia, clínica médica, nefrologia, oftalmologia, anestesia, gastroenterologia, pediatria, neurologia, cardiologia e ginecologia. O hospital também está à disposição dos casos mais graves e recebe pacientes de média e alta complexidade da região.

O Hospital Dr. Jackson Lago oferece aos pacientes da região da Baixada Maranhense maior comodidade, conforto e praticidade, sem precisar fazer grandes deslocamentos até a capital.

Municípios beneficiados com o Hospital Dr. Jackson Lago

Região de Pinheiro: Apicum-Açu, Bacuri, Bequimão, Cedral, Central do Maranhão, Cururupu, Guimarães, Mirinzal, Pedro do Rosário, Peri-Mirim, Pinheiro, Porto Rico do Maranhão,Presidente Sarney, Santa Helena, Serrano do Maranhão,Turiaçu, Turilândia.

Região de Zé Doca: Amapá do Maranhão, Boa Vista do Gurupi, Candido Mendes, Carutapera, Centro Novo, Godofredo Viana, Governador Nunes Freire, Junco do Maranhão, Luis Domingues, Maracaçumé, Maranhãozinho, Presidente Médice, Centro do Guilherme.

Nova fiscalização eletrônica começa a valer a partir desta sexta-feira em São Luís

Também estarão sob fiscalização eletrônica o uso dos corredores exclusivos, pelos quais somente poderão trafegar ônibus, ambulâncias, táxis com passageiro e viaturas das polícias e da SMTT

A partir desta sexta-feira (10), o novo sistema de fiscalização eletrônica, implantado pela Prefeitura de São Luís, estará funcionando em caráter definitivo. O monitoramento, feito pela Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte (SMTT), garantirá maior segurança a motoristas e pedestres, além de organização e controle do trânsito nas vias da capital maranhense. A fiscalização passa a valer após um mês de funcionamento experimental, tempo necessário à adaptação da população.

Os novos fotossensores vão fazer a observação de ultrapassagem da velocidade permitida e de avanço de sinal vermelho em dezenas de pontos dos principais corredores urbanos da cidade. Entre eles estão trechos da Avenida Daniel de La Touche, nas imediações do Colégio Adventista, do Bambuzal e da Avenida Principal do Cohajap; da Avenida Colares Moreira, próximo ao Tropical Shopping e Loja da TAM; da Avenida Castelo Branco, nas imediações da Igreja do São Francisco e do Posto Hélio Viana.

Na São Luís Rei de França, os equipamentos estão instalados na altura da Caixa Econômica e da Extrafarma; na Carlos Cunha, próximo ao Fórum de Justiça; na Jerônimo de Albuquerque, nas proximidades da Forquilha, entre outros pontos da cidade, todos eles com fiscalização nos dois sentidos da via. Nesses locais a velocidade permitida é de 60km/h.

CORREDORES DE ÔNIBUS

Também estarão sob fiscalização eletrônica o uso dos corredores exclusivos, pelos quais somente poderão trafegar ônibus, ambulâncias, táxis com passageiro e viaturas das polícias e da SMTT. A conversão pelos corredores exclusivos somente poderá ser feita por quem vai estacionar ou fazer a conversão à direita. Nesse caso, o trecho estará sinalizado com pontilhados.

O uso indevido dessas faixas exclusivas incorre em infração gravíssima. A fiscalização também se estende aos ônibus, pois os veículos que saírem da faixa exclusiva serão multados pela infração cometida. Os corredores exclusivos estão implantados nas avenidas Colares Moreira, Castelo Branco, ruas Cajazeiras e Rio Branco.

Também foi integrada ao sistema de monitoramento do trânsito da capital uma nova barreira eletrônica com fotossensor, na Avenida São Luís Rei França, nas proximidades da Faculdade Pitágoras. A velocidade permitida na área é de 40km/h.

Para complementar o monitoramento no trânsito, também estão sendo instaladas 32 câmeras de fiscalização para verificação de congestionamentos, colisões e outras ocorrências no trânsito da cidade. Inicialmente serão implantadas 12 câmeras e, nos próximos meses, mais 10 equipamentos farão a fiscalização 24 horas por esse sistema controlado por uma central de monitoramento já implantado na SMTT.

Além de colaborar com trabalho dos agentes no monitoramento e controle do fluxo, as câmeras vão fiscalizar o uso de celular na direção, a formação de fila dupla, avanço de sinal, estacionamento irregular, o não uso do cinto de segurança e outras infrações que forem captadas pelo sistema.

Quinta parcela do IPTU vence nesta quarta-feira…

Semfaz chama atenção para pagamento do IPTU

A quinta parcela do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU 2017) vencerá na próxima quarta-feira (8). Os cidadãos que estiverem com parcelas em atraso, deverão atualizar o boleto referente ao tributo no portal eletrônico da Secretaria Municipal da Fazenda (Semfaz) no endereço www.semfaz.saoluis.ma.gov.br ou em um dos postos do órgão localizados no prédio sede, na Avenida Kennedy, n° 1455, bairro de Fátima ou no Viva Beira-Mar (antigo Casino Maranhense).

Este ano, a Prefeitura de São Luís deu aos contribuintes a oportunidade de parcelar o pagamento do IPTU em até seis vezes sem juros. Aqueles que, por ventura, perderem o prazo, incidirão sobre o valor da parcela juros e multa de 1% ao mês, sendo que a multa estabiliza em 10%.

Para o secretário municipal da Fazenda, é importante frisar que os cidadãos proprietários de imóveis devem quitar o tributo para que a Prefeitura de São Luís possa permanecer investindo em diversas áreas. “A arrecadação municipal é fundamental para que a atual gestão permaneça cumprindo seu compromisso com a cidade. Este ano, obras como reformas e investimentos em todas as áreas estão sendo entregues aos cidadãos e o total arrecadado com o IPTU é essencial para que estas melhorias continuem acontecendo”, enfatizou o titular da Semfaz.

Os cidadãos devem se manter em dia com a cidade quitando o imposto que é revertido em ações de melhorias em toda capital, que vão desde limpeza pública, a asfaltamento de vias, obras em escolas, além de investimentos em iluminação, infraestrutura entre outros.

A servidora pública, Susanny Monteiro, mensalmente tem quitado as parcelas do IPTU e percebe o retorno do pagamento em dia do tributo nas melhorias no bairro em que mora. “No Cohatrac tenho visto o trabalho da Prefeitura. Especialmente a urbanização, com as praças, a instalação de aparelhos de uso público, vias limpas e conservadas”, comentou.

De acordo com o Decreto n° 49.218 de 28 de junho de 2017, as datas de vencimento do IPTU 2017 são no quinto dia útil de cada mês.

CALENDÁRIO DE VENCIMENTOS DO IPTU 2017
1° parcela – 14 de julho
2° parcela – 7 de agosto
3° parcela – 11 de setembro
4° parcela – 6 de outubro
5° parcela – 8 de novembro
6° parcela – 7 de dezembro
Formas de pagamento:
Pagamento via carnê
Correntistas BB:
– Terminais de Auto Atendimento;
– Banco Postal;
– Correspondente bancário (Ligeirinho);
– Mobile (Aplicativo);
– Internet;
– Caixa de Autoatendimento BB.
Não correntista:
– Correspondente bancário (Ligeirinho);
– Agência dos Correios (Até R$ 1.500);
– Banco Postal;
– Terminal de Autoatendimento BB (Até R$ 10.000 – com cartão de qualquer outro banco).
Pagamento via Boleto (impresso – internet)
Pode ser pago em qualquer agência, de todos os bancos em qualquer canal de pagamento.
*Contribuintes devem se manter atentos a data de vencimento do boleto impresso e, caso seja necessário, imprimir uma nova guia.

Comissão de Mobilidade Urbana de São Luís vai a São Paulo para acelerar regularização do Uber…

Vereador Raimundo Penha cumpriu agenda em São Paula para tratar sobre regulamentação de aplicativos para mobilidade urbana

A Comissão de Mobilidade Urbana da Câmara Municipal de São Luís, presidida pelo vereador Raimundo Penha (PDT), cumpriu agenda em São Paulo, esta semana, para conhecer como funciona, na prática, o uso dos aplicativos para transporte individual de passageiros, entre eles, o Uber. A capital paulista é uma das cidade que já regulamentou os Apps e que tem  legislação municipal em vigor.

Segundo Raimundo Penha, durante a experiência, houve reunião proveitosa com a Comissão de Mobilidade Urbana da  cidade de São Paulo, com o vereador idealizador da liberação dos aplicativos, Pólice Neto (PSD), e uma audiência sobre a pauta na Comissão de Constituição e Justiça.

Na capital paulista, os representantes ludovicenses ouviram outros parlamentares, discutiram determinados pontos com técnicos de órgão municipal que trata da mobilidade, com o secretário municipal de Mobilidade e Transportes de São Paulo, Sérgio Avellada, conheceram empresas que exploram serviços por aplicativos, conversaram com taxistas da cidade sobre a questão, etc.

“Voltamos a São Luís com a sensação de dever cumprido para levar adiante esse debate sobre a regulamentação do Uber e de outros aplicativos na capital maranhense. Vamos nos reunir outras vezes e, nos próximos dias, emitir parecer técnico sobre projeto do vereador Paulo Victor (PROS) que regimenta o transporte individual de passageiros”, disse Raimundo Penha.

No final do mês passado, a Comissão de Mobilidade Urbana da Câmara de São Luís reuniu-se com representantes e motoristas do Uber. Em pauta, discussões sobre vistoria in loco dos veículos, exigência normal para todo e qualquer transporte de passageiros dessa forma, o que não vem sendo feito pelo aplicativo. Um carro, para entrar no sistema, não passa por isso. O interessado manda foto e, se tiver menos de dez anos, ele é autorizado.

A Comissão acompanhou ainda reunião com o secretário municipal da Fazenda, Délcio Rodrigues, onde tratou do recolhimento do ISS (Imposto Sobre Serviços) para São Luís que não vem sendo feito pelo Uber. Ele, então, determinou equipe para cobrar o pagamento do imposto desde o início da operação.

 Uber em São Luís

No dia 30 de agosto deste ano, o Tribunal de Justiça do Maranhão suspendeu o efeito da lei municipal nº 429/2016 que inviabilizava o uso do aplicativo Uber em São Luís. A decisão foi tomada pelo desembargador Marcelo Carvalho, atendendo a uma manifestação, na semana passada, da Procuradoria-Geral da Justiça do Maranhão (PGR-MA).

O desembargador, em seu despacho, destacou que proibir os serviços que partem do uso do aplicativo não é saudável para o mercado.

“Entendo que a proibição do exercício de atividade de transporte individual de passageiros, plenamente amparado pelo ordenamento jurídico, impedindo a livre iniciativa, a efetiva concorrência, e a liberdade de escolha dos consumidores, evidencia iminente prejuízo para estes e para os motoristas particulares que recebem o efeito negativo da norma impugnada, garantindo, por via transversa e ilegítima, o monopólio do serviço em questão aos taxistas”, diz trecho do despacho.

No dia 22 de agosto, a PGR do Maranhão entrou com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade contra a lei que proíbe o uso do aplicativo ‘Uber’. A ADI foi proposta pelo procurador-geral Luiz Gonzaga Martins Coelho.

A lei municipal que proibia o Uber em São Luís foi promulgada no dia 26 de abril deste ano. A proposta foi da ex-vereadora Luciana Mendes. O projeto havia sido aprovado em 2016, mas não foi sancionado pelo prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT). Por conta disso, a matéria retornou para a Câmara Municipal para que os procedimentos legais fossem adotados.

Flávio Dino libera passagem de ônibus para estudantes durante Enem

Passagens estarão liberadas mediante apresentação do Cartão de Estudante

O governador  do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), anunciou, nesta sexta-feira (03), o benefício da gratuidade do ônibus nos próximos domingos (5) e (12) para os alunos que realizarão o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), desde que apresentem o Cartão do Estudante. A área de abrangência do benefício é a de domínio do Sindicato das Empresas de Transporte (SET), situada nos quatro municípios situados na Grande Ilha (São Luís, São José de Ribamar, Raposa e Paço do Lumiar). A iniciativa é uma parceria com a prefeitura de São Luís.

Pelo Twitter, o governador divulgou os critérios da gratuidade e ainda desejou boa sorte aos vestibulandos. “Domingo do Enem, ônibus será de graça para os estudantes. Basta apresentar o cartão de estudante. O Governo do Maranhão fará o pagamento. Boa prova”, anunciou.

O governador ainda ressaltou que o programa se estenderá para os próximos anos. “O benefício da gratuidade do ônibus no domingo do Enem é para quem tem o cartão estudantil. No próximo ano, vamos ampliar para outros casos.”

O secretário de Estado de Governo, Antônio Nunes destacou que essa é mais uma ação do governador Flávio Dino em prol da juventude: “Arcando com a passagem de ônibus dos estudantes da Grande Ilha que irão se submeter ao Enem nos dois próximos domingos, o Governo está dando mais um auxílio para o crescimento profissional desse jovem”.

Organização do trânsito

A Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT) vai disciplinar e ordenar o trânsito em vários pontos estratégicos e de maior fluxo durante a realização do Enem.

