“Retorno ao PDT para somar, não para desagregar”, esclarece Jota Pinto

O pré-candidato esclarece que está de volta ao PDT para somar com todos os membros do partido

Diante de informações de que o ex-deputado e pré-candidato a prefeito de São José de Ribamar, Jota Pinto, estaria assumindo a direção do PDT em Ribamar para substituir Gil Cutrim, em busca de ocupar o espaço político do ex-prefeito, o pré-candidato esclarece que está de volta ao PDT para somar com todos os membros do partido e dar prosseguimento ao seu projeto político de forma conciliatória.

“Quem me conhece, sabe que uma das minhas características principais é a postura conciliadora e agregadora que sempre adotei na vida profissional e política. Estou retornando ao PDT a convite do senador Weverton Rocha e do prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior, para fortalecer o partido e somar com todos os seus integrantes, não para disputar espaço ou desagregar”, afirma Jota Pinto.

Jota Pinto assume PDT de São José de Ribamar no lugar de Gil Cutrim

Jota Pinto ganha mais força na pré-campanha após assumir o PDT

O ex-deputado e pré-candidato a prefeito, Jota Pinto, assumiu a presidência do PDT em São José de Ribamar, terceira maior cidade do Maranhão.

O pré-candidato assume a liderança da legenda no lugar do deputado federal Gil Cutrim, que decidiu sair do partido após votar a favor da reforma da Previdência. Gil Cutrim, que já foi prefeito da cidade, foi eleito deputado federal em 2018 pelo PDT.

Agora, Jota Pinto ganha mais força na pré-campanha após assumir o PDT. Vale lembrar que o pré-candidato lidera as pesquisas de intenções de voto na cidade.

Jota Pinto troca Patriotas pelo PDT para disputar prefeitura de São José de Ribamar

A filiação do pré-candidato deve acontecer no próximo dia 1° de fevereiro

O ex-deputado Jota Pinto vai trocar seu atual partido, o Patriotas, para disputar as eleições municipais em São José de Ribamar, pelo PDT. A informação foi confirmada pelo pré-candidato durante entrevista ao programa Ponto Continuando, da Rádio Mais FM, na noite de quinta-feira (16).

Terceiro maior município de Maranhão, São José de Ribamar, localizado na região metropolitana de São Luís, é uma cidade estratégica e agora se torna importante para o projeto político do PDT.

A ida de Jota Pinto para o PDT é resultado de um convite feito pelo presidente estadual e senador, Weverton Rocha, além de ter a simpatia do prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Jr.

A filiação do pré-candidato deve acontecer no próximo dia 1° de fevereiro, na cidade balneária e deve contar com a presença de boa parte da militância do PDT e outras legendas que já estão com Jota Pinto.

Disputa em São José de Ribamar deve começar 2020 bem acirrada

A pesquisa foi feita entre os dias 11 e 13 de dezembro e ouviu 582 pessoas

Faltando nove meses para as eleições, a disputa pela Prefeitura de São José de Ribamar entra em 2020 com o cenário indefinido.

Com uma margem de erro de 3,6% para mais ou para menos, os três principais candidatos aparecem tecnicamente empatados. É o que mostra a pesquisa do Instituto Prever.

Em um dos cenários, Beto das Vilas aparece com 16,7%; Jota Pinto estaria com 16,5%; Eudes Sampaio, atual prefeito, teria 15,8%; Nonato Lima com 10,1%; Edson Júnior tem 4,5%; Tiago Fernandes aparece com 3,3% e Júnior Lago com 1,1%. Brancos somam 15,8%. Não sabem ou não responderam somam 16,0%.

A pesquisa também avaliou a aprovação do Governo Flávio Dino na cidade. 3,8% avaliam como Ótimo; Bom somam 32,8%; Regular 36,8; Ruim 10,5%; Péssimo 15,6% e não sabem ou não opinaram 0,5%.

A pesquisa foi feita entre os dias 11 e 13 de dezembro e ouviu 582 pessoas.

Jota Pinto movimenta política de Ribamar ao reunir pré-candidatos a vereadores

De acordo com a última pesquisa do Instituto Escutec, Jota Pinto aparece com 26,1%, em primeiro lugar

Bem posicionado nas pesquisas eleitorais, o ex-deputado Jota Pinto (Patriotas) reuniu, na tarde de sábado (24), membros do grupo Aliança Ribamarense e pré-candidatos a vereadores da cidade balneária.

Pré-candidato a prefeito em São Jose de Ribamar, Jota Pinto reuniu um número considerável de pré-candidatos a vereadores do Patriotas e reforçou os planos para as próximas eleições, em 2020.

No evento de sábado, foi debatido sobre a programação artístico-cultural do evento ‘Canto Ribamar’ que acontece dia 21 de dezembro, no restaurante Sabor do Nordeste, no Moropoia.

O evento promete reunir os artistas ribamarenses da Música, Artesanato, Literatura, Artes Plásticas, Culinária e Teatro. De iniciativa inédita, o evento visa valorizar a cultura genuinamente ribamarense.

Vale lembrar que o pré-candidato a prefeito lidera as intenções de voto na cidade. De acordo com a última pesquisa do Instituto Escutec, Jota Pinto aparece com 26,1%. O presidente da Câmara Municipal, Beto das Vilas, vem em segundo lugar com 18,5% e o atual prefeito Eudes Sampaio está em terceiro lugar com 13,1%.

Jota Pinto lidera em pesquisa do Instituto Escutec realizada em Ribamar

O levantamento foi realizado entre os dias 13 a 17 de outubro, ouviu 801 eleitores e tem margem de erro de 3,45% para mais ou para menos.

Terceiro maior município do Maranhão, com mais de 176 mil habitantes, São José de Ribamar, na região metropolitana de São Luís, deve ter uma das eleições mais concorridas no próximo ano. Diferente das últimas três eleições municipais onde a maioria dos grupos políticos uniu-se em torno de um nome, em 2020, a população terá mais candidatos à disposição.

Sobre a disputa na cidade balneária, o Instituto Escutec realizou pesquisa de intenções de voto para saber como anda a grau de aprovação dos pré-candidatos. Os números foram divulgados pelo blog Maramais.

Entre os nomes sondados, o do ex-deputado Jota Pinto é o mais bem avaliado. Em um dos cenários, ele aparece com 26,1%. O atual presidente da Câmara Municipal, Beto das Vilas, vem em segundo lugar com 18,5%, o atual prefeito Eudes Sampaio está em terceiro lugar com 13,1%, Nonato Lima tem 9,2% e Edson Júnior com 3,6%. A Escutec apurou que 15,7% não votariam em nenhum dos nomes e 13,8% não sabem ou não opinaram.

Em outro cenário, quando são colocados apenas Jota Pinto e Eudes Sampaio, o ex-deputado aparece com 36,1%, contra 21,2% do atual prefeito. 26,8% dos entrevistados afirmaram não votar em nenhum dos nomes e 15,9% não souberam ou não opinaram.

O levantamento foi realizado entre os dias 13 a 17 de outubro, ouviu 801 eleitores e tem margem de erro de 3,45% para mais ou para menos.

Partidos trocam de lideranças e preparam casa para eleições 2020

Desde que as eleições de 2018 acabaram, algumas legendas já promoveram mudanças em seus diretórios no estado

Faltando pouco mais de um ano para as eleições de 2020, partidos políticos no Maranhão estão promovendo mudanças para encarar as disputas e fortalecer suas legendas no estado. Desde que as eleições de 2018 acabaram, algumas legendas já promoveram mudanças em seus diretórios no estado.

O Podemos já trocou seu diretório. No lugar do deputado Aluísio Mendes, assume os aliados de Eduardo Braide. Aluísio por sua vez deve assumir o PSC.

A senadora Eliziane Gama passou o bastão do Cidadania (ex-PPS), para seu irmão, Eliel Gama. Pedro Lucas Fernandes assumiu a presidência do PTB no lugar do seu pai, o ex-deputado Pedro Fernandes.

O deputado federal Edilázio Júnior assumiu o PSD no lugar de Cláudio Trinchão. O deputado Júnior Marreca Filho assumiu o Patriotas no lugar do ex-deputado Jota Pinto. Já no PTC, saiu o deputado Edivaldo Holanda e assumiu o ex-deputado Júnior Verde.

Um outro partido que deve trocar de presidente é o Avante. Hilton Gonçalo perde a presidência do partido para o deputado Josimar de Maranhãozinho, que deve indicar um aliado.

Algumas mudanças ainda podem acontecer até as eleições, sobretudo nos comandos dos diretórios da capital e nas maiores cidades. O jogo da política ainda reserva mais surpresas.

Marreca Filho assume presidência do Patriotas no Maranhão

O deputado assume no lugar do ex-deputado estadual Jota Pinto

O deputado federal Marreca Filho assumiu a direção estadual do Patriotas no Maranhão. Ele está no seu primeiro mandato na Câmara dos Deputados e é filho do ex-deputado federal, Júnior Marreca.

O deputado assume no lugar do ex-deputado estadual Jota Pinto, que disputou uma vaga para a Assembleia Legislativa, mas não obteve êxito. Jota Pinto ficará com a vice-presidência do partido.

O Patriotas foi um dos partidos que não passaram pela Cláusula de Barreira, mas incorporou o PRP e garantiu representatividade na Câmara dos Deputados.

Patriotas vai incorporar PRP após Cláusula de Barreira

A tendência é o PRP ser absorvido pelo Patriota, que manteria o nome e o número, o 51. Com a medida, as duas agremiações políticas escapam da cláusula de barreira

O Partido Republicano Progressista (PRP) deve se fundir ao Patriota, sigla do candidato à Presidência da República Cabo Daciolo. Os detalhes da incorporação – que já foi acordada em convenção nacional das duas legendas – devem ser definidos nos próximos dias.

A tendência é o PRP ser absorvido pelo Patriota, que manteria o nome e o número, o 51. Com a medida, as duas agremiações políticas escapam da cláusula de barreira.

Embora seja tratado como um novo partido, o Patriota existe desde 2012, quando se chamava PEN (Partido Ecológico Nacional). A renomeação foi autorizada pelo TSE (Tribunal Superior eleitoral) em abril deste ano, meses depois de o partido ganhar as manchetes por quase filiar o presidente eleito Jair Bolsonaro, que acabou optando pelo PSL.

O Patriotas terá cinco deputados federais a partir da próxima legislatura, entre eles o maranhense Júnior Marreca Filho. Já o PRP elegeu outros três.

“Vamos juntar forças. O PRP mostrou que tem forças em Brasília. E vamos continuar trabalhando para ter bons quadros”, disse o presidente nacional do PRP, Ovasco Resende. O dirigente do Patriota Adilson Barroso também comemorou a fusão.

No Maranhão, o PRP é presidido pelo ex-secretário de Saúde Ricardo Murad. Já o Patriotas é presidido pelo ex-deputado Jota Pinto.