Aluísio Mendes arma o cerco contra Jefferson Portela e afirma que pode decretar prisão do secretário

As verdadeiras intenções do deputado, que já foi segurança do ex-presidente José Sarney, ficaram demonstrada em seu discurso na Câmara dos Deputados

O deputado federal Aluisio Mendes (Podemos) já armou um verdadeiro cerco contra o secretário de Estado da Segurança, Jefferson Portela, que participará de audiência pública, em Brasília. As verdadeiras intenções do deputado, que já foi segurança do ex-presidente José Sarney, ficaram demonstrada em seu discurso na Câmara dos Deputados.

“Como autor do requerimento, irei presidir essa reunião. E se esse desequilibrado acha que vai transformar o Congresso Nacional num circo e a comissão num picadeiro, ele está muito equivocado. Virá aqui para prestar conta das denúncias. E se faltar ao respeito com qualquer autoridade, ou parlamentar aqui nessa Casa, será decretada sua prisão. Eu pessoalmente o farei”, disse.

Na semana passada, a Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado da Casa aprovou requerimento do parlamentar para a realização de audiência com os delegados da Polícia Civil do Maranhão Ney Anderson Gaspar e Tiago Mattos Bardal sobre possíveis escutas feitas pela SSP.

Aluísio Mendes age para intimidar o secretário de Segurança e criar uma situação desconfortável na audiência, em Brasília. Vale o alerta para que Jefferson Portela fique atento ao movimento que pode usar um espaço público apenas com intenções pessoais para denegrir a imagem do secretário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *