HCI – Governo abre seletivo para contratar 150 profissionais

Neste sábado (20), o governo do Estado lançou um novo edital, por meio de processo seletivo, a diversas áreas profissionais para trabalho no Hospital de Cuidados Intensivos (HCI) na linha de frente da COVID-19 pelos próximos três meses. No total, são150 vagas com salários que variam de R$1100 até R$2371.

As inscrições poderão ser feitas na terça-feira e quarta-feira da próxima semana. O resultado será divulgado com o início da contratação na quinta-feira (25).

Os interessados devem acessar o link: http://seletivo-hci-covid.saude.ma.gov.br , no período de 23 a 24 de fevereiro, mediante o preenchimento do Formulário Eletrônico de Inscrição.

Governo define atendimento a casos suspeitos de infecção pela nova variante do coronavírus

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) definiu um fluxo de atendimento na rede estadual para a identificação e o monitoramento da nova variante do SARS-CoV-2. Os casos suspeitos de infecção serão identificados a partir da consulta em uma das portas de entrada para atendimento a pacientes com sintomas da Covid-19. O objetivo é agilizar tanto a assistência quanto a identificação dos casos.

Em São Luís, as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) definidas para pacientes com sintomas da Covid-19 são: Parque Vitória, Vinhais, Araçagy, Cidade Operária e Paço do Lumiar. No interior do estado, o fluxo de atendimento tem início em Unidades Básicas de Saúde definidas pelos municípios. Todos os municípios foram orientados acerca da Nota Técnica da SES que orienta essa assistência específica.

Devem buscar a assistência os pacientes com sintomas da Covid-19, como febre, tosse e dor de cabeça persistentes, falta de ar e perda de olfato e paladar.

Pedro Lucas Fernandes perderá comando do PTB no Maranhão

Após a votação que manteve a prisão do deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ), detido na última terça (16) por ordem do ministro Alexandre de Moraes, o deputado federal e presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, anunciou que a partir de segunda-feira (22) irá retirar o deputado Pedro Lucas Fernandes da presidência estadual do partido no Maranhão. O motivo se deu pelo fato de o parlamentar ter votado a favor da continuidade da prisão de Daniel.

Na Câmara Federal, a orientação do partido era pela revogação da prisão.