Classe política lamenta morte do ex-governador Epitácio Cafeteira nas redes sociais…

Políticos de diversos partidos se solidarizaram com a família do ex-governador e ex-senador, Epitácio Cafeteira, que faleceu neste domingo (13), em Brasília, aos 93 anos.

O governador Flávio Dino (PCdoB) usou suas redes para homenagear e se solidarizar com a família do ex-governador. Em sua mensagem, ele informou que decretou luto oficial de sete dias e as devidas honras ao ex-governador.

Em nota oficial, o governo do Estado expressou que, nesse momento de dor e perda, o Governo do Maranhão se solidariza com familiares, amigos e admiradores do ex-governador Epitácio Cafeteira, manifestando irrestrita solidariedade e desejos de consolo e conforto espiritual.

O vice-governador, Carlos Brandão (PRB), prestou seus sentimentos à família do ex-governador Cafeteira pela dor de sua perda.

O presidente estadual do PCdoB, Márcio Jerry, em nome do amigo e companheiro, Rogério Cafeteira, sobrinho do ex-governador, prestou seus pêsames a toda a família.

O deputado federal, Weverton Rocha (PDT), escreveu em suas redes que “Cafeteira era um político experiente e que deixa sua marca na história do Maranhão”.

Eliziane Gama (PPS) prestou seus sentimentos a toda a família e lembrou da trajetória política de Cafeteira que foi prefeito de São Luís, deputado federal e senador da República.

A ex-governadora Roseana Sarney (MDB) também se manifestou sobre a morte de Cafeteira e o classificou como uma grande liderança popular do nosso Estado, onde ocupou um lugar de destaque na política maranhense.

Morre Epitácio Cafeteira; Velório acontecerá na Assembleia

Epitácio Cafeteria enfrentava problemas de saúde

O ex-senador Epitácio Cafeteira faleceu, neste domingo (13), em Brasília, aos 93 anos. Ele exerceu os cargos de governador, senador, deputado federal e prefeito de São Luís. A morte dele comoveu populares e a classe política do Maranhão.

A Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão informou, em nota, que o corpo do ex-governador Epitácio Cafeteira será velado em São Luís, na sede do Poder Legislativo Estadua, no Cohafuma.

O horário da cerimônia ainda será confirmado pela família.

Em razão do falecimento do ex-governador Epitácio Cafeteira, o presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), decretou luto oficial de três dia no parlamento estadual.

Em nota, presidente da Assembleia lamentou morte de Cafeteira

É com grande pesar que a Assembleia Legislativa do Maranhão recebeu a notícia da morte do ex-senador Epitácio Cafeteira, tio do deputado estadual Rogério Cafeteira. Ele tinha 93 anos, residia em Brasília, e estava em uma UTI residencial, devido a seu delicado estado de saúde.

Epitácio Cafeteira era natural da Paraíba, mas veio ainda pequeno para o Maranhão e se destacou na política, ocupando todos os cargos que um político pode desempenhar em seu estado.

Deixou seu legado na história do Maranhão, tendo exercido os cargos de governador, senador, deputado federal e prefeito da capital São Luís.

Aqui constituiu família. Deixa viúva a senhora Isabel Cafeteira; a filha Janaína Cafeteira Afonso Pereira e os netos Epitácio Cafeteira Neto e Afrânio Cafeteira Nava.

Neste momento de dor, a Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão se solidariza com o deputado Rogério Cafeteira, com toda a família, amigos e admiradores do ex-senador Epitácio Cafeteira, rogando a Deus que conforte a todos.

Pela inestimável perda e toda a trajetória do ex-senador Epitácio Cafeteira, decreto luto oficial de três dias, a contar de hoje.

São Luís, 13 de maio de 2018

Deputado Othelino Neto
Presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão

Desfile da escola Paraíso do Tuiutí repercute na classe política do Maranhão…

O tema teve grande reação positiva nas redes sociais e também entre a classe política maranhense

Destaque do carnaval do Rio de Janeiro, a Escola de Samba Paraíso do Tuiuti, que desfilou pela primeira vez no carnaval deste ano, gerou várias polêmicas ao apresentar o enredo “Meu Deus! Meu Deus! Está extinta a escravidão?”. A agremiação fez referência à escravidão, desde o surgimento até a neoescravidão de trabalhadores rurais, subemprego e a retirada de direitos trabalhistas, promovida pelo governo Michel Temer, que foi retratado durante o desfile como “Vampiro neoliberalista”.

