Lobão faz campanha em mais seis municípios

Edison Lobão agradeceu ao apoio em todos os lugares percorridos

Em uma maratona de visitas, o senador Edison Lobão mostrou determinação e entusiasmo com sua popularidade entre os eleitores, em seis municípios, com grande carinho da população e reconhecimento por seus trabalhos prestados, durante 40 anos dedicados ao povo. Ele agradeceu ao apoio em todos os lugares percorridos.

O dia começou com lideranças políticas em reunião seguida de café da manhã em Santa Inês. Logo seguiram para Santa Luzia do Tide, onde percorreram a rua do comércio em uma grande caminhada. Já em Arame, a cidade compareceu de forma surpreendente debaixo de sol quente, mas escutando atentamente as propostas da chapa majoritária da coligação “Maranhão quer mais”.

Destaque

O senador foi “Destaque Parlamentar – 2017”, pelo Prêmio da Confederação Nacional dos Municípios. Lobão ficou com a primeira posição no ranking Observatório Político do Estado do Maranhão no ano de 2017 por sua atuação em favor dos municípios maranhenses e todo o Brasil.

“Esse é o Destaque Parlamentar, um prêmio de agradecimento por tudo que o senhor tem feito pelo municipalismo brasileiro. O senhor é destaque, em primeiro lugar no Maranhão e em uma das primeiras posições no país, que mais tem beneficiado os municípios brasileiros. Esse é um reconhecimento por toda a sua atuação no Congresso Nacional”, declarou André Felipe, assessor parlamentar da Confederação e representante do presidente, Paulo Ziulkoski.

Lobão agradeceu o prêmio e lembrou que sempre lutou pelos interesses dos municípios maranhenses e melhoria da qualidade de vida em todo o Brasil.

“Agradeço a Confederação Nacional dos Municípios por esse importante prêmio, que é um reconhecimento do meu empenho em favor dos municípios do Brasil, mas fundamentalmente, do Estado do Maranhão”, declarou Lobão.

Lobão mostra elogio de Lula no programa eleitoral

Com a imagem de Lula em sua campanha, Lobão, certamente, mantém seu favoritismo na corrida ao Senado Federal

O senador Edison Lobão (MDB) mostrou, em sua propaganda eleitoral desta sexta-feira (14), uma fala do ex-presidente Lula (PT), que reconhece o trabalho que ele desenvolveu no Ministério das Minas e Energias, quando foi responsável por levar energia a milhões de maranhenses e brasileiros que viviam no escuro.

Edison Lobão foi homem forte de Lula e responsável pela reestruturação do setor energético, após longos anos de instabilidade e constantes apagões que amedrontaram o povo brasileiro.

“Eu quero dizer de público, Lobão, que foi um orgulho para mim, ter você, como ministro de Minas e Energias”, declarou o ex-presidente Lula.

Com a imagem de Lula em sua campanha, Lobão, certamente, mantém seu favoritismo na corrida ao Senado Federal.

Lobão coloca-se como um dos responsáveis pela aprovação do voto aos 16 anos

Poder votar foi um sonho dos jovens nos anos 1980

O senador Edison Lobão (MDB) participou do comício de inauguração do comitê do deputado estadual Roberto Costa, no bairro de Santa Bárbara, em São Luís, no último domingo (9). Em meio aos jovens, ele relembrou que votou a favor da lei que estabelece o voto facultativo a eles a partir dos 16 anos.

“Em 1991, o João Alberto chegou pra mim e disse: Lobão você deve levar com você, em suas viagens ao interior, sempre, um jovem. E indicou um jovem. Quem era este jovem que me acompanhava nas viagens? Roberto Costa, um jovem de 17 anos que andava comigo no interio, e agora, está fazendo jus à vida política, dando voz ao povo em nosso Estado”, relembrou Lobão, ao lado de lideranças locais para destacar o hoje deputado.

Poder votar foi um sonho dos jovens nos anos 1980. Depois de pressionar a sociedade e parlamentares, articulados em entidades como a União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES) e a União Brasileira dos Estudantes (UNE), a conquista veio com uma emenda aprovada pelos deputados constituintes com 355 votos, ante 98 contrários e 38 abstenções.

Após décadas de ditadura militar, a Assembleia Constituinte era formada por parlamentares escolhidos, especialmente, para criar a nova Constituição Brasileira, esta que vale até hoje, chamada “Constituição Cidadã”.

O voto é obrigatório para os adultos a partir de 18 anos e facultativo para cidadãos a partir de 16 anos e acima de 70. Dando oportunidade para que os jovens possam participar das decisões políticas, elegendo seus representantes para tomar as decisões apropriadas para o Brasil.

Nos próximos 35 dias, candidatos terão a oportunidade de mostrar suas propostas na TV e no rádio

Neste ano, o período de campanha eleitoral gratuita, no rádio e na TV durará apenas 35 dias, terminando em 4 de outubro, última quinta-feira antes da eleição

O período de campanha eleitoral gratuita no rádio e na televisão começou hoje, sexta-feira (31), com os programas dos candidatos aos governos estaduais, ao Senado e ao mandato de deputado estadual. Eles também poderão exibir suas propagandas às segundas e quartas-feiras.

No rádio, a propaganda começa as 7h e terá duração de 25 minutos. O segundo bloco terá início ao meio-dia. Na televisão, também serão dois blocos de campanha eleitoral, diariamente, um às 13h e outro às 20h30.

Terças, quintas e sábados são os dias dos candidatos à presidência da República exibirem seus programas eleitorais no rádio e na televisão. Os 13 presidenciáveis vão dividir dois blocos de 12 minutos e 30 segundos a cada dia de veiculação. Os candidatos ao cargo de deputado federal também terão espaço de propaganda às terças, quintas e sábados, logo após os presidenciáveis.

Neste ano, o período de campanha eleitoral gratuita, no rádio e na TV durará apenas 35 dias, terminando em 4 de outubro, última quinta-feira antes da eleição.

Veja na íntegra o primeiro programa de Weverton senador

O horário eleitoral gratuito começa nesta sexta-feira, 31. Na TV, os programas serão exibidos das 13h às 13h25 e das 20h30 às 20h55. Já no rádio, os horários serão das 7h às 7h25 e 12h às 12h25.

Ao todo, serão 35 dias de propaganda no Rádio e na TV, sempre de segunda à sábado. Sendo segunda, quarta e sexta os horários destinados para as campanhas de governador, senador e deputado estadual. E terça, quinta e sábado para presidente e deputado federal.

Edison Lobão é o primeiro candidato a senador com a candidatura deferida

As informações constam no site DivulgaCand do Tribunal Superior Eleitoral

O senador Edison Lobão (MDB), candidato à reeleição, foi o primeiro a ter seu registro de candidatura deferida pelo Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão e está oficialmente na disputa.

As informações constam no site DivulgaCand do Tribunal Superior Eleitoral.

Edison Lobão, que já foi ministro de Minas e Energia nos governo Lula e Dilma, concorre à reeleição e aparece em primeiro lugar nas pesquisas Ibope e Exata, registradas até o momento na Justiça Eleitoral.

Lobão troca suplente de sua chapa

Em seu lugar, ficará Antônio Leite, presidente do MDB em Imperatriz

O senador Edison Lobão (MDB), candidato à reeleição, trocou o segundo suplente de sua chapa.

O empresário e ex-prefeito de São Francisco do Brejão, Francisco Santos Soares, conhecido por “Franciscano”, alegou problemas particulares e anunciou que não poderia disputar a eleição ao lado de Lobão.

Em seu lugar, ficará Antônio Leite, presidente do MDB em Imperatriz.

A primeira suplência continua com Edinho Lobão, que já ocupou mandato de senador nos anos em que seu pai assumiu o Ministério de Minas e Energia.

Senador pede desculpas públicas às mulheres por postagem desrespeitosa em grupo de WhatsApp

Screenshot_2015-12-28-12-41-56

Após post do blog intitulado “Roberto Rocha deve desculpas à mulher brasileira e não apenas a um grupo de WhatsApp…”, o senador maranhenses,  Roberto Rocha ( PSB), veio a público, nesta segunda-feira ( 28), por meio de nota e do seu perfil no Facebook, pedir desculpas por ter disparado, segundo ele por erro, um meme desrespeitoso de uma mulher nua com as pernas abertas para dar “bom dia” em um grupo de WhatsApp do município de Santa Luzia do Tide.

O ocorrido repercutiu negativamente no whatsApp, em blogs e nas redes sociais de um modo geral. Provocou diversas críticas e reações.

“Lamento profundamente por esse engano, ofensivo às mulheres e a todos que querem uma sociedade livre de expressões de sexismo. A postagem não reflete os valores que professo e o uso interativo que privilegio nas redes sociais”, disse o senador na nota pública.

Acho que as desculpas deveriam ter sido extensivas à família brasileira, que também foi agredida, por conta do cargo público que o senador ocupa. Mas, de toda forma,  o pedido de desculpas públicas tornou o ocorrido, digamos, menos feio. É digno reconhecer erros. É grandeza pedir perdão.

NOTA DE ROBERTO ROCHA*
Venho pedir desculpas públicas às mulheres por um erro, inteiramente não intencional, que cometi ao fazer uso das redes sociais no último dia 26 de dezembro.
Recebo centenas de imagens diariamente. Inadvertidamente, ao invés de apagar a imagem em questão, reenviei para um grupo que tinha me adicionado recentemente. Imediatamente pedi desculpas pelo equívoco, e saí do grupo.
Todos os dias recebo dezenas de convites para entrar em grupos, mas infelizmente é inviável aceitar todos os pedidos. As ações de administração que eu e minha equipe precisamos fazer diariamente relativas a esses convites e outras interações nas redes sociais estão sujeitas a erros.
Lamento profundamente por esse engano, ofensivo às mulheres e a todos que querem uma sociedade livre de expressões de sexismo. A postagem não reflete os valores que professo e o uso interativo que privilegio nas redes sociais.
*Nota do senador Roberto Rocha sobre o episódio da imagem enviada equivocadamente para um grupo de WhatsApp

E o Roberto Rocha “rachou” mesmo…

Roberto Rocha está se aproximando de figuras históricas do grupo Sarney

Roberto Rocha está se aproximando de figuras históricas do grupo Sarney

O senador Roberto Rocha (PSB), autointitulado “Asa de Avião”, está, cada vez mais, afastado do grupo Flávio Dino (PCdoB) pelo qual se elegeu no pleito passado. Neste final de semana, ele apareceu de braços dados com o pré-candidato a prefeito, ex-prefeito Ildon Marques (PMN), em Imperatriz, durante inauguração do Diretório Municipal do partido, e causou constrangimento a membros do PSB na região tocantina.

Pessebistas  presentes não gostaram nada do que viram e teriam repreendido os dois, pois entendem que a sigla está alinhada ao grupo Flávio Dino e que Ildon representa o grupo Sarney na região tocantina, que tende a ser o principal adversário da pedetista Rosângela Curado. Sobre essa aproximação, o senador disse, na ocasião, que “não se faz política olhando pelo retrovisor”.

Roberto Rocha não anda em boa fase com a militância do partido. Em São Luís, durante a convenção estadual, o senador foi vaiado ao se auto lançar candidato a prefeito de São Luís sem discutir a questão internamente, já que a sigla tem simpatia pelo secretário estadual Bira do Pindaré.

Roberto X Flávio Dino

Nos bastidores políticos, circulam informações de que Roberto Rocha tem soltado o verbo (falado mal) em relação ao governador Flávio Dino, em rodas de conversas, sem pedir segredo para ninguém.

Em São Luís, Roberto Rocha já se declarou adversário do atual prefeito Edivaldo Holanda Júnior  (PDT) pelas críticas que vem fazendo, abertamente, ao ex-aliado de quem foi vice. Isso evidencia que o senador está mesmo “rachando” o grupo.