Eduardo Braide anuncia pré-candidatura à Câmara dos Deputados

Eduardo Braide agora ensaia uma coligação com o PHS nas eleições proporcionais

O deputado estadual Eduardo Braide (PMN) anunciou, por meio de suas redes sociais, que é pré-candidato a deputado federal nas eleições de 2018.

Presidente estadual do PMN e segundo colocado nas eleições para a Prefeitura de São Luís, o parlamentar vinha ensaiando uma candidatura ao Governo do Estado, mas achou por bem agora anunciar que concorrerá a uma vaga na Câmara dos Deputados.

Eduardo Braide ensaia uma coligação com o PHS nas eleições proporcionais. De acordo com o próprio deputado, os dois partidos decidirão, até o dia 03 de agosto, se apoiarão Maura Jorge (PSL), Roberto Rocha (PSDB) ou uma candidatura própria.

Após muitas críticas, Alcione desabilita comentários em foto com Roseana Sarney

Amigas desde a infância, Alcione esteve presente na Convenção de Roseana, candidata ao governo do Maranhão

Veja

A cantora Alcione teve que desabilitar a ala de comentários em foto postada com José e Roseana Sarney. Não foram poucas as críticas que a cantora recebeu. A repercussão foi negativa.

Como se sabe, Alcione entrou de cabeça na campanha da “amiga de infância” no Maranhão.

Amigas desde a infância, Alcione esteve presente na Convenção de Roseana, candidata ao governo do Maranhão! É da Marrom, a voz responsável pelo jingle oficial da campanha.

Maranhão aumenta o número de eleitores

No Maranhão, serão 4.537.237 eleitores nos 217 municípios

O Tribunal Superior Eleitoral anunciou, nesta quarta-feira (01), o número oficial do eleitorado brasileiro. Estão aptos a votar 147.302.354 eleitores nos 5.570 municípios do país, bem como em 171 localidades de 110 países no exterior.

No Maranhão, serão 4.537.237 eleitores nos 217 municípios. Desses, 2.359.918 são mulheres, que representam 52,0% da população e 2.176.778 homens, sendo 48% do eleitorado maranhense.

Nas eleições de 2018, exatos 3.380.833 eleitores votarão com o sistema de biometria nos 92 municípios com o sistema, o que representa 74,51% da população. E 1.156.404 sem biometria, representando 25,49% da população nos 72 municípios sem o sistema biométrico.

Pela primeira vez, eleitores transexuais e travestis terão seu nome social impresso no título de eleitor e no caderno de votação das Eleições 2018. Nome social é aquele que designa o nome pelo qual o transexual ou travesti é socialmente reconhecido. No Maranhão 107 eleitores optaram pelo nome social.

O Maranhão registrou o aumento de 39.901 novos eleitores na comparação com as eleições de 2014. Em 2014 eram 4.497.336, contra 4.537.237 em 2018.

“O pagamento do salário em dia valoriza o servidor e movimenta a economia”, diz prefeito Edivaldo

A regularidade do pagamento faz parte da política de valorização do servidor, desenvolvida desde o início da gestão

Mantendo o compromisso com os servidores municipais, mais um vez o prefeito Edivaldo antecipa o pagamento do salário para esta quarta-feira (1°), que estava previsto para o dia 4 de agosto. Com o cumprimento rigoroso do pagamento da folha, nos últimos sete meses o pagamento foi antecipado seis vezes. A regularidade faz parte da política de valorização do servidor, colocada em prática desde o início da gestão do prefeito Edivaldo, em 2013, e comprova o respeito ao trabalho desempenhado pelos profissionais.

Com a antecipação do vencimento, entre 29 de junho e 1º de agosto, os servidores municipais receberam três entradas de proventos: o pagamento do mês de junho no dia 29, a antecipação da primeira parcela do 13°, em 20 de julho, e o pagamento do mês de julho, neste primeiro de agosto. São quase R$ 230 milhões injetados na economia.

