Após convenções, 10 candidaturas a prefeito são oficializadas em São Luís

Faltando apenas 1 dia para o fim das convenções, a disputa para a prefeitura de São Luís segue acirrada e com 10 candidatos já confirmados.

Em agosto, o Partido Verde (PV) oficializou a candidatura de Adriano Sarney, em evento realizado na sede do partido, no bairro Turu, em São Luís. A fisioterapeuta e atleta Vall Nascimento foi escolhida candidata a vice na chapa. Já em um espaço do Renascença, no último sábado (12), o Partido Socialista Brasileiro (PSB) oficializou o nome de Bira do Pindaré como candidato a prefeito de São Luís. A candidata a vice é a jornalista e professora universitária, Letícia Cardoso. A chapa do PSB não possui coligação com outros partidos.

Em setembro, o Partido Republicano da Ordem Social (PROS) oficializou o nome de Yglésio Moyses como candidato à prefeitura de São Luís. O médico Mauro César será o candidato a vice-prefeito.

Em convenção partidária realizada no sábado (12), também foi oficializada a candidatura de Duarte Júnior à prefeitura de São Luís pelo Republicanos. A candidata a vice-prefeita será a advogada Fabiana Vilar e a coligação do Republicanos conta com o apoio do Partido Liberal (PL), Avante, Patriotas e do Partido Trabalhista Cristão (PTC).

No sábado, também foi a vez do Democratas de São Luís realizar a convenção da sigla, que oficializou os nomes de Neto Evangelista e Luzimar Lopes como candidatos a prefeito e vice-prefeito da capital, respectivamente. O evento reuniu representantes de todos os partidos da coligação – DEM, PDT, PTB, PSL e MDB.

Já no último domingo (13), o deputado federal Rubens Jr (PCdoB) oficializou sua candidatura a prefeito de São Luís, em convenção realizada no ginásio Costa Rodrigues, com a participação de aliados, militantes e eleitores. Rubens conta em sua chapa com o apoio de 6 partidos: o Partido Comunista do Brasil (PCdoB); o Partido dos Trabalhadores (PT); o Partido Progressistas (PP); o Cidadania; o Democracia Cristã (DC) e o Partido da Mulher Brasileira (PMB).

O deputado Eduardo Braide também oficializou sua candidatura a prefeito de São Luís pelo Podemos, em convenção realizada no Rio Poty Hotel. A professora e policial militar Esmênia Miranda será a candidata a vice-prefeita pela chapa. Além do Podemos, Braide conta com o apoio do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), Partido Social Cristão (PSC), Partido Social Democrático (PSD) e Partido da Mobilização Nacional (PMN).

Também foi oficializada no domingo (13) a candidatura de Franklin Douglas à prefeitura de São Luís pelo Partido Socialismo e Liberdade (PSOL). O candidato a vice-prefeito é José Ribamar Arouche, um dos fundadores do partido na capital. O PSOL não fez coligações para as eleições deste ano. Já o Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU) definiu a candidatura de Hertz Dias à prefeitura de São Luís. Jayro Mesquita será o candidato a vice-prefeito pelo partido. O PSTU também não fez coligações para as eleições deste ano.

O Rede Sustentabilidade anunciou, durante convenção no domingo (13), o nome de Jeisael Marx como candidato a prefeito de São Luís. A candidata a vice-prefeita é a ativista e porta-voz do Rede no Maranhão, Janicelma Fernandes. O partido não fez coligações. O evento aconteceu no Espaço Planalto Eventos, Planalto Anil III, seguindo os protocolos dos órgãos de saúde por conta do covid-19.

Eleições 2018: 11 secretários de Estado deixarão o cargo para a disputa eleitoral

Dino afirmou que em até 20 dias será feita uma mini reforma de governo para troca de comandos.

Nos últimos meses, o jogo para as eleições de 2018 tem sido intenso. Os secretários de estado, que pretendem disputar o pleito, já se preparam para deixar o governo e partirem de vez para as pré-campanhas eleitorais. O anúncio foi feito pelo governador Flávio Dino (PCdoB) durante ato político na cidade de Imperatriz, na última sexta-feira (2).

Segundo o governador, dentro do prazo de vinte dias será feita uma minireforma de governo para troca de comandos. Os nomes dos substitutos permanecem no anonimato.

Dos 35 secretários de Estado, 11 devem sair para concorrer às eleições 2018, dentre eles: Adelmo Soares (Agricultura Familiar), Duarte Júnior (presidente Viva/Procon), Julião Amin (Trabalho e Emprego), Márcio Jerry (Comunicação Social e Assuntos Políticos), Márcio Honaiser (Pesca e Agricultura), Marcelo Tavares (Chefe da Casa Civil), Marcelo Coelho (Meio Ambiente), Neto Evangelista (Desenvolvimento Social), Odair José (Presidente da Comissão de Licitação), Pedro Lucas Fernandes (Agência Metropolitana) e Simplício Araújo (Indústria e Comércio).

No campo da especulação, a expectativa é que mais de 80% dos secretários listados acima sejam eleitos na disputa do dia 8 de outubro. É aguardar para ver.

E o PT vai oficializando suas candidaturas no Maranhão…

Em Mirinzal, PT caminha para a reeleição de Amaury

Em Mirinzal, PT caminha para a reeleição de Amaury

O Partido dos Trabalhadores (PT) do Maranhão vem se articulando bem para as eleições que se avizinham, oficializando diversas candidaturas em todo o Estado. O deputado estadual Zé Inácio Rodrigues está representando a sigla em várias convenções. Nesta sexta-feira (05), será a vez de Bequimão, onde o partido terá candidato a vice-prefeito, Sidney Magal, na chapa do prefeito Zé Martins (PMDB).

No município de Santa Helena, a 119 km da capital São Luís, a convenção do PT oficializou a candidatura à reeleição de Lobato (PPS – MA) à prefeitura de Santa Helena e do candidato a vice-prefeito, Fernando Crente (PCdoB – MA).

“Precisamos buscar as melhorias do município e a união dos partidos aliados, que contribuirá para o fortalecimento de Santa Helena, a fim de que a cidade continue a se desenvolver”, afirmou Zé Inácio.

No evento estiveram presentes membros de partidos como PPS, PT, PSDB, PSB, PDT e PC do B.

Mirinzal

Em Mirinzal, a convenção do  PT e aliados oficializou a candidatura de Amaury Almeida (PDT) à reeleição. A reunião contou com a presença de milhares de pessoas, que acompanharam Amaury até o local do evento onde foi oficializada sua candidatura.

Além de Zé Inácio, a convenção contou com a presença de lideranças como o ex-prefeito de Mirinzal, Agenor Filho, a representante da juventude pedetista no Maranhão, Idalete Rodrigues, o deputado estadual Rogério Cafeteira (PSC), o ex-candidato a prefeito, Eduardo Amorim, e o reitor do Ifma, Roberto Brandão.

Zé Doca

Em Zé Doca, a 311,1 km da capital São Luís, a convenção do PT oficializou a pré-candidatura de Zé Costa (PT-MA) a prefeito da cidade. A participação do candidato a vice-prefeito, Geraldinho, representante da zona rural, veio fortalecer a chapa e garantir a vitória.

Na oportunidade, Zé Inácio destacou a competência do professor Zé Costa para administrar a cidade.

Marcaram presença representantes dos seguintes partidos: PT, PSDB, PV, PTN, PDT, PPS, PEN, PTC, PMDB, PPL, PHS, PRB, PSB e PMB.