Humberto recebe abaixo-assinado que pede reabertura da agência do BB de Parnarama

Presidente da Assembleia recebeu comissão de moradores de Parnarama

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Humberto Coutinho (PDT), recebeu de uma comissão de moradores do município de Parnarama um abaixo-assinado com mais de 1.500 assinaturas pedindo a reabertura da agência do Banco do Brasil naquela cidade. “Transformaram nossa agência num posto de atendimento que não está atendendo às necessidades da população de Parnarama e do entorno e, por conta disso, estamos tendo prejuízos”, denunciou o advogado Lucas Veloso.

Vereadores, empresários, líderes comunitários, comerciantes, servidores públicos, aposentados, trabalhadores e produtores rurais do município de Parnarama disseram ao deputado Humberto Coutinho que o fechamento da agência do Banco do Brasil deixou insatisfeita a população de Parnarama e seu entorno, formado pelos municípios de Passagem Franca, Lagoa do Mato e Buriti Bravo.

“Parnarama, hoje, é uma cidade polo na região e tem uma economia local e do entorno crescente e dinâmica, geradora de uma demanda de serviços que um posto de atendimento do BB não dar conta de atender. Estamos muito insatisfeitos e viemos pedir ao presidente Humberto que interceda junto à Superintendência do Banco do Brasil no Maranhão, para fazer voltar a funcionar a agência do BB de Parnarama”, esclareceu a assistente social, Rafaela Marinho Bandeira.

COMPROMISSO DE HUMBERTO COUTINHO

Na oportunidade, Humberto Coutinho comprometeu-se em conversar com o superintendente do BB no Maranhão e discutir a possibilidade de funcionamento da agência do BB de Parnarama. “Vamos envidar todos os esforços junto à Superintendência do BB para que a essa agência volte a funcionar de maneira a atender o clamor da população daquela região, uma vez que o posto de atendimento não estar dando conta”, assinalou.

O presidente da Assembleia lembrou que, em abril deste ano, tratou de um caso semelhante a pedido de uma comissão de moradores do município de São Domingos do Maranhão.  “Conversamos com a direção do BB e conseguimos melhorar o atendimento e o banco permanecer na cidade”, frisou.