Gastão Vieira assume uma vaga na Câmara dos Deputados

Com 57.864 mil votos na última eleição, Gastão Vieira volta para Brasília e promete ser um aliado das pautas de interesse do Governo do Maranhão

Com a indicação do deputado federal Rubens Pereira Jr. para a Secretaria das Cidades e Desenvolvimento Urbano e com a confirmação de Simplício Araújo na Secretaria de Indústria e Comércio, abre-se caminho para Gastão Vieira assumir uma cadeira na Câmara dos Deputados.

Ex-ministro do Turismo, ex-deputado federal e ex-presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Gastão Vieira tem uma larga experiência política.

Presidente do PROS no Maranhão, Gastão Vieira se aproximou do governador Flávio Dino quando era presidente do FNDE e caminharam juntos na eleição de 2018.

Com 57.864 mil votos na última eleição, Gastão Vieira volta para Brasília e promete ser um aliado das pautas de interesse do Governo do Maranhão.

Imagem do dia: O encontro entre Flávio Dino e o vice-presidente Hamilton Mourão

Na ocasião, o governador fez convite para o vice-presidente visitar o Maranhão e participar da próxima reunião de governadores do Nordeste

O governador Flávio Dino (PCdoB) participou de reunião com o vice-presidente, Hamilton Mourão, e equipe da Vice-Presidência da República, em Brasília.

Na pauta da reunião entre Flávio Dino e Hamilton Mourão estiveram temas relacionados com a segurança pública e a infraestrutura. O governador também fez convite para o vice-presidente conhecer o Porto do Itaqui, líder de crescimento entre os principais portos públicos do Brasil.

Flávio Dino apresentou também os dados dos investimentos feitos pelo governo do Estado na área da segurança pública. Notadamente as quase 5 mil nomeações de novos policiais, a promoção de cerca de 10 mil e a renovação de 90% da frota de viaturas das Forças de Segurança do Maranhão.

Na ocasião, o governador fez convite para o vice-presidente visitar o Maranhão e participar da próxima reunião de governadores do Nordeste, que será realizada em São Luís no final do mês de março.

Diego Galdino continua na Cultura, afirma Flávio Dino

Nas últimas semanas, boatos davam conta que Diego Galdino seria transferido para a Caema, deixando a secretaria que vem desempenhando um excelente trabalho

O governador Flávio Dino (PCdoB) deu fim aos boatos de que o atual secretário da Cultura e Turismo, Diego Galdino, deixaria a secretaria para assumir a Caema.

“Entre varios boatos, um diz que Diego Galdino sairá da Cultura. Não há qualquer previsão nesse sentido. Ele permanece e tenho certeza de que prosseguirá o trabalho sério e eficiente que vem fazendo”, escreveu o governador em sua conta no Twitter.

Nas últimas semanas, boatos davam conta que Diego Galdino seria transferido para a Caema, deixando a secretaria que vem desempenhando um excelente trabalho.

“Como já disse reiteradamente, estamos fazendo poucas mudanças na equipe, com muita tranquilidade e colhendo varias sugestões. Mas as decisões são de minha responsabilidade, exclusivamente. Quando decido mesmo, eu comunico aqui nesse espaço, como faço há varios anos”, concluiu Flávio Dino jogando uma balde de água fria nos bolões que tentam a todo custo acertar as mudanças do governo.

Ariston Ribeiro e Zito Rolim na expectativa de assumir uma vaga na Alema

Ambos os políticos foram bem votados e aguardam o anúncio de novos deputados para cargos no Governo do Estado para assumir uma vaga na Alema

A reforma administrativa iniciada pelo governador Flávio Dino (PCdoB), tem colocado muitos políticos maranhenses na expectativa de assumir uma vaga na Assembleia Legislativa do Maranhão. É o caso dos suplentes de deputado estadual Ariston Ribeiro (Avante) e Zito Rolim (PDT).

Com o retorno do deputado estadual Edivaldo Holanda, que assume pela indicação de Marcelo Tavares para a Casa Civil do Governo do Estado. Os próximos da fila são Ariston e Zito.

Ariston é vice-prefeito de Santa Rita e irmão do presidente do Avante, Hilton Gonçalo. Já Zito Rolim foi prefeito de Codó por duas vezes.

Ambos os políticos foram bem votados e aguardam o anúncio de novos deputados para cargos no Governo do Estado para assumir uma vaga na Alema.

Rogério Cafeteira comandará secretaria de Esporte, Fabiola Ewerton a AGED

Um dos anunciados foi o ex-deputado estadual, Rogério Cafeteira, que assumirá a Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Sedel)

Mais dois nomes foram apresentados na reforma administrativa anunciada pelo governador Flávio Dino (PCdoB) para o segundo mandato. Um dos anunciados foi o ex-deputado estadual, Rogério Cafeteira, que assumirá a Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Sedel).

“O economista e empresário Rogério Cafeteira, que fez um grande trabalho como líder do governo na Assembleia, será o novo secretário de Esportes”, escreveu Flávio Dino em suas redes sociais.

Outro nome anunciado foi para a Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (Aged).

“A engenheira agrônoma e especialista em tecnologia de alimentos (UFMA), fiscal agropecuário da AGED, Fabiola Ewerton Mesquita, será a nova presidente da Agência”, anunciou o governador.

Rodrigo Lago é o novo secretário de Comunicação e Assuntos Políticos

Lago exerceu nos quatro primeiros anos do governo Flávio Dino o cargo de secretário de Estado de Transparência e Controle e a Casa Civil no período eleitoral

O governador Flávio Dino (PCdoB) anunciou ainda há pouco o nome do advogado Rodrigo Lago, para assumir a Secretaria de Estado de Comunicação Social e Assuntos Políticos (Secap).

“O novo secretário de Articulação Política e Comunicação do @GovernoMA será o advogado Rodrigo Lago, atual Secretário de Transparência e Controle”, escreveu Flávio Dino.

Rodrigo Lago comentou a indicação de seu nome feita pelo governador Flávio Dino. “Muito honrado com a nova missão que assumirei no Governo do Maranhão, sob a liderança do governador Flávio Dino. Sucederei o amigo e agora deputado federal Márcio Jerry na SECAP”.

Lago exerceu nos quatro primeiros anos do governo Flávio Dino o cargo de secretário de Estado de Transparência e Controle e a Casa Civil no período eleitoral.

Estudantes em Salvador mostram que Flávio Dino é um nome forte para 2022

Principal político do PCdoB, Flávio Dino ganhou destaque por suas obras e políticas públicas à frente do Governo do Maranhão e por suas opiniões incisivas sobre a política nacional

O governador Flávio Dino (PCdoB) participou durante todo o dia de ontem (7) da 11ª Bienal dos Estudantes da UNE, na cidade de Salvador, Bahia.

Com muitos aplausos, o governador foi recebido aos gritos de “Queremos Flávio Dino presidente do Brasil!”. E essa empolgação não é novidade.

Principal político do PCdoB, Flávio Dino ganhou destaque por suas obras e políticas públicas à frente do Governo do Maranhão e por suas opiniões incisivas sobre a política nacional. Nos últimos anos, assumiu um papel de destaque e foi alçado como uma das maiores figuras da esquerda brasileira.

Flávio Dino já foi juiz federal, deputado federal, presidente da Embratur e está no segundo mandato como governador do Maranhão.

Flávio Dino comenta prisão do ex-presidente Lula “causa legítima do combate à corrupção é usada para ocultar projetos políticos”

Lula foi condenado na tarde desta quarta-feira (6), a 12 anos e 11 meses de prisão

O governador Flávio Dino (PCdoB) comentou a mais nova condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Lula foi condenado na tarde desta quarta-feira (6), a 12 anos e 11 meses de prisão no processo da Operação Lava Jato referente ao sítio Santa Bárbara, em Atibaia (SP).

“A nova condenação do presidente Lula obedece ao mesmo padrão da anterior, com “inovações” jurídicas como: mudança do tipo legal de corrupção passiva e de lavagem de dinheiro; provas são manipuladas, a exemplo de um co-réu que se “transforma” em DUAS testemunhas. Ou seja, temos mais uma peça oriunda da doutrina do Direito Penal do Inimigo, em que a causa legítima do combate à corrupção é usada para “lavar” (ocultar) projetos políticos, provados pelo engajamento em eleições e ocupação de cargos de confiança no atual Governo Federal” escreveu Flávio Dino.

