Bolsonaro recebe partidos que representam metade da bancada maranhense

A maioria dos partidos é favorável à reforma, mas defende alterações

Em busca de votos para aprovar no Congresso Nacional a proposta de emenda à Constituição (PEC) da reforma da Previdência, o presidente Jair Bolsonaro voltou a receber, no Palácio do Planalto, dirigentes partidários. A maioria dos partidos é favorável à reforma, mas defende alterações.

Na semana passada, o presidente recebeu líderes partidários do PRB, PSD, PP, PSDB, DEM e MDB. Na terça (9), ele esteve com dirigentes do PR e do Solidariedade. Hoje, foi a vez do PSL, Podemos, Novo, Avante e PSC. Os partidos representam metade da bancada maranhense em Brasília.

Após convite de Zé Inácio, alunos do Iema visitam Assembleia Legislativa

O presidente da Alema, deputado Othelino Neto (PCdoB), e os deputados Fernando Pessoa (Solidariedade) e Wellington do Curso (PSDB) também recepcionaram os estudantes

Estudantes do 2º Ano Técnico em Portos do Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhã (IEMA), unidade Itaqui-Bacanga, visitaram as instalações da Assembleia Legislativa, na manhã desta terça-feira (9). O convite para a visita foi feito pelo deputado Zé Inácio (PT), que recebeu os alunos para um bate-papo na Sala das Comissões. O presidente da Alema, deputado Othelino Neto (PCdoB), e os deputados Fernando Pessoa (Solidariedade) e Wellington do Curso (PSDB) também recepcionaram os estudantes.

Othelino Neto avaliou que é fundamental que os estudantes conheçam as dependências do Parlamento Estadual, o seu funcionamento e saibam a importância do Poder Legislativo para a democracia. “No momento da história onde, infelizmente, muitas das instituições estão sendo questionadas, é considerável que os estudantes reconheçam a importância do Poder Legislativo”, contou.

Por sua vez, o deputado Zé Inácio disse que a visita é oportuna, na medida que eles têm a oportunidade de conhecer, de perto, a rotina dos parlamentares. “Na prática, eles entendem melhor o processo legislativo, bem como os trâmites de votação e aprovação de Projetos de Lei, Indicações e Requerimentos”.

Acompanhados dos professores, os estudantes puderam conhecer o Salão Nobre e a Galeria dos Ex-Presidentes. De lá, foram para a Sala das Comissões e assistiram a um vídeo institucional sobre a Assembleia Legislativa e tiveram uma conversa com o consultor legislativo da Casa, Anderson Rocha. Depois seguiram para o Plenário Nagib Haickel, onde os 42 deputados reúnem-se para debater e votar projetos de interesse da população, e acompanharam a sessão plenária.

PSDB pode mudar de nome


O “novo” PSDB, segundo esse auxiliar, abandonará de vez a “centro-esquerda e será apenas de centro”

Estadão

O governador de São Paulo, João Doria, finaliza com aliados, segundo apurou a Coluna, um plano de reconstrução do PSDB após o fracasso do partido na disputa pela Presidência. Uma ampla pesquisa nacional, em meados deste ano, descobrirá o que os brasileiros pensam dos tucanos. Do resultado, dependerão a mudança do nome, Partido da Social Democracia Brasileira, e uma fusão com outras siglas. A um interlocutor, Doria pregou o dever de o “novo” PSDB ser duro com os extremos, “à direita e à esquerda”, em busca de diálogo com a sociedade.

No radar dos tucanos, o parceiro mais cobiçado é o DEM. A fusão é tratada como uma possibilidade grande e real, para dar musculatura ao partido, diz um auxiliar de João Doria.

O “novo” PSDB, segundo esse auxiliar, abandonará de vez a “centro-esquerda e será apenas de centro”, com um forte programa liberal na economia e pautas e bandeiras mais jovens e “digitais”.

Investimento de R$ 214 milhões no Porto do Itaqui prevê geração de 700 empregos


O Porto do Itaqui é servido por uma malha composta por três ferrovias que ligam a fábrica, em Imperatriz, na região sul do Maranhão, até a beira do cais. O projeto de terminal dedicado à celulose prevê ainda a construção de um armazém com capacidade para 1,5 milhões de toneladas do produto.

Foi assinado o contrato de arrendamento do terminal IQI 18, da Suzano Papel e Celulose, no Porto do Itaqui, em São Luís. O contrato entre a Suzano e o Porto do Itaqui foi assinado pelo ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, pelo presidente do Porto Itaqui, Ted Lago, e pelo diretor de Logística da empresa, Wellington Giacomin.

O total de investimentos no Itaqui é de R$ 214,873 milhões ao longo de 25 anos, prazo que poderá ser prorrogado por até 70 anos. Está prevista ainda a construção de um desvio ferroviário e do acesso marítimo. O terminal dedicado à celulose consolidará a exportação deste produto pelo Itaqui e impulsionará a economia do Maranhão. A estimativa do consórcio é de que sejam gerados 700 postos de trabalho no pico da obra e 85% dessa mão de obra deverá ser contratada na região.

Ministro Gustavo Canuto promete à Famem auxílio para mais de 140 mil desabrigados pelas enchentes

O presidente da Famem, Erlanio ressaltou o número elevado de pessoas afetadas com as enchentes no estado

O ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, se comprometeu em visitar as cidades atingidas pelas enchentes no Maranhão. Canuto comunicou a decisão ao presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão, Famem, Erlanio Xavier, e ao vice-governador do Estado, Carlos Brandão, durante reunião no dia de ontem (9) em Brasília com prefeitos, a bancada federal e deputados estaduais maranhenses.

“Não há bandeiras, partidos, mas o compromisso de auxiliar pessoas atingidas pelas enchentes e alagamentos”, afirmou Canuto na reunião realizada como parte da agenda da Famem na  XXII Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios que se estende até dia 11, com participação histórica de 171 prefeitos maranhenses. Canuto orientou os gestores municipais sobre os procedimentos necessários para intervenção do governo federal em cenários de crise, além de se comprometer a alocar recursos para ajudar pessoas. O ministro garantiu ainda que uma equipe de engenheiros da  ANA, Agência Nacional de Águas, deverá fiscalizar in loco a situação das barragens para garantir segurança aos empreendimentos no Estado.

O presidente da Famem, Erlanio ressaltou o número elevado de pessoas afetadas com as enchentes no estado. Segundo informou o prefeito de Igarapé Grande, mais de 134 mil pessoas no Maranhão foram afetadas até o momento pelas inundações. “É uma situação de gravidade. Ainda mais considerando que os municípios enfrentam uma escassez de recursos que não permite um atendimento humanitário, condigno a essas pessoas. Estamos apelando ao governo federal para colaborar com os prefeitos para mitigar o sofrimento dessas populações”, enfatizou Erlanio.

Preço do gás deve cair 50% em dois anos, afirma Paulo Guedes

Segundo o Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Gás Liquefeito de Petróleo (Sindigas), seis empresas respondem por quase 90% do mercado de distribuição

Estadão

O ministro da Economia, Paulo Guedes, prometeu que, em dois anos, o preço do gás de cozinha vai cair pela metade. Para isso, segundo ele, é preciso acabar com o “monopólio” do refino de petróleo, hoje nas mãos da Petrobrás, e no setor de distribuição.

“Vamos quebrar monopólio e baixar preço do gás e do petróleo com competição e redução da roubalheira”, disse Guedes na manhã de terça-feira, 9, na Marcha dos Prefeitos, em Brasília. “O botijão de gás chegará à casa do brasileiro com a metade do preço daqui a dois anos. Hoje o gás no Brasil é mais caro do que nos países que não têm gás por conta de monopólio”, acrescentou.

Segundo o Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Gás Liquefeito de Petróleo (Sindigas), seis empresas respondem por quase 90% do mercado de distribuição. De acordo com o ministro, o preço no Brasil do chamado BTU (unidade de medida do gás), é de US$ 12. Nos EUA, que têm produção de gás própria, o preço é de US$ 3. Já em países que não produzem e importam do mercado russo, como Japão e na Europa, é de US$ 7.

Edivaldo promove duas mudanças em seu secretariado

Ivaldo Rodrigues volta a atuar nas ações municipais voltados à agricultura, além de continuar no comando da Feirinha São Luís

O prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Jr. (PDT), promoveu duas mudanças em seu secretariado. Após nove meses longe da Secretaria de Agricultura, Pesca e Abastecimento, o vereador Ivaldo Rodrigues (PDT) está de volta à pasta.

O petista Nonato Chocolate assume a Secretaria de Representação Parlamentar, que atua na relação entre o Executivo e o parlamento.

Ivaldo Rodrigues volta a atuar nas ações municipais voltados à agricultura, além de continuar no comando da Feirinha São Luís, uma das melhores ações da Prefeitura de São Luís.