Pelo menos 4 partidos já fecharam apoio à reeleição de Rodrigo Maia

Legendas que declararam apoio a Rodrigo Mais e o DEM somam 153 dos 513 deputados

EXAME

Dos 28 partidos que participam da próxima legislatura da Câmara dos Deputados, pelo menos quatro já oficializaram seu apoio à recondução de Rodrigo Maia (DEM-RJ) à presidência da Casa. Depois que PSL – partido do presidente Jair Bolsonaro -, PRB e PSD formalizaram a preferência, o PPS, que elegeu oito parlamentares na Casa, também entrou para o grupo. Essas legendas e o DEM somam 153 dos 513 deputados.

Ontem, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), disse que apoia a recondução de Maia e que a bancada federal do partido deve seguir essa tendência majoritariamente (mais informações na pág. A6). Caso o apoio do PSDB se concretize e se os deputados forem fiéis às orientações de suas lideranças partidárias, o número sobe para 182.

Em nota, o líder do PPS na Câmara, deputado Alex Manente (SP), disse que Maia possui todos os atributos para conduzir os trabalhos do Parlamento. “Ele assumiu a presidência da Câmara em um momento delicado, com a autorização do processo de impeachment de Dilma (Rousseff) pela Casa e substituindo Eduardo Cunha. É equilibrado e possui todos os requisitos para continuar no comando da Câmara dos Deputados.”

Nova pesquisa mostra otimismo dos brasileiros

O levantamento do Ideia Big Data feito para a revista Veja mostra que 66% acham que a economia em 2019 será melhor que no ano passado

Mais uma pesquisa feita nessa largada do governo Jair Bolsonaro (PSL) mostra otimismo e grande expectativa por parte da população com o período que se inicia.

O levantamento do Ideia Big Data feito para a revista Veja mostra que 66% acham que a economia em 2019 será melhor que no ano passado. Outros 55% tem a mesma expectativa em relação à economia e 70%, à vida pessoal.

Os números relativos a Bolsonaro são mais modestos, embora também positivos: para 42% ele vai superar a própria expectativa, 25% acham que fará um governo dentro do esperado e 33% acham que ele será pior que a encomenda.

Suplentes de três senadores assumem mandatos até 2023

Os senadores empossados terão mandato até 2023

Na primeira semana de janeiro, três suplentes de senadores assumiram mandatos no Senado. Jean Paul Prates (PT-RN), primeiro suplente de Fátima Bezerra (PT-RN), eleita governadora do Rio Grande do Norte, a senadora Mailza Gomes (PP-AC), primeira suplente de Gladson Cameli (PP-AC), eleito governador do Acre e Luiz Carlos do Carmo (MDB-GO), suplente de Ronaldo Caiado (DEM-GO), eleito governador de Goiás. Os senadores empossados terão mandato até 2023.

Gladson venceu a disputa pelo estado ainda no primeiro turno das eleições com quase 224 mil votos, que representam 54% dos votos válidos no Acre. Também no primeiro turno, Caiado alcançou 59,72% dos votos válidos. Fátima, a única governadora do país, obteve 748 mil votos, 46% dos votos válidos no Rio Grande do Norte.

Créditos do Programa Nota Legal podem ser usados para Abatimento de IPVA 2019

Fique atento para os prazos do pagamento do IPVA 2019

Os usuários cadastrados no Programa Nota Legal, podem utilizar seus créditos para abatimento do, fazendo o resgate até o dia 26 de abril.

Ao solicitarem o crédito para abatimento do imposto, o contribuinte deve aguardar o período de 48 horas para realizar a emissão do Documento de Arrecadação (DARE) para pagamento. Esta medida visa aguardar o período necessário para atualização do sistema.

É importante destacar que ao gerar o boleto, o contribuinte deve observar se o valor solicitado para abatimento encontra-se discriminado. Caso contrário, não’ faça o pagamento. Para utilização do benefício, o abatimento é permitido somente para veículos cujo CPF do proprietário esteja cadastrado no Programa.

Outra informação importante é que os créditos do programa não podem ser utilizados para pagamentos de débitos de IPVA em atraso. Para utilizar o crédito, o consumidor deverá acessar o site do Programa Nota Legal e selecionar a opção “Acessar Sistema” e informar o CPF e a senha de acesso.

Em seguida, clicar na guia “Utilizar créditos” > “Crédito de Notas” >, “Abatimento IPVA” > “Selecionar o Renavam do veículo cadastrado” > informar o valor a ser abatido. (até o limite de 50% do valor do IPVA). Ao clicar em ”Confirmar”, o consumidor não poderá cancelar a operação.