Classe política lamenta morte do ex-governador Epitácio Cafeteira nas redes sociais…

Políticos de diversos partidos se solidarizaram com a família do ex-governador e ex-senador, Epitácio Cafeteira, que faleceu neste domingo (13), em Brasília, aos 93 anos.

O governador Flávio Dino (PCdoB) usou suas redes para homenagear e se solidarizar com a família do ex-governador. Em sua mensagem, ele informou que decretou luto oficial de sete dias e as devidas honras ao ex-governador.

Em nota oficial, o governo do Estado expressou que, nesse momento de dor e perda, o Governo do Maranhão se solidariza com familiares, amigos e admiradores do ex-governador Epitácio Cafeteira, manifestando irrestrita solidariedade e desejos de consolo e conforto espiritual.

O vice-governador, Carlos Brandão (PRB), prestou seus sentimentos à família do ex-governador Cafeteira pela dor de sua perda.

O presidente estadual do PCdoB, Márcio Jerry, em nome do amigo e companheiro, Rogério Cafeteira, sobrinho do ex-governador, prestou seus pêsames a toda a família.

O deputado federal, Weverton Rocha (PDT), escreveu em suas redes que “Cafeteira era um político experiente e que deixa sua marca na história do Maranhão”.

Eliziane Gama (PPS) prestou seus sentimentos a toda a família e lembrou da trajetória política de Cafeteira que foi prefeito de São Luís, deputado federal e senador da República.

A ex-governadora Roseana Sarney (MDB) também se manifestou sobre a morte de Cafeteira e o classificou como uma grande liderança popular do nosso Estado, onde ocupou um lugar de destaque na política maranhense.

Maranhão lidera ranking em número de fraudes no Seguro-Desemprego

Sistema Antifraude do Ministério do Trabalho já impediu o pagamento de mais de 16,8 mil benefícios irregulares, gerando economia de R$ 74,1 milhões no estado

Fraudes no Seguro-Desemprego têm crescido muito no Maranhão

O Maranhão lidera o ranking dos requerimentos bloqueados pelo Ministério do Trabalho desde a entrada em operação do sistema de Detecção e Prevenção à Fraude no Seguro-Desemprego (Antifraude), em dezembro de 2016. Até abril de 2018, o Estado registrou quase 16,9 mil requerimentos bloqueados, equivalentes a R$ 74,1 milhões em fraudes.

“São recursos que pertencem aos trabalhadores e devem ser utilizados em um momento de dificuldade. Por isso, a fiscalização vai continuar para impedir a ação de criminosos no Maranhão”, afirmou o ministro do Trabalho, Helton Yomura.

A maioria dos casos foi registrada em unidades da capital maranhense, São Luís. Foram 13,5 mil fraudes bloqueadas, totalizando um valor de mais de R$ 51,1 milhões. Depois, destacaram-se os casos de Caxias, com 2,8 mil casos e fraudes de R$ 19,5 milhões; Barra do Corda, que teve 145 requerimentos bloqueados, chegando perto de R$ 947 mil; e São José de Ribamar, que em 83 fraudes bloqueadas atingiu R$ 524,7 mil.

A modalidade Emprego Formal registrou o maior valor em fraudes bloqueadas no Maranhão, chegando a R$ 33,5 milhões em mais de 6 mil casos. Os demais bloqueios foram em emprego Doméstico, com 8,2 mil fraudes, no valor de R$ 22,1 milhões, e Bolsa Qualificação, que teve 2,6 mil casos e atingiu R$ 18,4 milhões em fraudes.

Na última semana de fevereiro, uma operação baseada totalmente em dados do Antifraude cumpriu 19 mandados de prisão e 27 de busca e apreensão nas cidades de São Luís e São José de Ribamar, no Maranhão, além de dois municípios do Pará.

Antifraude Requerimentos Bloqueados – MA
CIDADE Qtde Valor Bloqueado
São Luís 13.518 R$ 51.182.916
Caxias 2.839 R$ 19.500.935
Barra do Corda 145 R$ 946.930
São José de Ribamar 83 R$ 524.712
Pedreiras 66 R$ 453.261
Presidente Dutra 60 R$ 405.639
Imperatriz 46 R$ 282.343
Balsas 44 R$ 281.090
Santa Inês 29 R$ 175.654
Codó 22 R$ 155.410
Bacabeira 19 R$ 87.621
Bacabal 18 R$ 80.099
Pinheiro 5 R$ 34.518
Acailândia 4 R$ 19.677
Estreito 1 R$ 6.575
Total 16.899 R$ 74.137.380

Modalidade Emprego – Bloqueios

Modalidade Qtde Valor
Emprego Formal 6.047 R$ 33.503.588
Doméstico 8.225 R$ 22.187.040
Bolsa Qualificação 2.625 R$ 18.439.120
Pescador 2 R$ 7.632
Total 16.899 R$ 74.137.380

Osmar Filho é o novo presidente da Câmara de São Luís…

Osmar Filho é o novo presidente e assumirá o biênio 2019-2020.

A Câmara Municipal de São Luís confirmou, na manhã desta quarta-feira (9), a nova presidência da Casa que já não era mais segredo para ninguém. Eleito com 28 votos contra 1, o vereador Osmar Filho é o novo presidente e assumirá o biênio 2019-2020.

A chapa única, intitulada Edmilson Jansen, é composta pelos vereadores Osmar Filho (presidente), Astro de Ogum (vice-presidente), Nato Júnior (segundo vice), Josué Pinheiro (terceiro vice), Chico Carvalho (secretário), Chaguinhas (segundo secretário), Beto Castro (terceiro secretário), Concita Pinto (quarta secretária) e Afonso Manoel (quinto secretário).

Na verdade, o que seria “eleição” foi um acordo entre os vereadores em torno do nome de Osmar Filho por inconveniências do ex-presidente Astro de Ogum. Houve  uma composição de interesses.

Quebra-se, aparentemente, o “monopólio” do ex-presidente Astro de Ogum que, ainda assim, continua como vice-presidente. Sinal de que as coisas não devem mudar muito na Câmara Municipal de São Luís. Quem duvida?

Roberto Rocha leva sede do PSDB para bem longe da população mais carente…

Cercado por prédios luxuosos, a nova sede do PSDB fica em uma avenida que quase não passam ônibus coletivos, para não poluir a vista dos novos tucanos.

O senador e pré-candidato ao governo do Maranhão, Roberto Rocha (PSDB), recebeu o pré-candidato à presidência da República, Geraldo Alckmin, para a inauguração da nova sede do PSDB em São Luís.
Roberto Rocha, o ex-prefeito Sebastião Madeira e o ex-governador José Reinaldo, trataram de levar a nova sede do partido para a área mais nobre da capital, o bairro da Ponta D’areia, na Península.
O bairro tem o metro quadrado mais caro de São Luís e também fica bem mais distante da população carente e de bairros mais populosos.
Cercado por prédios luxuosos, a nova sede do PSDB fica em uma avenida que quase não passam ônibus coletivos.
Recentemente, os novos tucanos iniciaram os debates para a construção do plano de governo da pré-candidatura de Roberto Rocha no escritório do senador, sem a participação de populares e com a presença de apenas “alguns intelectuais”.

Morre ex-vereador de São Luís e um dos fundadores do PDT no Maranhão

Reginaldo Teles foi redator do jornal O Combate e redator-chefe e diretor substituto no jornal O Povo (1950-1961).

Faleceu, na noite de domingo (6), o jornalista Reginaldo Telles, um dos fundadores do PDT no Maranhão. Ele tinha 92 anos, foi redator do jornal O Combate (1945-1950) e redator chefe e diretor substituto no jornal O Povo (1950-1961).

No campo da política, foi um dos fundadores do Partido Democrático Trabalhista (PDT); vereador de São Luís (1951-1955); secretário executivo do fundo de revenda do Plano de Desenvolvimento Agropecuário do Maranhão (1970-1971); assessor de Comunicação da Prefeitura de São Luís (1990-1992) e secretário-chefe de Gabinete da Vice-Prefeitura de São Luís (1993-1996).

Assembleia emitiu Nota de Pesar

A Assembleia Legislativa do Maranhão lamenta o falecimento do jornalista e advogado Reginaldo Carvalho Telles de Sousa, na noite deste domingo (6), vítima de falência múltiplas dos órgãos, aos 92 anos de idade. Ele estava internado há algumas semanas no Hospital São Domingos.

Neste momento de pesar, a Assembleia Legislativa solidariza-se com os familiares e amigos do ente querido, rogando a Deus o conforto para superar a dor desta  imensurável perda.

O velório está acontecendo na Pax União, no Centro de São Luís, e o enterro será nesta terça (8), às 10h, no cemitério do Gavião, na Madre Deus.

Reginaldo foi casado com Maria Lúcia Telles por 63 anos, teve 12 filhos, netos e bisnetos. Com um vasto currículo profissional, atuou em jornais, TV, órgãos públicos e entidades da capital. Além de jornalista e advogado, foi um dos fundadores do Partido Democrático Trabalhista (PDT) e vereador de São Luís entre 1951 e 1955.

O advogado e jornalista também era atuante na área cultural. Participou de vários festivais de poesia, música e literatura. Chegou ainda a escrever contos e poesias que foram publicados em jornais, revistas e em coletâneas.

Foi homenageado com o Troféu “Jornalista que Marcou Época” e com a Medalha “Simão Estácio da Silveira”.

Deputado Othelino Neto

Presidente da Assembleia Legislativa

Vale inicia operação da usina de pelotização em São Luís

A unidade, que teve suas atividades paralisadas em 2012, tem capacidade anual de produção de 7,5 milhões de toneladas.

A Vale retomou a operação da usina de pelotização em São Luís nesta sexta-feira (4), durante evento que marcou o início do funcionamento dos sistemas de transportadores de correia e prensa da planta.  Pelotas são pequenas bolinhas de minério de ferro usadas na fabricação do aço. Elas são feitas com uma tecnologia que utiliza os finos gerados durante a extração do minério, antes considerados resíduos.

A unidade, que teve suas atividades paralisadas em 2012, tem capacidade anual de produção de 7,5 milhões de toneladas. Com a retomada, serão gerados 370 postos de trabalho, entre próprios e terceiros, em áreas técnicas como mecânica, elétrica, eletroeletrônica, eletrotécnica, metalurgia, química e eletrônica. A usina conta com aproximadamente 59 fornecedores no processo de revitalização, dos quais 40% são formados por empresas maranhenses.

Localizada na área Itaqui-Bacanga, próxima ao Boqueirão, a pelotizadora de São Luís é a primeira da empresa construída pela Vale no Maranhão. Foi inaugurada em 26 de março de 2002, um investimento na época de US$ 408 milhões que gerou 2.500 empregos diretos e indiretos em sua construção. Em 2007, a unidade atingiu seu pico máximo de produção: 7,05 milhões de toneladas. Para a renovação da planta foram investidos US$ 104,5 milhões.

A Vale decidiu retomar a operação da usina em 2017, quando foram iniciados os estudos de viabilidade da planta.

Entre os investimentos realizados para a retomada da usina, e como parte das etapas de controle ambiental, destaca-se a instalação de medidores de gases nas chaminés, que permitirão o monitoramento e controle das emissões de gases gerados durante o processo, com o objetivo de atuar de forma rápida e preventiva. Depois de prontas, as pelotas recebem supressores de pó, uma camada de proteção formada por um composto de glicerina e água para dificultar o desprendimento de pó causado pela força do vento ou durante a movimentação das pelotas.

Considerada um marco da retomada da operação, o acionamento dos sistemas foi acompanhado pelo diretor-presidente, Fábio Schvartsman, e contou com a presença do governador do Estado do Maranhão, Flávio Dino, além de autoridades municipais e estaduais.

Presidente da Vale reconhece os êxitos do governo Flávio Dino

O governador Flávio Dino (PCdoB) participou do início da operação da usina de pelotização da mineradora Vale em São Luís. Nesta primeira fase, estão sendo gerados 370 postos de trabalho. A retomada das atividades contou com a presença do governador e do diretor-presidente da Vale, Fábio Schvartsman.

Na cerimônia, o presidente da Vale afirmou que a inauguração da Usina está acontecendo em um estado que vem sendo dirigido com mão firme e exaltou os feitos do governador Flávio Dino.

Ele ressaltou o crescimento econômico do Maranhão em 2017, o maior em todo o país, comtinou falando que a inauguração está acontecendo porque existe um quadro político estável que garante a consistência e a justiça no tratamento das empresas no estado.

O governador Flávio Dino afirmou o quanto é bom e importante para economia do Estado a retomada da pelotização, que estava interrompida desde 2012. Há um cenário internacional favorável a esse tipo de produto, o que significa crescimento das exportações, fato que é positivo para o Brasil e para o Maranhão.

Em comparação a 2014, homicídios caem 57% em abril na Grande São Luís

O número de homicídios na Grande São Luís caiu 57% em abril deste ano, comparado com o mesmo mês de 2014. Naquela ocasião, foram 69 casos contra os 30 verificados agora.

Também houve redução significativa com o mesmo mês de 2017. Nesse caso, a queda foi de 27%. Em abril do ano passado, tinham sido registrados 41 homicídios. Desde 2015, vem havendo redução ano a ano da criminalidade.

A redução da criminalidade tem acompanhado o aumento nos investimentos em Segurança Pública no Maranhão durante o Governo Flávio Dino. Entre os exemplos estão as mais de 1.000 viaturas entregues desde 2015, equipadas para chegar aos pontos de mais difícil acesso no Estado.

O Maranhão atingiu pela primeira vez a marca de 12 mil policiais em serviço. São cerca de 3.500 novas nomeações em pouco mais de três anos. Os policiais também têm sido valorizados: foram 8 mil promoções em três anos.

O Maranhão agora tem três bases do Centro Tático Aéreo (CTA) espalhadas pelo Estado: São Luís, Imperatriz e Presidente Dutra. Antes, era só na capital. Agora, são quatro helicópteros que levam rapidamente os policiais para onde for necessário em mais de 170 cidades. Isso significa uma resposta imediata ao crime. As aeronaves também fazem atendimentos médicos emergenciais.

Dino assina ordem de serviço para reforma do Socorrão 2 e confirma construção de novo hospital

Ordem de serviço foi assinada em solenidade no Palácio dos Leões

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Othelino Neto (PCdoB), participou, na noite desta quarta-feira (2), da cerimônia de assinatura da ordem de serviço, no valor de R$ 2 milhões, para realização da reforma e ampliação do Hospital Municipal Clementino Moura (Socorrão 2).  Na solenidade, o governador Flávio Dino, ao lado do prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior, secretários e de outras autoridades, também confirmou o início da construção do novo hospital de grande porte, que atenderá toda a região Metropolitana.

As obras no Hospital Socorrão 2 já começam nesta quinta-feira (3), quando secretários e empresa realizam vistoria no prédio.  “São pacientes de São Luís e de outros municípios que, mediante a união de esforços com a prefeitura de São Luís, ganham com essa reforma”, destacou o governador.

Durante a solenidade, o deputado Othelino Neto elogiou o governador Flávio Dino, afirmando que a melhoria dos serviços do Hospital Socorrão 2 acrescenta-se ao Hospital de Traumatologia e Ortopedia do Maranhão (HTO), inaugurado em outubro de 2017. Para o presidente da Assembleia Legislativa, será da maior importância para a população também a construção do Hospital da Ilha, o novo Socorrão de São Luís.

“Trata-se de um momento muito importante para a cidade de São Luís. A reforma do Socorrão 2, somada ao HTO, vai permitir ampliar muito o atendimento à população de São Luís e do interior do estado”, frisou o presidente da Assembleia que assinou a ordem de serviço como testemunha.

O Governo do Maranhão deve autorizar, nos próximos dias, o início das obras do Hospital de Urgência e Emergência da Ilha, no bairro do Turu, em São Luís. Batizado popularmente de Socorrão da Ilha, a unidade deve desafogar os Socorrões municipais.

Na solenidade, o prefeito Edivaldo destacou a parceria entre o governo e municípios que têm beneficiado a população. “O governo tem sido parceiro de todos os prefeitos, tem sido um grande amigo de São Luís e agora mais uma parceira na área da saúde e quem ganha com isso é o povo”, afirmou.

Com o aporte, haverá reabertura de 42 leitos clínicos, 10 leitos de UTI e quatro salas de cirurgia que foram fechados por problemas de infraestrutura. “Será um novo hospital, que não apenas vai nos permitir oferecer um atendimento melhor e de mais qualidade como vai ampliar os atendimentos atuais que são de 4.500 por mês para cerca de 5.500”, explicou o secretário municipal de Saúde, Lula Filho.

O secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, destacou a rede de saúde estruturada pelo Governo do Maranhão, presente com hospitais regionais e no apoio aos municípios. “Ampliamos de dois hospitais regionais para sete, reformamos o Hospital de Presidente Dutra que já existia e fornecemos apoio a diversos serviços de saúde, por meio de convênios, parcerias que atendem a praticamente todos os 217 municípios”, explicou.