Na posse, Flávio Dino lança Cheque Cesta Básica para grávidas e anuncia apoio para concluir creches federais

Durante a posse na Assembleia, Flávio Dino lançou medidas que impactam diretamente o dia a dia da população

O governador Flávio Dino tomou posse do segundo mandato no Maranhão durante cerimônia na Assembleia Legislativa nesta terça-feira (1º). Ele editou decretos para ampliar as ações na educação, na tecnologia, na moradia e na área social.

Ele destacou três compromissos essenciais para o segundo mandato: “Em primeiro lugar, tenho o compromisso rigoroso com o equilíbrio fiscal, de receitas e despesas. Em segundo lugar, o dever de fazer um governo probo e honesto. Em terceiro lugar, o compromisso com os direitos humanos, com a garantia de que todos e todas viverão numa sociedade cada vez mais democrática e igualitária”.

“Minhas mãos e minha ficha continuam 100% limpas. E assim estarão quando eu entregar o Estado para meu sucessor ou sucessora.”

Durante a posse na Assembleia, Flávio Dino lançou medidas que impactam diretamente o dia a dia da população: “Vamos inaugurar hoje novos programas, mostrando que este momento tem a nota da continuidade, mas também da mudança”.

Cheque Cesta Básica Gestante

Um dos decretos cria o Cheque Casta Básica, que devolverá às famílias mais carentes valores do ICMS cobrado de produtos da Cesta Básica. O foco neste primeiro ano do programa serão as gestantes.

“Pela primeira vez em nosso país, existirá um programa de devolução do ICMS dos produtos da cesta básica. Devemos, no máximo no mês de maio, começar o pagamento de R$ 900 para gestantes no Maranhão, de acordo com uma condicionalidade: o comparecimento à consulta de pré-natal e mais três meses da vida do novo bebê”, explicou o governador.

“O objetivo é combater a desigualdade social e, ao mesmo tempo, a mortalidade infantil. A boa alimentação é um caminho para termos uma boa gestão de qualidade”, acrescentou.

Com investimento inicial de R$ 20 milhões, o Cheque Cesta Básica Gestante será pago em nove parcelas de R$ 100 para cada grávida que aderir ao programa. As seis primeiras parcelas serão pagas durante a gestação; e as três últimas, nos primeiros meses de vida do bebê.

Para receber o dinheiro, a beneficiária terá que comparecer regularmente aos exames de pré-natal, ao acompanhamento nutricional e ao acompanhamento de saúde.

Pacto Estadual pela Aprendizagem

Flávio Dino também lançou o Pacto Estadual Pela Aprendizagem, dentro da Política Educacional que expande o Programa Escola Digna.

Entre as prioridades, está o ensino infantil: “Amanhã vou dirigir ofício ao Ministério da Educação oferecendo ajuda financeira para a conclusão de creches federais paradas em nosso Estado. Vamos formalmente oferecer ajuda financeira. Procuramos concluir ainda neste ano as creches paradas em nosso Estado”.

Outra medida prática é a compra de mais 200 ônibus escolares para distribuir aos municípios.

“Vamos acompanhar todas as redes, visando a mensuração do próximo Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica), para que não só a rede estadual eleve a nota, mas também as municipais”, disse o governador.

O Pacto também determina Regimes de Colaboração com os municípios, garantindo apoio para a promoção e qualificação de profissionais da área, construção de novos prédios escolares, além da melhoria da infraestrutura dos já existentes, bem como ampliação da gestão democrática escolar.

No discurso de posse, Bolsonaro pede apoio para reconstruir o país

Em seu primeiro discurso como presidente da República, Bolsonaro, em cerca de dez minutos, anunciou, sem detalhar, que fará reformas estruturantes e criará um circulo virtuoso de confiança na economia

Agência Brasil

Logo após fazer o juramento de posse no Congresso Nacional, Jair Bolsonaro  foi empossado às 15h10 presidente do Brasil. Ele jurou “manter, defender e cumprir a Constituição, observar as leis, promover o bem geral do povo brasileiro e sustentar a União, a integridade e a independência do Brasil.” O mesmo foi feito por seu vice, Hamilton Mourão.

Em seu primeiro discurso como presidente da República, Bolsonaro, em cerca de dez minutos, anunciou, sem detalhar, que fará reformas estruturantes e criará um circulo virtuoso de confiança na economia. Ele pediu o apoio do povo unido e do Congresso para reconstruir o país. Segundo ele, os “enormes desafios” poderão ser superados com a “sabedoria de ouvir a voz do povo.”

“Aproveito este momento solene e convoco os congressistas para me ajudar na missão de restaurar e de reeguer a nossa pátria. Libertando-a definitivamente do jugo da corrupção, da criminalidade, da irresponsabilidade econômica e submissão ideológica”, afirmou.  “Vamos unir o povo, valorizar a família, respeitar as religiões e a nossa tradição judaico-cristã, combatendo a ideologia de gênero, resgatando os nossos valores. O Brasil passará a ser um país livre das amarras ideológicas”, acrescentou.

Ao começar a ler, de óculos, seu pronunciamento, o presidente saudou as autoridades e chefes de Estado presentes e sua família, em especial a esposa Michelle – a quem,  fez questão de destacar, conheceu na Câmara dos Deputados. Além de reafirmar o tom de seu discurso de campanha, Bolsonaro reiterou o compromisso com pontos de seu programa de governo, como a defesa do porte de armas, o apoio à ação dos  policiais e das Forças Armadas, o redirecionamento da política externa e mencionou ainda eventuais mudanças na educação pública.

“Reafirmo meu compromisso de construir uma sociedade sem discriminação nem divisão. Daqui adiante nos pautaremos pela vontade soberana dos brasileiros que querem boas escolas capazes de preparar seus filhos para o mercado de trabalho e não para militância política, que sonham com a liberdade de ir e vir sem ser vitimados pelo crime, ” enumerou.

Bolsonaro destacou a questão do porte de arma, que pretende autorizar, segundo já anunciou, por meio de decreto presidencial. “O cidadão de bem merece dispor de meios para se defender, respeitando o referendo de 2005, quando optou nas urnas pelo direito à legitima defesa.”

Economia

Sobre economia, ele disse o seguinte: “Na economia, traremos a marca da confiança, do interesse nacional, do livre mercado e da eficiência. Confiança no cumprimento que o governo não gastará mais do que arrecada e na garantia de que as regras, os contratos e as propriedades serão respeitadas.”

E acrescentou: “Realizaremos reformas estruturantes, que serão essenciais para a saúde financeira, e sustentabilidade das contas públicas, transformando o cenário econômico e abrindo novas oportunidades. Precisamos criar um círculo virtuoso para a economia para permitir abrir os nossos mercados para o cenário internacional, estimulando a competição, a produtividade e a eficácia sem o viés ideológico. Bolsonaro destacou a importância do agronegócio para o país. “O setor agropecuário terá papel decisivo, em perfeita harmonia com a preservação do meio ambiente”, disse. 

Público lota Avenida Litorânea na noite da virada

Maranhenses e turistas interagiram ao som da banda Raça Negra e das apresentações dos artistas da terra, como Fabrícia e banda, o Grupo Argumento, Guto Ximenes e a Levada do Teco, e do cantor Gerrad Lima, que juntos, celebraram o show da virada

O ano de 2019 chegou marcado pelas misturas de ritmos e sotaques na Praia do Calhau, na Avenida Litorânea, palco do Réveillon de Todos. O evento foi promovido pelo Governo do Maranhão em parceria com a Prefeitura de São Luís e apoio cultural do Grupo Mateus.

Maranhenses e turistas interagiram ao som da banda Raça Negra e das apresentações dos artistas da terra, como Fabrícia e banda, o Grupo Argumento, Guto Ximenes e a Levada do Teco, e do cantor Gerrad Lima, que juntos, celebraram o show da virada. O colorido do céu anunciava 2019 com uma chuva de fogos de artifícios, abrilhantando ainda mais a orla marítima de São Luís.

A festa garantiu a movimentação econômica e o aquecimento no setor do turismo no estado. “Penúltimo dia de programação, e estamos muito felizes com o que a cultura e o turismo estão gerando para o estado. Mais um momento importante desse evento que gera milhões de empregos e diversas oportunidades para os maranhenses. Todos os dias de festa a cidade esteve lotada e com muita segurança, resultado da parceria com a prefeitura de São Luís.

As expectativas foram superadas, e quem comemora isso são as pessoas que vivem do turismo no nosso estado. Agora fica o desafio de fazer cada vez mais eventos maiores, como o Carnaval de Todos em 2019, que em breve sairá a programação”, declarou o secretário de Estado de Cultura e Turismo, Diego Galdino, que reforçou ainda o ganho da cultura local por alcançar todos os públicos com uma programação gratuita na comemoração da passagem de ano.

Réveillon de Todos, já consagrado pelo espaço democrático das manifestações culturais, transformou a Avenida Litorânea em um mar de gente e encantou o jovem Salomão Freire, de 17 anos, que passa pela primeira vez a festa da virada do ano na praia. “Estou muito feliz em poder estar em uma festa deste nível. Uma excelente infraestrutura, com segurança e uma grande cartela de atrações a noite toda. O Governo do Maranhão está de parabéns em poder proporcionar uma festa dessa para o seu povo e para os turistas”, celebra.

Com experiência em passar a virada do ano na praia, a encarregada administrativo, Roseane Oliveira, diz ter ficado surpreendida com a estrutura da festa. “Esse ano o Governo se superou. É uma estrutura magnífica, o que é muito importante para diversos setores do nosso estado. E quanto a segurança, que é um fator importante, estão de parabéns. Eu que vim só com duas amigas, não tivemos aquele receio de nos deslocarmos sozinhas. Muito policiamento e isso nos tranquiliza demais para brincar na festa”, comenta.

No palco, a primeira apresentação da noite foi da cantora Fabrícia e banda, que agitou a multidão com sucessos da atualidade e de músicas que embalaram os carnavais da década de 90.Em seguida foi a vez do grupo Argumento, que trouxe o samba carioca para a Avenida Litorânea, tirando o público do chão.

Às 23h a banda Raça Negra subiu ao palco e mostrou ao público seus sucessos que embalam gerações. “ É muito bom estar no Maranhão, em São Luís, ate porque começamos por aqui, no Nordeste. Hoje estamos celebrando mais um começo de ano com muita energia e paz. Estamos muito felizes em poder contribuir com essa festa que o poder público organiza para o seu povo. É muito bom saber que o Governo pensa na saúde das pessoas, porque cultura e música também é saúde”, disse o vocalista da banda, Luiz Carlos que também fez a contagem regressiva, segundos antes da virada do ano. Quem também abrilhantou o Réveillon de Todos foi o cantor Guto Ximenes com a Levada do Teco e Gerard Lima. Em uma tenda, armada dentro do circuito, a música eletrônica tomou de conta do público, comandada pelos Djs Paulo Pringles (Jovem Pan/SP), Desert, Ksyfux e Flávio Pastel.