Advogado viajou em avião próprio para defender esfaqueador de Bolsonaro

(foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press)

O advogado Zanone Manuel de Oliveira Júnior utilizou um avião particular para deixar Belo Horizonte às pressas rumo a Juiz de Fora, na Zona da Mata, para participar da defesa de Adelio Bispo de Oliveira, homem que esfaqueou o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) nessa quinta-feira.

O trajeto foi feito no dia seguinte ao ataque. Ao lado de Zanone, viajou o também advogado Fernando Costa Oliveira Magalhães. Os dois fazem parte de uma união de quatro profissionais que defendem Adelio. Completam o grupo Marcelo Manoel da Costa e Pedro Augusto de Lima Felipe e Possa, que atuam em Barbacena, na Zona da Mata, e acompanham o caso desde o início.

A defesa de Adelio é paga, de acordo com os próprios advogados, por uma congregação religiosa de Montes Claros, no Norte de Minas. O nome da igreja, entretanto, foi mantida em sigilo.

Em Juiz de Fora, os quatro advogados participaram da audiência de custódia que definiu a transferência de Adelio do Centro de Remanejamento do Sistema Prisional (Ceresp) local para uma penitenciária federal, no Mato Grosso do Sul. A defesa concordou com a decisão e argumentou que a ação do cliente se deveu ao discurso adotado por Bolsonaro.

“Vamos agora juntar alguns discursos que a vítima fez. É com base nos discursos que a gente vai trabalhar. O caso é um crime contra a segurança nacional não é a toa, porque tem cunho político. Para nós, é importante que esteja junto o que motivou essa ação. É justamente discurso contra negros, contra mulheres. Isso para nós é fundamental fazer a defesa. Nossa intenção não é absolver. Nossa intenção é explicar o motivo”, disse Zanone, em entrevista ao Estado de Minas.

Representante de Bolsonaro, o deputado federal Fernando Francischini (PSL-PR) questionou o fato de Adelio ter contratado tantos advogados particulares. “Nos chama muita atenção – e aqui eu faço o registro de que é um direito da defesa ter advogados -, mas alguém, em situação de pobreza como a gente viu, ter quatro advogados e não ter a defensoria pública acompanhando… Só aí eu deixo para vocês de que não há indícios de que não é um ‘lobo solitário’ sem estrutura financeira nenhuma”, disse, ao sair da audiência.

Uma ideia sobre “Advogado viajou em avião próprio para defender esfaqueador de Bolsonaro

  1. Quem paga esses honoráveis ADVOGADOS?????? PT……PTralhas…..??????? Ou o desempregado criminoso ?????? Mentiras…..mentiras….. é o que o PT ….PTralhas sabe fazer…….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *