PCdoB manterá aliança com Edivaldo Jr por coerência, diz Márcio Jerry

Na entrevista, Jerry pontuou que os partidos que compõem a base do governo entendem, perfeitamente, a posição do PCdoB por uma questão lógica

Na entrevista, Jerry pontuou que os partidos que compõem a base do governo entendem, perfeitamente, a posição do PCdoB por uma questão lógica

O secretário estadual de Comunicação e Assuntos Políticos e presidente do PCdoB no Maranhão, Márcio Jerry, reafirmou, durante entrevista concedida no fim de semana, que o governador do Maranhão, Flávio Dino, não participará do processo eleitoral em São Luís. O partido, no entanto, manterá a aliança com o atual prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Jr, por coerência.

“O PCdoB ajudou a eleger o prefeito Edivaldo Holanda Junior, foi uma peça fundamental para elegê-lo. O PCdoB integra o governo Edivaldo Holanda Junior e, nada mais lógico, que o PCdoB apoiar a reeleição dele”, disse Jerry.

A posição política do PCdoB reflete o protagonismo que o partido passou a ter na política maranhense desde 2008, quando Flávio Dino se candidatou, pela primeira vez, à Prefeitura de São Luís, conseguindo chegar ao segundo turno.

Desde então, a trajetória partidária dos comunistas do Maranhão pautou-se pela lealdade e cumprimento de acordos, a maioria deles costurados diretamente por Jerry.

Na entrevista, Jerry pontuou que os partidos que compõem a base do governo entendem, perfeitamente, a posição do PCdoB por uma questão lógica: “O PCdoB integra o governo Edivaldo Holanda Junior e, nada mais lógico o partido apoiar a reeleição dele. Isso já foi dito por mim e pelo governador Flávio Dino a todos os nossos aliados, e ninguém contesta isso, pois acham que não fazer assim seria um ato extremamente incoerente. Como um partido ajudou eleger, integrou o governo e agora, no último ano de governo, rompe de última hora?! Não há como fazer isso. E o PCdoB estará ao lado de Edivaldo Holanda Junior”, disse.

O PCdoB adotará a mesma postura de respeito aos partidos da base nos demais municípios. Jerry comentou a situação das demais cidades da região metropolitana. Exemplo da costura política que leva em conta a lealdade e a coerência é o caso de São José de Ribamar.

“Em Ribamar nós temos quatro aliados importantes. O Arnaldo Colaço, que é pré-candidato do PSB, nosso aliado e companheiro. Temos o PCdoB, que não tem, digamos assim, uma expressividade, mas é um partido antigo na cidade, que precisa ser ouvido e respeitado. Nós temos o Luís Fernando, do PSDB, que é uma pessoa que nós temos uma proximidade muito grande, e o Gil Cutrim, que é do PDT, e também está no nosso campo de alianças. Nós vamos conversar para encontrar um caminho de construir uma unidade. Apesar das notas em jornais e blogs de diferenças insanáveis e intransponíveis entre o Gil e o Luís Fernando, eu não creio nisso,” analisou.

Polícia Civil divulga novo retrato do suspeito de raptar e abusar de menina em São Luís

policia civil

A Polícia Civil, por meio da Superintendência da Polícia Civil da Capital (SPCC), divulgou, na tarde desta segunda-feira (25), o retrato falado do suspeito de raptar e abusar de uma criança de 9 anos de idade, no dia (13) deste mês, no bairro Cohatrac, em São Luís.

De acordo com o delegado Armando Pacheco, superintendente da SPCC, a nova foto do suspeito foi baseada no depoimento de três novas testemunhas que o avistaram por várias vezes nas proximidades do bairro onde a vítima reside.

O retrato falado revela que o acusado é um homem de cor morena escura, com idade entre 40 e 45 anos, com altura aproximada de 1,70m. Além de duas tatuagens no corpo, sendo a letra “F” no ombro esquerdo e uma frase no braço direito e marca de brinco.

As investigações estão sendo comandadas pelo delegado Arthur Benazzi, da SPCC, e ele solicita a quem tiver informações sobre o acusado ligar para o Disque Denúncia (190) ou procurar uma delegacia mais próxima, tendo a garantia do anonimato.

Governadores do Maranhão, Piauí e Ceará assinam contrato para retomada da Rota das Emoções

Flávio Dino receberá governadores no Palácio dos Leões

Flávio Dino receberá governadores no Palácio dos Leões

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), recebe, na manhã desta terça-feira (26), os governadores do Ceará, Camilo Sobreiro, e do Piauí, Wellington Dias, para oficializar a retomada da Rota das Emoções. No encontro, será assinado o contrato de rateio para a reativação da Agência de Desenvolvimento Regional Sustentável (ADRS). A entidade, que é um consórcio público entre os três estados, foi criada para desenvolver o turismo da Rota das Emoções.

A ADRS é responsável pela promoção e apoio à comercialização de produtos turísticos, pela qualificação da mão de obra do setor e pelo fortalecimento entre os 14 municípios dos estados do Maranhão, Ceará e Piauí que integram a Rota das Emoções.

A assinatura do contrato é o resultado das discussões iniciadas durante o Salão da Rota das Emoções, em Jericoacoara (CE), realizado em 2015. Em setembro, o Maranhão sediou o encontro de apresentação do novo plano de ação da agência, que é um braço executivo do Consórcio Público do Norte dos Estados do Maranhão, Piauí e Ceará, criado em 2007.

Assim que iniciou, a atual gestão do Governo do Estado dedicou-se para reestabelecer a Rota e, pensando nisto, investiu em infraestrutura que beneficiará o destino turistico, através da construção da estrada que ligará Paulino Neves a Barreirinhas. A obra, iniciada em outubro e em ritmo acelerado, integrará as cidades por meio da rodovia, e desta forma, impulsionando o turismo brasileiro.

Rota no Maranhão

Quatorze municípios do Maranhão, Piauí e Ceará integram a Rota das Emoções. No Maranhão, estão inseridos os municípios de Barreirinhas, Paulino Neves, Araioses, Tutóia e Santo Amaro. No Piauí, envolve os municípios de Ilha Grande, Parnaíba, Luís Correia e Cajueiro da Prata. E no Ceará, Barroquinha, Camocim, Chaval, Cruz e Jijoca de Jericoacoara.