Educação é pauta em evento da Famem e Undime, Othelino defende mais debates sobre o tema

Prefeitos, vereadores, secretários, dirigentes municipais, coordenadores, professores e técnicos da área de Educação também participam das discussões

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), defendeu a discussão de itens importantes, em tramitação no Congresso Nacional, que podem afetar o ensino público, durante abertura do Encontro Estadual da Educação, realizado, nesta quinta-feira (21), em Barra do Corda, realizado pela Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem), em parceria com União dos Dirigentes Municipais da Educação (UNDIME).

“O momento é oportuno mobilizar prefeitos e secretários para discutirem propostas, que tramitam na Câmara e Senado, que podem retirar recursos da educação, que é muito grave. Então, é preciso que dialoguem com nossos senadores e deputados federais, para que fiquem atentos à proposta de extinção dos municípios, assim como a de fusão de recursos da educação com os recursos da saúde”, acentuou Othelino.

O chefe do Legislativo Estadual enfatizou, ainda a importância da união de entidades para tratar de educação. “Não podemos pensar em um país mais justo se não for investindo em educação, por isso, é fundamental mesmo que se unam para discutir o ensino fundamental, analisando as dificuldades enfrentadas, afinal, esta é a base de todo processo educacional. Eventos como esse fortalecem o ensino público”, acrescentou o parlamentar.

Na abertura, o prefeito de Barra do Corda e presidente interino da Famem, Eric Costa, falou dos próximos passos. Estamos tratando de estratégias para melhorar todo o nosso sistema de educação. Daqui se gerará uma nova discussão, onde iremos tratar com a bancada maranhense, na Câmara Federal, Senado, Governo do Estado e Federal, para que possamos, sempre juntos, de, procurar benefícios e melhorar os índices da educação no Maranhão”, destacou.

Os deputados estaduais Fernando Pessoa (SD) e Ciro Neto (PP), presentes no evento, garantiram que a temática será levada ao Parlamento Estadual. “Interagirmos com gestores de educação, prefeitos, secretários e técnicos da área de educação para uma troca de experiências e nessa processo discutimos erros, acertos e o que podemos melhorar. É um debate que pode, inclusive, gerar projetos de lei para ajudar no desenvolvimento da educação do nosso estado”, enfatizou Ciro.

Presidente interino da Famem se posiciona contrário à extinção de municípios

Eric Costa esclareceu que ao propor a extinção de municípios a PEC do Pacto Federativo comete equívocos que refletirão na qualidade de vida da população

O presidente interino da Famem, Eric Costa, se posicionou contrário à Proposto de Emenda Constitucional do Pacto Federativo que prevê a extinção de municípios com até 5 mil habitantes que não comprovarem sustentabilidade financeira. Eric Costa manifestou o posicionamento da entidade nesta quinta-feira (7) durante entrevista ao Sistema Mirante de Comunicação na qual comentou alguns aspectos do pacto encaminhado pelo Governo Federal.

Segundo levantamento da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão, no estado quatro municípios podem estar na relação destas unidades atingidas pela proposta: São Pedro dos Crentes, Nova Iorque, São Fêlix de Balsas e Junco do Maranhão.  

Segundo a estimativa do IBGE , em 2018 estes municípios juntos contavam com uma população de 17.368 habitantes, com renda corrente líquida de pouco mais de R$ 63 milhões Os municípios alcançados pela PEC têm até o dia 30 de junho de 2023 para comprovar a sustentabilidade financeira.

Eric Costa esclareceu que ao propor a extinção de municípios a PEC do Pacto Federativo comete equívocos que refletirão na qualidade de vida da população. A extinção dos municípios está prevista pela inclusão do artigo 115 aos Atos das Disposições Constitucionais Transitórias.

O prefeito Eric Costa falou ainda sobre alguns projetos que deve dinamizar durante o período que responderá pela presidente a Famem. Disse ainda que a entidade tem como principal diretriz a qualificação dos gestores e seu corpo auxiliar. “Essa semana entramos em contato com o ministro Raimundo Carreiro, do TCU, e estreitamos as relações com a CGU, Ministério Público do Estado e Tribunal de Contas do Estado, para que a gente faça um trabalho preventivo qualificar a mão de obra de toda equipe técnica nas gestões municipais”, afirmou o presidente interino da Famem.

Eric Costa assume presidência da Famem por 40 dias

Primeiro vice-presidente da entidade, Eric assume interinamente o posto do presidente e prefeito de Igarapé Grande, Erlanio Xavier

O prefeito de Barra do Corda, Eric Costa, assume a presidência da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão, Famem (Famem).

Primeiro vice-presidente da entidade, Eric assume interinamente o posto do presidente e prefeito de Igarapé Grande, Erlanio Xavier, licenciado para tratamento de saúde, durante os próximos 40 dias.

Na resolução que dispõe sobre o licenciamento do cargo e em vigor, Erlanio ressalta as atribuições do presidente interino previstas pelo estatuto, bem como a transparência e eficiência na condução dos trabalhos ora em diante de competência do prefeito Eric Costa.

Inácio Melo representa senadora Eliziane Gama em evento de Barra do Corda

Inácio Melo anunciou uma emenda parlamentar da senadora Eliziane Gama no valor de R$ 2 milhões para Barra do Corda

O empresário Inácio Melo, representou a senadora Eliziane Gama (Cidadania), durante uma solenidade em Barra do Corda, que contou com as presenças do governador Flávio Dino ,(PCdoB), o senador Weverton Rocha (PDT), do Prefeito Eric Costa (PCdoB), entre outras lideranças políticas.

Na oportunidade, Inácio Melo anunciou uma emenda parlamentar da senadora Eliziane Gama no valor de R$ 2 milhões, destinados para pavimentação asfáltica nas ruas de Barra do Corda.

A senadora não pode prestigiar o evento porque se encontra em São Paulo cumprindo uma agenda que já estava marcada anteriormente, mas enviou um abraço caloroso a população de Barra do Corda que sempre lhe recebeu muito bem.

Carlos Brissac ganha adesão de advogados em todo o estado

Carlos Brissac garante a advogados que a representatividade da OAB/MA será resgatada

O candidato a presidente da OAB/MA, o advogado Carlos Brissac, encerrou neste sábado, 10, em Balsas, uma extensa agenda de visitas ao interior do Maranhão. A série de encontros teve início na cidade de Timon, terça-feira, 6. Na sequencia, Brissac visitou Caxias, Pedreiras, Codó, Presidente Dutra, Coroatá, Barra do Corda e Grajaú. Ele debateu propostas de sua chapa para a Seccional Maranhense e recebeu a adesão de advogados dessas cidades.

Em Timon, o advogado e escritor Nelson Nery declarou apoio à Chapa 2 – OAB de Verdade por reconhecer em Carlos Brissac qualidades fundamentais para um presidente da Seccional. “Carlos Brissac tem se destacado pela sua atuação, pela sua juventude, pelas suas ideias no sentido de restaurar a importância que a Ordem dos Advogados do Brasil tem não apenas no estado. Percebemos a necessidade de voltarmos a ter uma advocacia combativa e compromissada com a defesa da democracia e dos Direitos Humanos”, destacou.

Outra advogada que também declarou apoio a Carlos Brissac foi Mayara Vieira da Silva, candidata a conselheira pela Chapa 2. “Mayara tem forte atuação na região e seu apoio foi muito importante para o fortalecimento da nossa chapa nessa região”, disse Brissac. Mayara é candidata a conselheira pela chapa liderada por Brissac.

Carlos Brissac com advogados em Balsas que apoiam a Chapa 2

Em todas as cidades visitadas, Brissac conseguiu reunir um representativo número de advogados que apoiam a sua candidatura e se ressentem da falta de representatividade da Ordem no Maranhão. “Essas visitas ao interior do estado tem sido fundamentais para que possamos debater com os advogados dessas cidades a realidade que enfrentam no dia a dia do exercício da profissão, identificando as suas necessidade e discutindo como a nossa gestão ajudará esses colegas e, mais que isso, como a OAB do Maranhão se colocará como sua defensora e defensora da sociedade”, declarou.

Brissac lembrou, ainda, que 30% dos membros de sua chapa são do interior do estado, fato que, segundo ele, demonstra a preocupação em assegurar a representatividade da OAB/MA em todo o estado. “Temos propostas para previdenciaristas, criminalistas, tributaristas, por exemplo, para todas as áreas, como ensino jurídico, prerrogativas, causas sociais. Isso significa que, na nossa gestão, todo advogado do Maranhão será, de alguma forma, contemplado”, garantiu.

Agenda

Na próxima terça-feira, 13, Carlos Brissac retoma a agenda de viagens pelo interior do estado com visita às cidades de Itapecuru, Santa Inês e Bacabal. Em Bacabal, por exemplo, a chapa 2 ganhou o reforço do advogado Agnelo Rodrigues, ex-presidente da Subseção da cidade e ex-conselheiro da Ordem maranhense. Agnelo, que é uma forte liderança da advocacia local, concorre ao cargo de conselheiro pela chapa encabeçada por Carlos Brissac. Na quarta-feira, 14, Brissac estará na Baixada Maranhense acompanhando de membros da Chapa 2.

Flávio Dino fortalece parcerias com prefeitos das maiores cidades do Maranhão

Os apoios dos prefeitos das maiores cidades vão garantir uma votação expressiva à Flávio Dino, reforço que consolida ainda mais sua reeleição

O Maranhão passou a viver novos ares a partir de 2014 com a eleição do governador Flávio Dino (PCdoB). Com o novo governo, prefeitos deixaram de ser perseguidos e as parcerias com as prefeituras reforçaram as políticas públicas executadas para a população.

Essa parceria é refletida nos apoios que Flávio Dino tem na disputa para o governo em 2018. Além da campanha executada em várias cidades, o governador tem o reforço dos prefeitos nas maiores cidades do Estado.

Em São Luís, o prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) está indo para as ruas e liderando os eventos em apoio a Flávio Dino. Na região metropolitana de São Luís, a campanha também está reforçada com o apoio dos prefeitos Luís Fernando (PSDB), de São José de Ribamar, e Domingos Dutra (PCdoB), de Paço do Lumiar.

Na região Leste, o governador Flávio Dino tem o apoio dos prefeitos das maiores cidades como Luciano Leitoa (PSB) de Timon; Fábio Gentil (PRB), de Caxias e Francisco Nagib (PDT) de Codó.

Comício de Flávio Dino realizado em São Luís

Os prefeitos Juscelino Alves (PCdoB), de Açaílândia e Dr. Eric (PDT), de Balsas reforçam a campanha de Flávio Dino na campanha na região Sul e Tocantina. Na Baixada Maranhense Flávio conta com o apoio de Luciano Genésio (PP), prefeito de Pinheiro e na região Oeste das prefeitas Vianey Bringel (DEM), de Santa Inês e Josinha Cunha (PR) de Zé Doca.

Na região central do Maranhão, a campanha está reforçada com o apoio dos prefeitos Eric Costa (PCdoB), de Barra do Corda e de Juran Carvalho (PP), de Presidente Dutra.

Os apoios dos prefeitos das maiores cidades vão garantir uma votação expressiva à Flávio Dino, reforço que consolida ainda mais sua reeleição.

Morre ex-prefeito de Barra do Corda

Avelar Sampaio foi prefeito de Barra do Corda e é pai do atual vice-prefeito Leandro Sampaio

Morreu na tarde desta terça-feira (10) o ex-prefeito de Barra do Corda, Avelar Sampaio. Ele sofreu infarto fulminante, chegou a ser levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Barra do Corda, mas não resistiu.

Avelar Sampaio foi prefeito de Barra do Corda e é pai do atual vice-prefeito Leandro Sampaio.

Sampaio participou na manhã de domingo (8) de um ato político e se preparava para participar das próximas eleições mobilizando suas lideranças em Barra do Corda.

Caso Nenzim: Justiça determina quebra do sigilo telefônico de envolvidos

A Polícia ainda investiga quem foi o autor do disparo fatal.

O juiz da comarca de Barra do Corda, Iran Kurban Filho, atendeu pedido da Polícia Civil e determinou a quebra de sigilo telefônico de oito pessoas envolvidas na morte do ex-prefeito do município, Mariano de Sousa, conhecido como “Nenzim”, assassinado no dia 06 de dezembro de 2017 com um tiro no pescoço.

Entre os suspeitos que são alvo da medida cautelar estão o filho da vítima, Júnior Nenzim, suspeito de planejar o crime, e o ex-vaqueiro da fazenda de Nenzim, Luzivan Rodrigues da Conceição Nunes. Ambos estão presos no Complexo Penitenciário de Pedrinhas.

Além da dupla, também terão o sigilo telefônico quebrado Francisco Deyvede de Correia de Freitas, Antônio Carlos de Lima Bessa, Francisco Pereira de Oliveira, Antônio Morais Silva Filho e José Benigno Frazão e Felix da Silva.

A motivação do crime ocorreu porque Júnior estaria roubando gado da fazenda do pai para quitar dívidas com agiotas. A Polícia ainda investiga quem foi o autor do disparo fatal.

Justiça decreta prisão de vaqueiro acusado no crime contra ex-prefeito Nenzin

Iran Kurban Filho, juiz de Direito da Comarca de Barra do Corda, decretou a prisão do vaqueiro Luizão, que trabalhava na fazenda do ex-prefeito Nenzin, em Barra do Corda.

Atendendo ao pedido da Polícia Civil do Maranhão, o juiz de Direito da Comarca de Barra do Corda, Iran Kurban Filho, decretou a prisão do vaqueiro Luizão, que trabalhava na fazenda do ex-prefeito Nenzin, em Barra do Corda.

Segundo o delegado, mesmo com a conclusão do inquérito policial ainda no mês de dezembro passado, a Polícia Civil continuou as investigações complementares enquanto aguarda a conclusão de todos os laudos periciais, e durante as novas investigações,  surgiram depoimentos de novas testemunhas, que afirmam terem visto o vaqueiro Luizão, por volta das 6 horas da manhã do dia do crime (6 de dezembro), conversando com Junior do Nenzin em frente à residência do ex-prefeito no centro de Barra do Corda, próximo à Praça Maranhão Sobrinho.

No primeiro depoimento, Renilto afirma que o vaqueiro Luizão disse que não esteve em Barra do Corda no dia do crime contra o ex-prefeito, e que só esteve em Barra do Corda, precisamente no Posto Carreteiro, de propriedade de Nenzin,  na segunda-feira, dia 4 de dezembro, onde se encontrou com Nenzin, recebeu a ordem para juntar todo o gado da fazenda e entregar para o novo vaqueiro.

Renilto disse ainda que o vaqueiro foi solto por afirmar que não esteve em Barra do Corda na data do crime, mas que com os novos depoimentos de testemunhas em um total de três, que afirmam que viram o vaqueiro conversando com Júnior horas antes do crime, foi o suficiente para a Polícia solicitar novamente a prisão de Luizão, ocorrida nesta terça-feira (30) por volta do meio dia.

O delegado afirmou de forma categórica que com a prisão de Luizão, não quer dizer que Junior não tenha participado do crime contra o próprio pai. Dr Renilto esclareceu que o que se investiga agora é que Junior do Nenzin não agiu sozinho no planejamento e na execução do ex-prefeito, tendo agora o Vaqueiro Luizão como suspeito de ter participado do crime.