Caso Núbia Dutra – Tiros disparados contra agressor teriam sido em legítima defesa, diz polícia

Núbia passará por cirurgia por conta dos tiros que levou

As primeiras impressões dos investigadores, que apuram o  episódio em que a primeira-dama do município de Paço do Lumiar, Núbia Dutra, foi baleada são de que o tiro disparado  contra o policial militar, que  estava em estado de embriaguez e agredindo uma mulher, foi dado em legítima defesa por um dos assessores que acompanhavam a esposa do prefeito Domingos   Dutra (PCdoB).

Ou seja, as imagens reais em poder da Delegacia de Paço do Lumiar mostram que o policial militar atirou primeiro contra Núbia Dutra que foi atingida de raspão no ombro, mãos e na face. Um dos assessores evitou o pior é  o disparou em legítima defesa, atingindo o PM que se encontra internado.

Núbia foi levada ao Hospital São Domingos, na noite desta sexta-feira (28), onde está sendo atendida.

Um vídeo, publicado em um blog, foi editado e não mostra quem iniciou o tiroteio. Quem teria atirado primeiro seria o policial militar e não o assessor de Núbia Dutra que haveria agido em legítima defesa.

O inquérito, determinado pela Secretaria de Segurança do Estado, segue e outras testemunhas vão ser ouvidas.

O episódio ocorreu no final da tarde de sexta-feira (28), na Estrada do Sítio Grande, que interliga a Estrada da Maioba ao conjunto Maiobão. Ela foi ferida nas mãos, rosto e ombros e não corre risco de morte.

A secretária estava voltando pela Estrada do Sítio Grande acompanhada por dois assessores, quando avistou um homem agredindo uma mulher. Ela pediu para parar o veículo e foi tentar acalmar o agressor e tirar a vítima do alcance dele.

No entanto, o policial militar, que apresentava sinais de embriaguez, discutiu com a primeira-dama, tendo sacado a arma e atirado várias vezes, atingindo-a. Um dos assessores teria reagido em legítima defesa e gerou o PM que também está hospitalizado.

Núbia foi socorrida e encaminhada para um hospital particular de São Luís para ser submetida a procedimento cirúrgico.

Uma ideia sobre “Caso Núbia Dutra – Tiros disparados contra agressor teriam sido em legítima defesa, diz polícia

  1. Sr. Secretario Jefferson – ninguém merece ter a vida retirada ainda que seja de forma violenta, mas a punição que o sargento Rubem Ferreira tem que merecer e voltar para academia de policia, para reaprender acertar alvos infelizmente o mesmo perdeu a pança de forma nada convencional, mas como Dutra e Núbia vão desperdiçar dinheiro publico em sua campanha para Deputado Federal está explicado seu jeito de tomar decisões como se ainda estivesse no PLP!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *