Oposição bate forte na crise da Segurança Pública no Maranhão

Oposição cobrou soluções para a crise no Sistema de Segurança Pública
Oposição cobrou soluções para a crise no Sistema de Segurança Pública

Os deputados Othelino Neto (PCdoB), Bira do Pindaré (PSB), Marcelo Tavares (PSB), Rubens Júnior (PCdoB), Raimundo Cutrim (PCdoB) e Eliziane Gama (PPS), todos da Bancada de Oposição, bateram forte, na sessão desta segunda-feira (11), nos episódios de violência registrados nos últimos dias e que resultaram na morte de um policial, atentados a trailers da Polícia Militar e queima de ônibus em São Luís.

A oposição cobrou ações por parte do governo do Estado para resolver os problemas na área da Segurança e criticou a atuação do secretário Aluísio Mendes e os cortes no orçamento para o próximo ano.

Quem primeiro tratou do assunto foi o deputado Othelino Neto (PCdoB), que classificou de absoluta incompetência do Poder Executivo estadual a falta de segurança à sociedade maranhense. “Agora chegamos ao absurdo dos bandidos, além de assaltarem e de matarem civis, estarem também, de forma descarada, atentando contra a vida dos policias militares. Os bandidos não respeitam mais nem a polícia”, disse.

Othelino cobrou também um posicionamento da governadora Roseana Sarney. “Será que definitivamente ela largou isso de mão e disse que não é problema dela? Afinal de contas quem foi que prometeu que o maranhense iria poder dormir de portas abertas? Foi a governadora, a mesma governadora que trata este grave problema, que tira a tranquilidade dos maranhenses, com essa frieza”, analisou.

Sem credibilidade 

Marcelo Tavares fez críticas nas mesma linha e cobrou posicionamento da governadora.  Raimundo Cutrim, ao abordar o assunto, assegurou que “a tendência é piorar” e sugeriu que Roseana Sarney acompanhe os comentários nos blogs sobre os casos na área de segurança, mostrando que a população está entregue à própria sorte e o secretário não tem credibilidade.

Eliziane Gama (PPS) foi outra que disse que a situação da violência deve piorar no Estado. “Se não houver uma decisão política do governo, infelizmente, a situação de instabilidade da Segurança vai ficar aumentando a cada dia”, disse.

Homicídios e corte no orçamento 

O último deputado da oposição a fazer críticas ao Sistema de Segurança foi Bira do Pindaré (PSB). Disse que mataram mais 26 pessoas na Ilha de São Luís, só nos oito primeiros dias desse mês, e, com os casos mais recentes, o índice chega à casa dos 30.

A oposição criticou, ainda, corte no orçamento e disseram que, para piorar o quadro, R$ 20 milhões foram devolvidos porque o governo do Estado não apresentou os documentos necessários para garantir o investimento deles no melhoramento da Gestão Penitenciaria do Estado.

Postagens relacionadas

7 thoughts on “Oposição bate forte na crise da Segurança Pública no Maranhão

  1. Cara amiga Sílvia,a situação do MA é alarmante e está passando por momentos caóticos em geral.Essas desordens chegaram a efeitos catastróficos que de certa forma,parecem intransponíveis e não tem ninguém para resolver o caos nesse estado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.