Hospital de Traumatologia atende goleiro do Moto e tem sucesso na 1ª cirurgia…

Hospital de Traumatologia atende goleiro do Moto e tem sucesso na 1ª cirurgia. (Foto: Jardel Scott)

Começou, nesta semana, a rotina de fisioterapia para o goleiro Ruan de Souza Carneiro, do Moto Club. A boa recuperação será decisiva para o retorno do jogador aos gramados, o que deve acontecer no primeiro semestre do ano que vem. Ele foi o primeiro paciente cirúrgico do Hospital de Traumatologia e Ortopedia do Maranhão (HTO).

Inaugurado no último dia dez de outubro pelo governador Flávio Dino, em São Luís, a unidade já é referência no atendimento de média e alta complexidades no setor de ortopedia, atendendo a pacientes não só da Grande Ilha, mas também do interior do estado.

Assim como vários pacientes atendidos atualmente pela unidade, Ruan amargava uma espera bastante longa pelo procedimento cirúrgico. “Estava em um treino e, quando fui apoiar a perna, ela virou ao contrário e eu ouvi um estalo”, contou Ruan. Após vários exames, Ruan ainda tentava viabilizar a cirurgia quando foi recebido pelo HTO – atendimento que, segundo ele, foi o melhor possível.

“O hospital é ótimo e as instalações são muito boas, não deixam nada a dever a nenhum hospital particular daqui de São Luís. Todos os funcionários são muito gentis e sempre têm o máximo de atenção e cuidado. Com certeza vai ajudar muitas pessoas”, diz o goleiro.

A lesão no joelho de Ruan é uma das mais frequentes em jogadores de futebol. Atletas famosos como Ronaldo Fenômeno e Ronaldinho Gaúcho sofreram do mesmo problema ao longo da carreira. No HTO, Ruan passou por uma reconstrução do ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo, com enxerto de flexores, feita por videoartroscopia.

Estrutura

Mais de 300 profissionais compõem o corpo técnico do HTO. Desses, 45 são médicos ortopedistas, parte dos quais têm qualificação internacional. A unidade possui 44 leitos, sendo 34 de enfermaria e 10 de UTI, e capacidade para realizar até 400 procedimentos cirúrgicos por mês. Esse número representa cinco vezes mais do que a rede estadual de saúde suportava em São Luís até a abertura do HTO.

Com a ampliação, o governo do Estado trabalha para reduzir significativamente o tempo de espera por esse tipo de cirurgia no Maranhão. “O objetivo é dar agilidade ao funcionamento da ortopedia no que se refere à média e alta complexidade, acelerando as filas, resolvendo os problemas e garantindo que as pessoas sejam atendidas”, explica Gripp.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *