Carlos Lula entrega veículo adaptado ao Centro de Reabilitação da Cidade Operária e APAE

As vans possuem plataforma elevatória, sistemas de segurança para fixação da cadeira de rodas, cintos de segurança e protetores de cabeça para cada cadeirante

O Governo do Estado entregou, nesta sexta-feira (31), ao Centro Especializado em Reabilitação da Cidade Operária (CER) e à Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de São Luís vans adaptadas para transporte de pacientes cadeirantes ou com problema de locomoção. O Serviço de Verificação de Óbitos (SVO) da Secretaria de Estado de Saúde (SES) também recebeu três veículos especiais, do tipo “rabecão”, para o trabalho nos municípios de São Luís e Imperatriz.

“Continuamos levando serviços onde a população precisa. As entregas fazem parte de um grande reajuste e de cuidados com a nossa rede de saúde. Entregamos ambulâncias, veículos para serviços específicos, porque a sociedade precisa disso. Agradecemos o Ministério da Saúde pela parceria para aquisição das vans adaptadas”, disse o secretário de Estado de Saúde, Carlos Lula.

As duas vans adaptadas são semelhantes ao veículo entregue em janeiro ao Centro Especializado em Reabilitação e Promoção da Saúde do Olho d’Água. Elas possuem plataforma elevatória, sistemas de segurança para fixação da cadeira de rodas, cintos de segurança e protetores de cabeça para cada cadeirante. A doação foi feita pelo Ministério da Saúde.

Com 200 pacientes em reabilitação física, 200 em auditiva e 150 intelectual, a Apae de São Luís também ganhou um veículo adaptado, o primeiro da associação para os cuidados em saúde – eles possuem transporte para o eixo educativo.

A diretora do CER da Cidade Operária, Goreth Almeida, afirmou que o veículo, entregue em maio à população, vai agregar muito ao serviço da unidade. “O veículo garante o acesso da pessoa com deficiência e que não apresenta condições de mobilidade e acessibilidade ao serviço. É um grande ganho para o Estado e para o CER”, comentou.

Osmar Filho firma compromisso para beneficiar Apae

Na oportunidade, o vereador comprometeu-se em destinar recursos de emendas de sua autoria para auxiliar no desenvolvimento das ações da organização social

O presidente da Câmara Municipal de São Luís, Osmar Filho (PDT), visitou, nesta quinta-feira (07), a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de São Luís (Apae), localizada no bairro Outeiro da Cruz.

Na oportunidade, o vereador comprometeu-se em destinar recursos de emendas de sua autoria para auxiliar no desenvolvimento das ações da organização social. Além disso, propôs levar o debate para a Casa Legislativa objetivando fazer com que os demais parlamentares conheçam o trabalho da Associação e, desta forma, também possam contribuir com a mesma através da destinação de recursos provenientes de emendas.

“Pudemos observar o trabalho grandioso que é desenvolvido aqui, o que nos deixou sensibilizados. Já nos comprometemos em destinar uma parte das nossas emendas para serem alocadas para o custeio da instituição, para a aquisição de equipamentos ou para outras destinações que contribuam para o seu melhor funcionamento e ampliação do atendimento”, disse o presidente.

Osmar Filho visitou a Apae atendendo convite do ex-vereador e atual deputado federal, Pedro Lucas Fernandes (PTB).

O deputado, durante o encontro, anunciou a destinação de duas emendas do ex-deputado federal Pedro Fernandes (PTB), seu pai, para a entidade – R$ 150 mil para a unidade de São Luís e igual valor para a de Araioses.

Pedro Lucas também se comprometeu em ajudar com recursos de emendas individuais nesta nova legislatura na Câmara Federal.

O presidente da Associação, Vanderlan Rolim, destacou a importância da visita dos parlamentares.

Segundo ele, a sinalização de parceria em um momento tão importante para a entidade, que completará 48 anos este ano, é uma grande vitória.

“Para nós é importante constatarmos nossos parlamentares sensíveis a uma causa tão nobre, porque nestes 48 anos de existência a Apae vem realizando um trabalho de muita relevância para a sociedade, já que nossa atuação não se restringe à questão educacional da pessoa com deficiência, mas na sua inclusão social”, comentou.

Também participaram do encontro Christiane Diniz e Conceição Rolim, gestora e assessoria jurídica da Associação, respectivamente; o voluntário Eufrânio Cavalcante; Luiz Borralho e Cléo Matias Rocha – assessor do deputado e da prefeitura da capital, respectivamente.