Arthur Lira é eleito presidente da Câmara dos Deputados com 302 votos

O deputado federal Arthur Lira (PP-AL) foi eleito presidente da Câmara dos Deputados em primeiro turno para o biênio 2021-2022 com 302 votos.

Com 145 votos, o deputado Baleia Rossi (MDB-SP) ficou em segundo lugar. Em seguida, aparecem Fábio Ramalho (MDB-MG), com 21 votos; Luiza Erundina (Psol-SP), com 16 votos; Marcel van Hattem (Novo-RS), com 13 votos; André Janones (Avante-MG), com 3 votos; Kim Kataguiri (DEM-SP), com 2 votos; e General Peternelli (PSL-SP), com 1 voto. Também foram registrados 2 votos em branco.

Em seu discurso, Lira defendeu uma posição de neutralidade para comandar os trabalhos.

Erlanio Xavier debate desafios do municipalismo e os trabalhos da entidade neste primeiro semestre

Na tarde desta segunda-feira (1°), o presidente da Famem, Erlanio Xavier, se reuniu com o presidente da Câmara Municipal de São Luís, vereador Osmar Filho (PDT), o vice-presidente da Assembleia Legislativa, Glalbert Cutrim (PDT) e o deputado estadual Neto Evangelista (DEM).

Dentre os assuntos pautados na reunião, o retorno do auxílio emergencial teve destaque. Para Erlanio Xavier, a suspensão do auxílio contribui para tencionar o orçamento dos municípios, principalmente no campo da assistência social.

“Temos grandes desafios a serem enfrentados nesta gestão que estamos iniciando. Maiores até que os enfrentados na primeira gestão em que se instalou a instabilidade sanitária em nível mundial. As dificuldades em escala e os recursos em queda desafiam os gestores de maneira grave”, destacou o presidente da Famem.

Rodrigo Pacheco é eleito presidente do Senado

Com 57 votos, o senador Rodrigo Pacheco (DEM-MG) foi eleito presidente do Senado nesta segunda-feira (1º), em votação secreta. Ele derrotou a senadora Simone Tebet (MDB-MS), que obteve apenas 21 votos.

A candidatura contou com o apoio do presidente Jair Bolsonaro e de 10 partidos, entre eles os de oposição, como o PT, a Rede e o PDT.

Os senadores Jorge Kajuru (Cidadania), Major Olimpio (PSL) e Lasier Martins (Podemos) retiraram suas candidaturas para apoiar Tebet.

Dos 81 parlamentares, apenas 78 votaram. O senador Chico Rodrigues (DEM-RR) está licenciado do mandato e os senadores Jacques Wagner (PT-BA) e Jarbas Vasconcellos (MDB-PE) disseram se ausentar por motivos médicos.

Othelino reafirma pré-candidatura ao Senado, mas diz que apoia Dino se este for candidato a senador

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PC do B), reiterou, durante entrevista, que o seu nome tem sido cogitado para disputar a vaga de senador nas próximas eleições. Ao se posicionar, No entanto, ele enfatizou que, se o governador Flávio Dino (PC do B) decidir se candidatar ao Senado Federal, este terá o seu total apoio.

“Realmente, meu nome tem sido ventilado para disputa majoritária e tenho me preparado para isso, mas se o governador Flávio Dino se candidatar ao Senado, terá o meu apoio, até porque ele lidera o nosso grupo político, tem aceitação popular elevada e seria um excelente senador do Maranhão e do Brasil”, declarou.

Para Othelino, os embates que ocorreram nas eleições municipais entre aliados do seu grupo político deixaram cicatrizes, “mas todos têm a compreensão que é preciso maturidade para ceder em alguns aspectos para poder avançar um pouco mais, a fim de que o grupo possa estar junto em 2022”. O parlamentar também descartou que as eleições municipais de 2020 tenham causado fissuras sérias em seu grupo político. Ele classificou como natural o embate interno no campo político liderado pelo governador, grupo este que, segundo ele, é grande, tem diversidade de opiniões e políticos de posições ideológicas diferentes.

Ao fazer um balanço das ações do Legislativo Estadual durante o ano de 2020, Othelino Neto destacou os desafios para o novo ano legislativo que se inicia nesta terça-feira (2), além de garantir que em 2022, naquilo que for necessário, seja por iniciativa própria do Legislativo ou encaminhada pelo Poder Executivo, a Assembleia estará pronta para legislar e os temas relativos ao combate à pandemia terão prioridades de tramitação.

Nova Mesa Diretora da Assembleia Legislativa é empossada nesta segunda

Na manhã desta segunda-feira (1°), foram empossados os deputados eleitos para a Mesa Diretora (2021-2023) da Assembleia Legislativa do Maranhão. O deputado estadual Othelino Neto (PCdoB) continua na presidência.

Na composição estão os deputados Glalbert Cutrim (PDT), 1° vice-presidente; a 2ª vice-presidente é Detinha (PL), o 3° vice presidente é Rildo Amaral (SD) e o 4° vice-presidente é César Pires (PV).

Andreia Rezende (DEM) é a 1ª secretária, Cleide Coutinho (PDT) é a 2ª secretária, Pará Figueiredo (PSL) é o 3° secretário e Paulo Neto (DEM) o 4° secretário.

Operação do MP interdita bares com aglomerações e poluição sonora em São Luís

Na madrugada deste domingo (30), o Ministério Público do Maranhão (MP-MA) realizou uma operação com o apoio das Polícias Civil e Militar e o Corpo de Bombeiros para combater o descumprimento de medidas sanitárias da pandemia e a poluição sonora em bares de São Luís.

Responderão por infração às medidas sanitárias da Covid-19 três proprietários de bares, três motociclistas e o dono de um veículo, todos também autuados por poluição sonora. Os responsáveis foram conduzidos à delegacia.

Em alusão ao combate à poluição sonora, a operação foi denominada Harpócates, o Deus do silêncio na mitologia grega.

Em live, Rubens Júnior confirma que venceu um câncer no rim

Neste domingo (31), o deputado federal e atual secretário de Articulação Política, Rubens Júnior (PCdoB), utilizou suas redes sociais para compartilhar, por meio de uma live, a notícia de que venceu um câncer no rim, descoberto durante a disputa do segundo turno em São Luís.

Emocionado, Rubens agradeceu a Deus e declarou que o câncer já foi tratado após uma cirurgia que retirou o cisto maligno e, após a doença, ele afirmou que passou a enxergar a vida de uma nova forma.

A descoberta do câncer aconteceu durante um exame de rotina, após uma virose contraída pela covid-19.