“É nosso compromisso de gestão manter o pagamento do salário em dia. Com planejamento e responsabilidade mantemos a regularidade, honrando o trabalho desempenhado pelos servidores. O pagamento do salário em dia valoriza o servidor e movimenta a econômica”, destaca o prefeito Edivaldo.

Apesar da situação de crise, em que muitas prefeituras não têm conseguido manter os vencimentos do funcionalismo em dias, em São Luís, a gestão cumpre ou até antecipa os salários. A regularidade é fruto do planejamento financeiro da gestão, fazendo com que a capital maranhense seja uma das poucas no país a manter em dia o pagamento dos servidores municipais. E ainda, antecipando as datas previstas para o exercício de 2018, de acordo com o Decreto nº 50.181 de 31 de janeiro de 2018.

Para o titular da Secretaria Municipal da Fazenda (Semfaz), Delcio Rodrigues, o pagamento em dia do funcionalismo municipal é uma das prioridades da atual gestão. “O que temos feito em São Luís é algo que está muito distante da realidade de grandes capitais brasileiras como o Rio de Janeiro. A organização e o planejamento financeiro da nossa gestão são constantes e tem dado resultados muito positivos”, garantiu o secretário.

A gestão do prefeito Edivaldo tem realizado investimentos em todas as áreas, refletindo na organização financeira e na consolidação dos pagamentos dos servidores. Todos os meses são mais de R$ 90 milhões injetados na economia da capital.

Mais Informações

Os servidores municipais podem ter acesso às informações dos seus vencimentos em todos os terminais de autoatendimento do Banco do Brasil e efetuar o saque do seu benefício. Outras informações relativas ao seu contracheque também podem ser obtidas acessando a opção Outros Serviços, escolhendo a opção Contracheque BB e, depois, informando o número da matrícula e o mês desejado do documento.

Além dos terminais do Banco do Brasil, a informação dos vencimentos também pode ser acessada através do site da Prefeitura de São Luís (www.saoluis.ma.gov.br), no Portal do Servidor, no menu esquerdo da home, informando a matrícula e a senha.

Brasil tem 147,3 milhões de eleitores aptos a votar nas Eleições 2018

 

As estatísticas da Justiça Eleitoral mostram que houve um aumento do eleitorado de 3,14% em relação às últimas eleições gerais realizadas no país, em 2014

No próximo dia 7 de outubro, 147.302.354 eleitores brasileiros poderão votar nos representantes políticos de sua escolha. Este ano, além de eleger o novo presidente da República, os brasileiros em dia com a Justiça Eleitoral vão escolher deputados federais, deputados estaduais ou distritais, dois senadores por estado e o governador de cada uma das 27 Unidades da Federação.

O número oficial de eleitores foi anunciado na manhã desta quarta-feira (1º) pelo presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luiz Fux, durante a inauguração do Centro de Divulgação das Eleições (CDE). As informações são oriundas do Cadastro Eleitoral, banco de dados oficial sobre o eleitorado brasileiro, e referem-se às estatísticas auditadas até o final de julho após o fechamento do cadastro, no dia 9 de maio.

De acordo com os dados divulgados, esses 147,3 milhões de eleitores estão distribuídos pelos 5.570 municípios do país, bem como em 171 localidades de 110 países no exterior. As informações do eleitorado dizem respeito aos cidadãos brasileiros aptos a votar no pleito deste ano. Outros 1.409.774 eleitores não poderão votar nem se candidatar em 2018, por estarem com os direitos políticos suspensos.

Evolução do eleitorado

As estatísticas da Justiça Eleitoral mostram que houve um aumento do eleitorado de 3,14% em relação às últimas eleições gerais realizadas no país, em 2014. Naquele ano, 142.822.046 brasileiros estavam em condição de votar.

O quantitativo de eleitores no exterior, em especial, teve elevação expressiva nos últimos quatro anos, saltando de 354.184 para 500.727 eleitores em 2018. O aumento – de 41,37% – é resultado de um esforço conjunto entre a Justiça Eleitoral e o Ministério das Relações Exteriores para facilitar o cadastro de brasileiros residentes em outros países.

Gênero e nome social

Segundo dados do Cadastro Eleitoral, a maior parte do eleitorado brasileiro pertence ao gênero feminino. Ao todo, são 77.337.918 eleitoras, o que representa 52,5% do total. Já o gênero masculino reúne 69.901.035 cidadãos, representando 47,5% do eleitorado.

Pela primeira vez, eleitores transexuais e travestis terão seu nome social impresso no título de eleitor e no caderno de votação das Eleições 2018. Nome social é aquele que designa o nome pelo qual o transexual ou travesti é socialmente reconhecido. A possibilidade da autoidentificação foi aprovada pelo Plenário do TSE no dia 1º de março deste ano.

Ao todo, 6.280 pessoas fizeram essa escolha ao se registrar ou atualizar seus dados na Justiça Eleitoral. Foram feitos 1.805 pedidos em São Paulo, 647 em Minas Gerais e 426 no Rio de Janeiro – maiores colégios eleitorais do país. No exterior, cinco eleitores brasileiros também optaram por usar o nome social.

Voto facultativo

Os jovens de 16 e 17 anos, cujo voto é opcional, representam 0,95% do eleitorado em 2018, num total de 1.400.617 pessoas. Os dados apontam uma redução de 14,53% no número de jovens eleitores, uma vez que, em 2014, foram registrados 1.638.751 eleitores nessa faixa etária.

Já os eleitores acima de 70 anos, que também têm voto facultativo, são mais numerosos que há quatro anos. Em 2018, 12.028.495 eleitores nessa idade podem exercer o direito de escolher seus representantes – um aumento de 11,12% em comparação às eleições de 2014, quando 10.824.810 eleitores idosos podiam votar.

Maior colégio eleitoral

Estado com a maior população do país, São Paulo continua a ser o maior colégio eleitoral brasileiro, com 33.040.411 eleitores.

O segundo maior eleitorado está em Minas Gerais, que soma 15.700.966 votantes, seguido pelo Rio de Janeiro, com 12.406.394 cidadãos aptos a participar do pleito este ano.

O município brasileiro com maior número de eleitores é São Paulo, que reúne 9.052.724 cidadãos em condições de votar. O município com menor número de eleitores é Serra da Saudade (MG), que tem 941 registrados.

Em Pinheiro, Othelino Neto prestigia encerramento do Festejo de Santo Inácio de Loyola

O evento é organizado pela Paróquia Santo Inácio de Loyola e contou com dez dias de programação religiosa e cultural

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Othelino Neto (PCdoB), prestigiou, na terça-feira (31), o encerramento do Festejo de Santo Inácio de Loyola, padroeiro do município de Pinheiro. O parlamentar acompanhou a tradicional procissão pelas ruas da cidade e a missa campal, celebrada na Praça Pe. Newton Pereira (Matriz) e presidida pelo arcebispo de São Luís, Dom José Belisário.

Ao lado da sua esposa, Ana Paula Lobato, presidente do Grupo de Esposas de Deputados do Estado do Maranhão (Gedema), e dos dois filhos, Othelino José e Guilhermina, o deputado destacou a importância do festejo, considerado um dos mais tradicionais do Maranhão. Ele ressaltou a satisfação em participar, mais uma vez, da homenagem ao santo padroeiro da cidade de Pinheiro.

“É uma bela festa, com manifestações de fé da população. É sempre muito bom participar e saio do Festejo de Santo Inácio, espiritualmente, renovado e sempre muito feliz com o que vejo”, completou.