As ações visam facilitar o acesso de estudantes aos locais de prova que ocorrerão em escolas de toda a capital. A ação da SMTT começará a partir das 9h, com agentes de trânsito em viaturas e em pontos específicos no intuito de garantir a fluidez no trânsito. Serão utilizadas também motocicletas para facilitar o deslocamento dos agentes aos locais de difícil acesso no caso de possíveis colisões e bloqueios viários.

A secretaria também autorizou, por meio de portaria, a circulação integral da frota de ônibus da capital, garantindo, assim, o deslocamento dos candidatos. As empresas do Sistema de Transporte Urbano de São Luís deverão operar nos dias 5 e 12 de novembro, das 7h às 11h e das 14h às 18h, com frota total operante programada para os dias úteis.

Comissão de Mobilidade Urbana vai a São Paulo tratar da regulamentação do Uber em São Luís…

A Comissão de Mobilidade Urbana da Câmara Municipal de São Luís, presidida pelo vereador Raimundo Penha (PDT), viaja, neste domingo (28), a São Paulo, onde se reunirá com parlamentares da capital paulista para tratar sobre o processo de regularização do aplicativo Uber. Nos próximos dias, o Legislativo ludovicense estará emitindo parecer técnico sobre o Projeto de Lei nº 001/2017, de autoria do vereador Paulo Victor (PROS), que regimenta o transporte individual de passageiros.

“Estamos indo a São Paulo reunir com a Comissão de Mobilidade da capital paulista, onde o processo foi realizado com sucesso, para ver como foi feita a regulamentação. Quando voltarmos, estaremos prontos para dar o parecer e levar a matéria, de autoria do vereador Paulo Victor, para apreciação dos vereadores de São Luís”, disse Raimundo Penha.

Nesta semana, a Comissão de Mobilidade Urbana da Câmara de São Luís reuniu-se com representantes e motoristas da Uber. Em pauta, discussões sobre vistoria in loco dos veículos, exigência normal para todo e qualquer transporte de passageiros dessa forma, o que não vem sendo feito pelo aplicativo. Um carro, para entrar no sistema, não passa por isso. O interessado manda foto e, se tiver menos de dez anos, ele é autorizado.

A Comissão acompanhou ainda reunião com o secretário municipal da Fazenda, Délcio Rodrigues, onde tratou do recolhimento do ISS (Imposto Sobre Serviços) para São Luís que não vem sendo feito pelo Uber. Ele, então, determinou equipe para cobrar o pagamento do imposto desde o início da operação.

 Uber em São Luís

 

No dia 30 de agosto deste ano, o Tribunal de Justiça do Maranhão suspendeu o efeito da lei municipal nº 429/2016 que inviabilizava o uso do aplicativo Uber em São Luís. A decisão foi tomada pelo desembargador Marcelo Carvalho, atendendo a uma manifestação, na semana passada, da Procuradoria-Geral da Justiça do Maranhão (PGR-MA).

O desembargador, em seu despacho, destacou que proibir os serviços que partem do uso do aplicativo não é saudável para o mercado.

“Entendo que a proibição do exercício de atividade de transporte individual de passageiros, plenamente amparado pelo ordenamento jurídico, impedindo a livre iniciativa, a efetiva concorrência, e a liberdade de escolha dos consumidores, evidencia iminente prejuízo para estes e para os motoristas particulares que recebem o efeito negativo da norma impugnada, garantindo, por via transversa e ilegítima, o monopólio do serviço em questão aos taxistas”, diz trecho do despacho.

No último dia 22 de agosto, a PGR do Maranhão entrou com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade contra a lei que proíbe o uso do aplicativo ‘Uber’. A ADI foi proposta pelo procurador-geral Luiz Gonzaga Martins Coelho.

A lei municipal que proibia o Uber em São Luís foi promulgada no dia 26 de abril deste ano. A proposta foi da ex-vereadora Luciana Mendes. O projeto havia sido aprovado em 2016, mas não foi sancionado pelo prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT). Por conta disso, a matéria retornou para a Câmara Municipal para que os procedimentos legais fossem adotados.

Hospital de Traumatologia atende goleiro do Moto e tem sucesso na 1ª cirurgia…

Hospital de Traumatologia atende goleiro do Moto e tem sucesso na 1ª cirurgia. (Foto: Jardel Scott)

Começou, nesta semana, a rotina de fisioterapia para o goleiro Ruan de Souza Carneiro, do Moto Club. A boa recuperação será decisiva para o retorno do jogador aos gramados, o que deve acontecer no primeiro semestre do ano que vem. Ele foi o primeiro paciente cirúrgico do Hospital de Traumatologia e Ortopedia do Maranhão (HTO).

Inaugurado no último dia dez de outubro pelo governador Flávio Dino, em São Luís, a unidade já é referência no atendimento de média e alta complexidades no setor de ortopedia, atendendo a pacientes não só da Grande Ilha, mas também do interior do estado.

Assim como vários pacientes atendidos atualmente pela unidade, Ruan amargava uma espera bastante longa pelo procedimento cirúrgico. “Estava em um treino e, quando fui apoiar a perna, ela virou ao contrário e eu ouvi um estalo”, contou Ruan. Após vários exames, Ruan ainda tentava viabilizar a cirurgia quando foi recebido pelo HTO – atendimento que, segundo ele, foi o melhor possível.

“O hospital é ótimo e as instalações são muito boas, não deixam nada a dever a nenhum hospital particular daqui de São Luís. Todos os funcionários são muito gentis e sempre têm o máximo de atenção e cuidado. Com certeza vai ajudar muitas pessoas”, diz o goleiro.

A lesão no joelho de Ruan é uma das mais frequentes em jogadores de futebol. Atletas famosos como Ronaldo Fenômeno e Ronaldinho Gaúcho sofreram do mesmo problema ao longo da carreira. No HTO, Ruan passou por uma reconstrução do ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo, com enxerto de flexores, feita por videoartroscopia.

Estrutura

Mais de 300 profissionais compõem o corpo técnico do HTO. Desses, 45 são médicos ortopedistas, parte dos quais têm qualificação internacional. A unidade possui 44 leitos, sendo 34 de enfermaria e 10 de UTI, e capacidade para realizar até 400 procedimentos cirúrgicos por mês. Esse número representa cinco vezes mais do que a rede estadual de saúde suportava em São Luís até a abertura do HTO.

Com a ampliação, o governo do Estado trabalha para reduzir significativamente o tempo de espera por esse tipo de cirurgia no Maranhão. “O objetivo é dar agilidade ao funcionamento da ortopedia no que se refere à média e alta complexidade, acelerando as filas, resolvendo os problemas e garantindo que as pessoas sejam atendidas”, explica Gripp.

Rodoviários programam paralisação de advertência para sexta-feira em São Luís…

O movimento de advertência é para reclamar de atraso de salários, descumprimento de acordos e contra a Reforma Trabalhista do governo Michel Temer (PMDB)

Os rodoviários de São Luís decidiram “cruzar os braços” por três horas, na capital, na próxima sexta-feira (25), para reclamar de atraso de salários, descumprimento de acordos e contra a Reforma Trabalhista do governo Michel Temer (PMDB). De nove da manhã ao meio-dia, os ônibus vão parar de rodar. A decisão foi tomada pelo presidente  do Sindicato dos Rodoviários, Isaías Castelo Branco, e por diretores da entidade, em reunião realizada na manhã desta quarta-feira (25).

Os principais motivos que levaram o Sindicato dos Rodoviários a incentivarem os trabalhadores a cruzarem os braços são os constantes atrasos nos pagamentos de salários e de outros benefícios, que a categoria tem direito, como o ticket-alimentação. As empresas têm ciência de que os salários devem ser pagos até o quinto dia útil do mês, esta, inclusive, é uma das cláusulas da Convenção Coletiva de Trabalho, mas, praticamente, todos os meses, os empresários descumprem a determinação.

Atualmente,  cerca de seis mil rodoviários exercem a atividade no transporte público de São Luís e sofrem as conseqüências por conta destes constantes atrasos. São motoristas, cobradores e fiscais que vão ao Sindicato todos os dias e denunciam a falta de compromisso dos empresários.

Além das questões que envolvem a pauta local, a paralisação por três horas, no dia 27, também é uma resposta à aprovação da Reforma Trabalhista, que deve entrar em vigor nos próximos dias. O Sindicato dos Rodoviários do Maranhão reivindica os interesses da categoria, mas também apoia o movimento, organizado em São Luís por diversas entidades, entre elas, a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transportes Terrestres – CNTTT, que deve ser marcado pela manhã, por um grande ato na Praça Deodoro, e à tarde, o Encontro de Entidades, que acontecerá a partir das 14 horas, na sede da entidade.

O movimento tem o intuito de defender as conquistas dos trabalhadores brasileiros e forçar o Governo Temer, a modificar as regras da Reforma Trabalhista, que mais parece querer escravizar os brasileiros.