Um momento de desespero durante manifestação de grupo de vigilantes, que cobravam salários atrasados da Prefeitura de São Luís. Eles estavam protestando e cobrando os pagamentos dos três últimos meses, quando foram ouvidos tiros. A ação foi nesta segunda-feira (4), em frente à sede da Secretaria Municipal de Educação (Semed), na Avenida Castelo Branco, no bairro São Francisco

Os trabalhadores estão lotados em escolas da rede municipal de ensino e, segundo protestaram, além dos salários, outros benefícios também estariam atrasados. Eles aguardavam presença do prefeito Eduardo Braide ou algum representante da Semed para conversarem sobre os pagamentos, mas quem apareceu foi a Polícia Militar, acionada pela Prefeitura.

Em um momento do protesto, os policiais militares dispararam para cima, o que causou grande susto em quem manifestava e também em populares que circulavam no local. Vigilantes e sindicalistas entraram em confronto com a polícia.

Ainda foram queimados pneus em trecho da Avenida Castelo Branco na tentativa de interromper o trânsito de veículos, o que deixou a via engarrafada por algum tempo.

Postagens relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.