Ao lado da sua esposa, Ana Paula Lobato, presidente do Grupo de Esposas de Deputados do Estado do Maranhão (Gedema), e dos dois filhos, Othelino José e Guilhermina, o deputado destacou a importância do festejo

O deputado federal Victor Mendes (PSD), que também acompanhou o parlamentar, afirmou que, certamente, Pinheiro bate no coração de Othelino Neto. “Ele abraçou a cidade e tem responsabilidade com Pinheiro. A gente fica contente em estar, hoje, caminhando junto e em parceria”, disse.

O evento é organizado pela Paróquia Santo Inácio de Loyola e contou com dez dias de programação religiosa e cultural, reunindo milhares de fiéis da região. Este ano, o festejo teve como tema “Inácio, apaixonado em comunicar a beleza e a alegria do Evangelho (cf. GE, 57)”.

Saiba como consultar os dados da geração de empregos no Maranhão no site do Ministério do Trabalho

O Governo tem atraído empresas com incentivos fiscais, alguns dos exemplos é o novo Parque Empresarial de São Luís, a base de distribuição de combustíveis da empresa Raízen na área do Porto do Itaqui e a construção do mega Porto São Luís, que já são realidades em nosso estado

O Maranhão apresentou o terceiro melhor saldo na geração de empregos com carteira assinada de todo o país e se destacou no desempenho da Região Nordeste sendo o estado que mais empregos de janeiro a junho de 2018, segundo os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), do Ministério do Trabalho.

O Governo tem atraído empresas com incentivos fiscais, alguns dos exemplos é o novo Parque Empresarial de São Luís, a base de distribuição de combustíveis da empresa Raízen na área do Porto do Itaqui e a construção do mega Porto São Luís, que já são realidades em nosso estado.

Os dados positivos do Maranhão estão disponíveis no site do Ministério do Trabalho. Para obter as informações, é preciso acessa o site no endereço www.trabalho.gov.br, clicar em “Dados e Estatísticas” no canto superior da tela e em seguida clicar na aba “CAGED”.

Serão apresentados todos os dados do mês de junho de 2018, onde o Maranhão apresentou o crescimento de mais de 1.200 empregos. No acumulado de 2018, o estado já gerou mais de 4.100 empregos.

Em outra área do site é possível encontrar os dados de admissões e demissões de todos os meses anteriores. Nos últimos 12 meses, o Maranhão gerou um saldo positivo de mais de 10.600 empregos, o que constata que o estado caminha na contramão do país e é um dos destaques da geração de emprego.

Flávio Dino mostra aos ouvintes da Mirante FM que o Maranhão é líder de empregos no Nordeste

O governador mostrou que os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) do próprio Ministério do Trabalho apresentam o saldo positivo da geração de emprego

O governador Flávio Dino levou, na terça-feira (31), aos ouvintes da Mirante FM alguns dados do Governo do Estado. Ele foi entrevistado após ordem judicial à emissora, que havia convidado a adversária Roseana Sarney, mas que tinha se recusado a ouvi-lo. A lei eleitoral exige tratamento igualitário aos pré-candidatos e candidatos, ou seja, isonomia é obrigatória.

Flávio abordou temas como fake news, economia e emprego. O governador explicou aos entrevistadores que os dados oficiais do Ministério do Trabalho provam que o Maranhão foi um dos Estados do Brasil com maior saldo positivo de empregos com carteira assinada em 2017. “E em junho deste ano, foi o terceiro maior saldo do país e o maior do Nordeste”, afirmou.

O governador mostrou que os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) do próprio Ministério do Trabalho apresentam o saldo positivo da geração de emprego.

Flávio Dino também esclareceu que a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) muito usada por veículos de comunicação da oposição, é uma metodologia de estimativa, apenas. O dado real é do Ministério do Trabalho, disponível no site do próprio órgão.

De janeiro até junho deste ano, o Maranhão teve o terceiro melhor resultado na geração de emprego no Brasil e o primeiro no Nordeste. “Nós temos o saldo positivo desde janeiro, a pesar dos percentuais de desemprego elevadíssimos no país inteiro, no Maranhão, a trajetória tem sido de retomada de emprego”, finalizou Flávio Dino.