Flávio Dino antecipa disputa para presidente

“Estou mesmo me preparando para 2022”, afirma governador Flávio Dino

Não é novidade para ninguém que o governador do Maranhão, Flávio Dino, tornou-se a maior figura do PCdoB e um dos maiores líderes do campo progressista brasileiro. Os feitos e as obras de Flávio Dino, no Estado, têm alcançado os quatro cantos do país e cada vez mais pessoas têm pedido para que ele entre na disputa.

Legitimamente um governador democrático e popular, Flávio Dino focou suas ações para o campo social e trouxe feitos nunca antes vistos no Maranhão.

Tais ações fizeram de Flávio Dino o governador mais bem avaliado do G1, sendo a liderança estadual que mais cumpriu suas promessas de campanha. O governador das Escolas Dignas, Mais IDH, das mil viaturas, dois 8 novos hospitais regionais e dos institutos tecnológicos, chegou a 2019, tendo sido reeleito com 59,29%, sacramentando uma derrota amarga para o grupo Sarney.

Ex-juiz federal, professor, advogado, ex-deputado federal e ex-presidente da Embratur, o currículo de Flávio Dino é invejável. Com todos os feitos de um governador que trabalha para todos e por todos é que Flávio Dino vai chegar a 2020 como um dos nomes favoritos para a disputa. E se depender dele, a tarefa de seguir voos mais altos já está aceita.

Durante a Conferência Estadual Extraordinária do PCdoB-MA, realizada na noite de sexta-feira (22), na Assembleia Legislativa, o governador Flávio Dino deixou no ar que pensa em disputar a Presidência da República.

“Estou mesmo me preparando para 2022. Vocês nem notaram, já estou até com cinco quilos a menos. Vamos enfrentar o laranjal e a turma do mal”, brincou, mas logo em seguida deu o seu recado.

“Eu adoro uma eleição, estou doido para disputar mais uma, essa em especial. A gente tem que plantar a coisa certa, para colher a coisa certa”, completou Flávio Dino.

E logo em seguida foi saudado com os gritos de “Brasil, pra frente, Dino presidente”!

Othelino Neto participa de Conferência Estadual Extraordinária do PCdoB

Para o deputado, o evento foi um momento importante para que comunistas militantes de todo o Maranhão ratificassem suas bandeiras de luta

Ao lado de correligionários, o presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto, participou, na noite desta sexta-feira (22), no auditório Fernando Falcão, da Conferência Estadual Extraordinária do Partido Comunista do Brasil (PC do B).

Para o deputado, o evento foi um momento importante para que comunistas militantes de todo o Maranhão ratificassem suas bandeiras de luta. “Não aceitaremos perdas de direitos e continuaremos defendendo-os. São direitos sociais duramente conquistados pelo povo brasileiro e que, infelizmente, estão sendo ameaçados pelo presidente da República, com propostas ruins encaminhadas ao Congresso Nacional”.

Flávio Dino, primeiro e único governador do Brasil eleito pelo PC do B, destacou a forte presença do partido no Poder Legislativo Estadual, presidido pelo deputado Othelino Neto.

“Nós temos uma representatividade muito importante não somente no governo, mas também na Assembleia e na Câmara Federal. É essa força que se revela aqui, a do partido vivo, que, em ano não eleitoral, reúne-se para discutir seu destino”, destacou Flávio Dino.

Os deputados estaduais Duarte Júnior, Adelmo Soares, Professor Marco Aurélio, Ana do Gás e Fernando Pessoa compareceram ao ato político. “Uma conferência forte e bonita, que marca o início de um ano com bastante mobilização e participação política do nosso partido”, disse Marco Aurélio.

A bancada federal maranhense foi representada pelos deputados Bira do Pindaré, Rubens Pereira Júnior e Márcio Jerry, este último presidente do PC do B no Estado “Esta Conferência é uma preparação dos militantes para o II Congresso Extraordinário do nosso partido, marcado para 17 de março, em São Paulo”, lembrou Márcio Jerry.

Outra presença marcante foi a da vice-governadora de Pernambuco e presidente nacional do PCdoB, Luciana Santos.

Sálvio Dino ministrará palestra sobre os 184 anos da Assembleia Legislativa do Maranhão

Na próxima segunda-feira (25), ele proferirá palestra, no Salão Nobre da Casa do Povo, sobre o tema  “184 anos do Poder Legislativo e a importância histórica das obras raras encontradas no Parlamento”

Jornalista, advogado, escritor, ex-deputado estadual, membro das Academias Maranhense, Imperatrizense e Grajauense de Letras, Sálvio Dino, pai do governador Flávio Dino (PCdoB), esteve, na tarde desta sexta-feira, na Assembleia Legislativa, para conhecer o acervo de obras raras encontradas durante o processo de restauração de documentos manuscritos e impressos do Legislativo Estadual. Na próxima segunda-feira (25), ele proferirá palestra, no Salão Nobre da Casa do Povo, sobre o tema  “184 anos do Poder Legislativo e a importância histórica das obras raras encontradas no Parlamento”. O convite partiu do presidente da Assembleia, deputado Othelino Neto (PC do B).

O tema da palestra tem como base, além da comemoração pelos 184 anos de fundação da AL, o Dia do Poder Legislativo e a abertura da exposição “Memorial do Legislativo Maranhense”. Dino abordará a importância histórica de 13 obras raras que compõem o projeto “Memorial do Legislativo Maranhense”.

    

Sálvio Dino esteve no gabinete da Presidência da AL, onde foi recebido pelos diretores Valney  Pereira (Geral) e Antino Noleto (Administração), além da equipe de Documentação e Registro, dirigida por Simone Limeira e outros assessores da casa legislativa.

Manuseou as peças que compõem o acervo da exposição e disse estar lisonjeado. “Estou rejuvenescido, muito feliz em poder voltar a esta casa. Quero louvar a iniciativa do presidente Othelino Neto, um jovem de visão. Essa ação significa  um trabalho voltado para o futuro, para as novas gerações, que terão a oportunidade de conhecer o passado da Assembleia Legislativa”, disse Sálvio Dino.

Mulheres no Parlamento

Sálvio Dino esteve no gabinete da Presidência da AL, onde foi recebido pelos diretores Valney  Pereira (Geral) e Antino Noleto (Administração)

Numa descontraída conversa, disse aos interlocutores que projeta escrever uma obra sobre a participação das mulheres no Parlamento. “Elas ainda são discriminadas. Só vieram participar ativamente da vida pública a partir de 1932, quando Getúlio Vargas instituiu o voto secreto e o voto feminino. No Maranhão, tivemos como primeiras parlamentares, na eleição daquele ano, Rosa Castro e Zuleide Bogéa. Depois,  na década de 1940, Dalva Bacelar”, afirmou.

Disse ainda ter ficado satisfeito com os avanços conquistados pela mulher, ao destacar que, hoje, são 8 parlamentares na Assembleia  Legislativa, sendo que, do total, seis estão ocupando cargos na Mesa Diretora. Para ele, isso representa um grande salto para  a mulher na política do Maranhão.

Raridades

Dentre as raridades, que datam de 1894 a 1953, foram descobertos registros de atas, expedientes, sessões extraordinárias, atividades parlamentares e leis estaduais relevantes. O material histórico já passou por limpeza, higienização, catalogação e encontra-se em fase de digitalização. “Tivemos o cuidado de manter tudo 100% original, pois são peças que fazem parte da história do Maranhão”, explicou  o diretor de Administração da AL, Antino Noleto.

O diretor geral da AL, Valney Pereira, destacou a importância da data e acrescentou que o arquivo contém dados importantes e históricos a respeito do Maranhão. Daí a necessidade de preservação, em formato digital, conforme determinação do presidente Othelino Neto.

Dentre as peças descobertas, a pesquisa detectou nove livros centenários, considerados raros, sendo dois com registros de leis estaduais, sete atas contendo informações de sessões ordinárias, extraordinárias e atividades parlamentares e mais quatro livros do Império, datados do século XIX.

 O acervo mostrou um livro de leis estaduais, volume único, com 172 páginas escritas a mão, que traz a descrição de leis estaduais de 1889 a 1902. No mesmo livro, houve outra descoberta: o registro da Lei 294, de 15 de abril de 1901, que criou a primeira seção do Corpo de Bombeiros para extinção de incêndios na capital.

O processo de restauração do arquivo revelou, ainda, obras valiosas, como o livro “Império do Brasil: leis e decretos”, de 1833, com 560 páginas; uma coleção de decisões do governo brasileiro da época, com o mesmo título, e outro livro do Império de 1854, que também guarda uma coletânea das decisões do governo.

Carreira

Sálvio Dino iniciou a carreira política em 1954, ao ser eleito vereador de São Luís, sendo reeleito em 1958. Foi eleito deputado estadual em 1962. Em 1964, teve seus direitos políticos cassados.

 Voltou à política em 1974, ao ser eleito deputado. Nas eleições de 1988, foi eleito prefeito de João Lisboa pelo PFL. Nas eleições de 1996, candidatou-se a prefeito de João Lisboa, sendo eleito para o segundo mandato.

Othelino Neto prestigia homenagens a magistrados no Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão

A solenidade também marcou a despedida do desembargador Ricardo Duailibe

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Othelino Neto (PC do B), prestigiou, na tarde desta sexta-feira (22), no Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE/MA), a solenidade de entrega da Medalha Ministro Arthur Quadros Collares Moreira a ministros e desembargadores de renome da classe de juristas do país, por seus méritos e relevantes serviços prestados à sociedade.

Uma das homenageadas foi a ministra Laurita Hilário Vaz. “Ela tem uma marca registrada: foi a primeira mulher a presidir o Superior Tribunal de Justiça. Portanto, é mais do que justa esta medalha que recebe da Corte”, enfatizou Othelino Neto.

A ministra agradeceu e disse que gostaria de compartilhar a homenagem. “Compartilho com todos aqueles que, assim como eu, combatem a corrupção e lutam para que os cidadãos comuns tenham uma vida mais digna e para que a democracia seja cada vez mais justa, transparente e célere”.

Entre os condecorados, estavam o ministro Reynaldo Soares da Fonseca (Superior Tribunal de Justiça) e os desembargadores João de Deus Abdala Simões (presidente do TRE/AM), Marcelo Lima Buhaten (TJ/RJ) e Juacy dos Santos Loura Júnior (OAB/RO).

A solenidade também marcou a despedida do desembargador Ricardo Duailibe do cargo de presidente do TRE/MA. Na oportunidade, o magistrado apresentou as ações realizadas à frente do órgão, a exemplo do combate às fake news.

“Nós estamos fechando um ciclo que, agora, precisa ser renovado. Fico feliz por ter prestado um bom serviço à Justiça Eleitoral do Maranhão e sinto-me satisfeito pelos resultados alcançados e que nos tornam referência em todo o Brasil”, disse.

Bolsonaro indica senador do MDB para ser líder do governo

A indicação sinaliza uma aproximação do governo com o MDB, que tem 13 senadores e é a maior bancada do senado

O senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE) foi escolhido pelo presidente Jair Bolsonaro para ser líder do governo no Senado Federal.

Bezerra Coelho ocupou a mesma função entre agosto e dezembro do ano passado, durante os últimos meses do governo de Michel Temer. A indicação sinaliza uma aproximação do governo com o MDB, que tem 13 senadores e é a maior bancada do senado.

Bezerra Coelho também foi ministro da Integração Nacional no governo de Dilma Rousseff (PT). 

A indicação tinha o apoio do presidente do Senado, Davi Alcolumbre, e do ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, ambos do DEM. 

Operação da Polícia Federal mira senador do PP do Piauí

De acordo com nota da Polícia Federal, a ação é desdobramento das investigações em tramitação no Supremo Tribunal Federal (STF), que autorizou as ações.

Agência Brasil

Trinta agentes da Policia Federal cumpriram hoje (22) mandados de busca e apreensão em endereços de Teresina (PI), Brasília (DF) e São Paulo (SP).

A Operação “Compensação” investiga crimes de corrupção passiva e de lavagem de dinheiro, tendo como principal alvo o senador Ciro Nogueira, do Partido Progressista (PP). O parlamentar é do Piauí.

De acordo com nota da Polícia Federal, a ação é desdobramento das investigações em tramitação no Supremo Tribunal Federal (STF), que autorizou as ações.

Depoimentos prestados por colaboradores apontam repasses de R$ 43 milhões ao Partido Progressista, em pagamentos em espécie e doações oficiais, por intermédio do senador, em troca de apoio político do partido na campanha eleitoral para a eleição presidencial de 2014.

Os sete mandados de busca e apreensão foram autorizados pela ministra Rosa Weber, do STF. Também estão sendo entregues intimações para depoimentos de envolvidos no caso.

Nota de defesa

A Defesa do senador Ciro Nogueira distribuiu, hoje, nota denunciando o que chama de “o direito penal do espetáculo. O que está sendo apreendido nesta busca e apreensão é o que foi recentemente restituído pelo Supremo Tribunal Federal em virtude de outra operação que não resultou em Ação Penal. O Supremo rejeitou a denúncia, pois baseada tão somente na palavra de outro delator. Tal constrangimento poderia ser evitado com a simples intimação do senador para prestar esclarecimento pois, é evidente, este sempre se colocou à disposição do Poder Judiciário”, finaliza a nota distribuída por advogados do parlamentar, alvo da operação da Polícia Federal.

Sessão solene e exposição de obras raras marcarão as homenagens pelos 184 anos da Assembleia

As 13 obras raras foram encontradas durante o processo de restauração de documentos manuscritos e impressos da Casa, iniciado em fevereiro do ano passado

Uma sessão solene marcará, nesta segunda-feira (25), às 16 horas, a abertura das comemorações dos 184 anos da Assembleia Legislativa do Maranhão, com a presença de representantes dos três Poderes. Na mesma data, será comemorado o Dia do Poder Legislativo. Ao término da solenidade, o presidente Othelino Neto (PCdoB) fará a abertura da Exposição “Memorial do Legislativo Maranhense”.

 

De acordo com o diretor-geral da Mesa Diretora, Bráulio Martins, a programação da sessão solene vai enfatizar a importância do Legislativo Estadual Maranhense para a população. O advogado e ex-deputado estadual Sálvio Dino proferirá palestra sobre os 184 anos do Legislativo maranhense e a importância histórica das obras raras encontradas no acervo da Casa.

Além de representantes dos Poderes, também foram convidados historiadores, professores universitários do curso de História e integrantes de academias de letras.

Exposição

 

As 13 obras raras foram encontradas durante o processo de restauração de documentos manuscritos e impressos da Casa, iniciado em fevereiro do ano passado

Logo após a sessão solene, será aberta, pelo presidente Othelino Neto, no Salão Nobre do Palácio Manuel Beckman, a exposição de 13 obras raras que compõem o Projeto “Memorial do Legislativo Maranhense”.

 

O diretor administrativo da Assembleia Legislativa, Antino Noleto, e o diretor-geral da Casa, Valney Pereira, que coordenam a organização do evento, explicaram que o Projeto “Memorial do Legislativo Maranhense” é uma prioridade da gestão do presidente Othelino Neto.  

 

As 13 obras raras foram encontradas durante o processo de restauração de documentos manuscritos e impressos da Casa, iniciado em fevereiro do ano passado.    

 

Valney Pereira destacou a importância da data e disse que o arquivo contém dados importantes e históricos a respeito do Maranhão, daí a necessidade de preservação, em formato digital, conforme determinação do presidente Othelino Neto.

Dentre as raridades, que datam de 1894 a 1953, foram descobertos registros de atas, expedientes, sessões extraordinárias, atividades parlamentares e leis estaduais relevantes. O material histórico já passou por limpeza, higienização, catalogação e se encontra em fase de digitalização. “Tivemos o cuidado de manter tudo 100% original, pois são peças que fazem parte da história do Maranhão”, explicou Antino Noleto.

