Desembargador autoriza assassino confesso de pastor a responder pelo crime em liberdade

Nos argumentos do desembargador, estão de que Saulo Pereira não responde a outro crime e não há indícios de que ele pretenda fugir

O desembargador José Lopes Santos determinou de forma liminar a soltura de Saulo Pereira Nunes, preso pelo homicídio do pastor evangélico Mackson da Silva Costa

Nos argumentos do desembargador, estão de que Saulo Pereira não responde a outro crime, não há indícios de que ele pretenda fugir da Região Metropolitana de São Luís, e também que o assassino confesso colaborou com a Polícia Civil desde que foi apontado como autor do crime.

Já a argumentação da defesa é de que Saulo é primário quanto ao cometimento de crimes, portanto “não tem antecedentes criminais, que ele tem residência fixa, exerce atividade laboral, confessou o delito, colaborou com as investigações, tem família e filhos e não oferece risco à sociedade e nem à instrução processual”.

A Polícia Civil prendeu Saulo Pereira Nunes, de 38 anos, no dia 14 de outubro, apontado nas investigações da Superintendência de Homicídio e Proteção à Pessoa (SHPP) como o assassino do pastor evangélico e técnico em informática Mackson da Silva Costa. O corpo foi localizado na casa de Saulo.

Corpo de pastor desaparecido é encontrado enterrado em quintal no Maiobão

O corpo da vítima estava enterrado no quintal de uma casa no Maiobão, em Paço do Lumiar, Região Metropolitana de São Luís.

Foi encontrado, na tarde desta segunda-feira (14), o corpo do pastor evangélico Mackson da Silva Costa, de 37 anos. O corpo da vítima estava enterrado no quintal de uma casa no Maiobão, em Paço do Lumiar, Região Metropolitana de São Luís.

A Polícia Civil prendeu Saulo Pereira Nunes, de 38 anos, dono da residência.

A motivação do crime está sendo investigada.

O veículo de Mackson foi localizado, na manhã de domingo (13), na Avenida 7, no Maiobão, perto da residência onde o corpo estava enterrado. O carro não tinha sinais aparentes de arrombamento e a carteira estava no carro com dinheiro.

Familiares procuram homem desaparecido em São Luís

O homem foi visto pela última vez nas imediações da Vila Palmeira

Mackson da Silva Costa, de 37 anos, encontra-se desaparecido. Ele, que também é pastor, desapareu sexta-feira (11).

O homem foi visto pela última vez nas imediações da Vila Palmeira, no seu veículo, um Fiat Mobi, de cor vermelha, placa PSX 9805.

A família pede a quem tiver qualquer informação ligar para o Disque Denúncia 3223-5800 ou mandar uma mensagem pelo Whatsapp 9 9224-8660, também do Disque Denúncia.