O ex-presidente foi considerado culpado pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. A sentença de 287 páginas foi assinada por volta das 16h20 pela juíza federal substituta Gabriela Hardt, que conduz a Lava Jato em primeira instância em Curitiba desde a saída do ex-juiz Sergio Moro, atual ministro da Justiça e Segurança Pública do governo do presidente Jair Bolsonaro.

Em reunião em Brasília com governadores, Flávio Dino defende reformas que protejam os mais pobres

Entre as pautas da reunião, estava a reforma da previdência e a Lei Anticrime, ambas propostas pelo Governo Federal

O governador Flávio Dino participou, na manhã desta quarta-feira (6), em Brasília, da primeira reunião de Governadores do Nordeste do exercício 2019-2022. Em pauta, a reforma da previdência e a Lei Anticrime, ambas propostas pelo Governo Federal.

O governador Flávio Dino defendeu uma reforma da previdência que não onere os mais pobres. O Governo Federal discute a criação de uma contribuição extra para os trabalhadores. “No caso do Nordeste, [uma reforma que não prejudique os mais pobres] é vital não só para a sobrevivência das famílias, como também para a economia da região, dos municípios”, disse.

“O déficit tem que ser naturalmente enfrentando, mas não devem ser o mais frágeis a pagar a conta.”

Dino teceu ainda críticas pontuais ao aumento da idade mínima. “Não podemos ter uma idade mínima muito alta e também um tempo de contribuição muito grande, porque isso vai implicar que o direito sagrado à aposentadoria vai ser restringido aos mais pobres”, assegurou.

Como proposta, Dino sugere que seja criada uma contribuição em cima dos ganhos do capital, para equilibrar as contas da Previdência. “O sistema financeiro, por conta da automação, gera poucos empregos. É preciso gerar uma contribuição para compensar o fato de eles contribuírem pouco”, disse.

No que diz respeito ao projeto da Lei Anticrime, Dino acredita que legitimar violência policial pode aumentar o poder das facções criminosas. “Se você cria um ciclo de violência na sociedade e aumenta a superpopulação carcerária, você está fortalecendo as facções criminosas”, afirmou.

De acordo com o governador, é preciso ir além das medidas anunciadas no pacote. “Apresentamos já ao ministro da Justiça a necessidade de temas que vinham sendo trabalhados no governo anterior sejam melhor encaminhados, a exemplo do Fundo Único da Segurança Pública, do Sistema Único da Segurança Pública, controle de explosivos, controle do tráfico internacional de armas, fronteiras; são temas que realmente impactam no dia a dia da Segurança Pública”, afirmou.

Carta dos Governadores

A reunião deu origem à Carta dos Governadores do Nordeste, que é dirigida ao Governo Federal e ao Congresso Nacional, e será apresentada oficialmente no Fórum de Governadores do Brasil, que será no próximo dia 20.

Os governadores pedem solução imediata para o déficit de Previdência, sem impedir acesso dos mais pobres a direitos básicos; discussão aprofundada sobre segurança pública que envolva combate à facções criminosas, tráfico de armas e explosivos, além de controle maior sobre fronteiras; proposta para o Novo Fundeb; e retomada de assuntos federativos na Câmara e no Senado, como cessão onerosa, bônus de assinatura e securitização.

Reunião dos Procuradores

Paralelamente à reunião dos Governadores, os Procuradores-Gerais dos estados também estão reunidos em Brasília para discutir a criação de um Consórcio dos Estados do Nordeste, para parcerias principalmente nas áreas de segurança, infraestrutura e saúde.

Para o procurador-geral do Maranhão, Rodrigo Maia, a criação do ente jurídico traz diversos benefícios para a região, como a possibilidade de compras compartilhadas entre os estados, diminuindo o custo dos insumos.

“Vamos ganhar na escala das aquisições governamentais, podemos formatar e fomentar o desenvolvimento de políticas públicas, e também captar recursos em organismos nacionais e internacionais”, explica Rodrigo Maia.