 

Livros centenários

 

Das treze peças descobertas, a pesquisa detectou nove livros centenários, considerados raros, sendo dois com registros de leis estaduais, sete atas contendo informações de sessões ordinárias, extraordinárias e atividades parlamentares e mais quatro livros do Império, datados do século XIX.

 

O acervo mostrou um livro de leis estaduais, volume único, com 172 páginas escritas a mão, que traz a descrição de leis estaduais de 1889 a 1902. No mesmo livro, houve outra descoberta: o registro da Lei 294, de 15 de abril de 1901, que criou a primeira seção do Corpo de Bombeiros para extinção de incêndios na capital de São Luís.

 

O processo de restauração do arquivo revelou, ainda, obras valiosas, como o livro “Império do Brasil: leis e decretos”, de 1833, com 560 páginas; uma coleção de decisões do governo brasileiro da época, com o mesmo título, e outro livro do Império de 1854, que também guarda uma coletânea das decisões do governo.

 

A população poderá acessar os exemplares originais por intermédio de um link, que estará disponível a partir de março, no site www.al.ma.leg.br.

Flávio Dino anuncia mais cinco nomes para o Governo do Estado

Os titulares do Meio Ambiente; Agricultura, Pecuária e Pesca; Turismo; Empresa Maranhense de Recursos Humanos e Negócios Públicos e Gasmar, foram anunciados pelo governador em sua conta no Twitter

Mais cinco nomes foram anunciados pelo governador Flávio Dino na noite desta quinta-feira (21). Os titulares do Meio Ambiente; Agricultura, Pecuária e Pesca; Turismo; Empresa Maranhense de Recursos Humanos e Negócios Públicos e Gasmar, foram anunciados pelo governador em sua conta no Twitter. Veja como foi o anúncio do governador:

Meio Ambiente

“O engenheiro ambiental Rafael Carvalho Ribeiro, ex-superintendente do patrimônio da União no MA, será o novo Secretário do Meio Ambiente.”

Agricultura, Pecuária e Pesca

“A advogada Fabiana Vilar Rodrigues será a nova Secretária de Agricultura, Pecuária e Pesca.”

Turismo

“O ex-Secretário de Governo da prefeitura de Caxias, Antônio José Bittencourt de Albuquerque Júnior, será o Secretário de Turismo. Na Secretaria de Cultura permanece Diego Galdino.”

Empresa Maranhense de Recursos Humanos e Negócios Públicos

“O servidor de carreira do Tribunal de Justiça, Mayco Murilo Pinheiro, será o presidente da Empresa Maranhense de Recursos Humanos e Negócios Públicos, que passa a estar vinculada à SEGOV.”

Gasmar

“O ex-deputado federal e ex-prefeito Deoclides Macedo será o presidente da Companhia Maranhense de Gás – GASMAR.”

Márcio Honaiser e Ana Mendonça são anunciados como secretários

Com os novos anúncios assumem na Assembleia Legislativa, os suplentes Ariston Sousa e Zito Rolim

O governador Flávio Dino (PCdoB) anunciou mais dois nomes que irão compor secretarias do governo do Estado. Os deputados estaduais Márcio Honaiser e Ana Mendonça foram anunciados no início da noite desta quarta-feira (21).

“O deputado estadual Márcio Honaiser será o novo Secretário de Desenvolvimento Social. E a deputada estadual Ana Mendonça será a nova Secretária de Estado da Mulher”, escreveu Flávio Dino.

Márcio Honaiser foi eleito recentemente para o cargo de deputado estadual e já exerceu a função de secretário de Agricultura no primeiro mandato do governador Flávio Dino. Já Ana Mendonça foi eleita para seu segundo mandato como deputada estadual.

Com os novos anúncios assumem na Assembleia Legislativa, os suplentes Ariston Sousa (Avante), atual vice-prefeito de Santa Rita e Zito Rolim (PDT), ex-prefeito de Codó.

O governador anunciou ainda o sociólogo Jowberth Frank como o novo Secretário de Estado do Trabalho e da Economia Solidária. O novo secretário é ligado ao Partido dos Trabalhadores.