O tema repercutiu, positivamente, tanto nas redes sociais, quanto entre a classe política. No Maranhão, por exemplo, o governador Flávio Dino (PCdoB), os deputados Weverton Rocha (PDT) e Rubens Júnior (PCdoB), os secretários Francisco Gonçalves (Direitos Humanos), Diego Galdino (Cultura) e o presidente da Agência de Mobilidade, Lawrence Melo, divulgaram, em suas redes sociais, uma foto em que aparecem segurando um cartaz com a frase: “Obrigada Tuiuti (sic) #Fora Temer!”.

Durante a apresentação na Sapucaí, a escola trouxe marionetes fantasiados como “patos da Fiesp”, vestindo camisas amarelas como as da CBF, manipulados (representando os meios de comunicação) e batendo panelas. Em seguida, a ala Guerreiro da CLT representava os trabalhadores tentando se proteger dos ataques à CLT, fantasiados de Carteiras de Trabalho sujas, rasgadas e queimadas. O carro alegórico, que encerrou a passagem da escola, trazia como destaque o “Vampirão”, fazendo uma  referência crítica ao presidente Temer.

Ainda no tom da disputa ideológica-carnavalesca, Flávio Dino alfinetou o prefeito de São Paulo, João Dória, no último domingo (11). Em seu Twitter, o governador do Maranhão escreveu que começou o dia “ouvindo o mestre Zeca Pagodinho,  grande intérprete da alma brasileira, cansada de patos amarelos”.

Na noite anterior, Zeca Pagodinho evitou tirar foto com o prefeito paulistano e o clima foi constrangedor no encontro dos dois no Sambódromo do Anhembi.

Classe política lamenta a perda de um grande líder…

Diversos políticos usaram suas redes sociais ou se manifestaram pela imprensa, lamentando, profundamente, a perda de Humberto Coutinho

A notícia do falecimento do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Humberto Coutinho (PDT), causou comoção na classe política maranhense, na noite desta segunda-feira (1º de janeiro). Por meio de notas e mensagens de pesar postadas nas redes sociais, muitos destacaram a grande liderança influência política de Humberto no Maranhão.

O presidente em exercício da Assembleia, deputado Othelino Neto (PC do B), afirmou que o Maranhão perde um de seus grandes líderes. Segundo ele, Humberto Coutinho era um homem de poucas palavras e um conciliador, mas teve a coragem cívica de ser um dos grandes pilares de momentos relevantes da nossa política recente.

“Humberto foi fundamental na marcante eleição de governador do saudoso Jackson Lago (PDT) e foi avalista desse movimento histórico da construção de um Maranhão de todos nós, sob a liderança de seu aliado e estimado amigo Flávio Dino”, disse Othelino.

Destacou, ainda, que na sua amada Caxias, em Tuntum, em São Domingos, em Matões, em Parnarama, em cada canto desse estado, Humberto estará sempre presente.

Por meio de suas redes sociais, o líder do Governo na Assembleia Legislativa do Maranhão, Rogério Cafeteira (PSB), afirmou ter recebido com muita tristeza a notícia do falecimento do presidente Humberto Coutinho.

“Estamos todos muito consternados com esta perda. O Maranhão perde um grande líder. A família um grande pai. Que Deus conforte os familiares, em especial minha amiga Cleide, que foi sua companheira de uma vida inteira”, disse Cafeteira.

Também consternado com a notícia, o deputado Glalbert Cutrim disse que o grande líder, amigo e conciliador nato, Humberto deixa um legado de contribuição ao Estado do Maranhão.

Ele disse ser uma perda irreparável e insubstituível para os amigos e para a política maranhense.

“Hoje é um dia de tristeza para todos nós. O Maranhão perde um dos seus maiores e mais generosos líderes. Humberto Coutinho sempre foi movido pela paixão por Caxias e pelo estado. Por isso se destacou, tanto na área política, como empresarial. Foi um grande prefeito, deputado estadual atuante e habilidoso presidente da Assembleia Legislativa”, afirmou o deputado federal Rubens Junior (PC do B).

DEPUTADOS FEDERAIS

Ele ressaltou que o “Grandão”, como era carinhosamente chamado, teve sua bela trajetória marcada pela integridade. “Um homem que lutou por grandes causas do Maranhão, sempre ajudando a construir, desenvolver e realizar os sonhos do nosso povo. Ficará para nós, o seu bom exemplo, a sua persistência e luta pela vida”.

Segundo Rubens Junior, Humberto Coutinho foi um baluarte do nosso campo político, tornando-se peça fundamental para a vitória da oposição durante as eleições de 2014. “Deixará seu legado não apenas na política, mas também como um grande companheiro e amigo”.

A deputada federal Eliziane Gama também manifestou profundo pesar em virtude do falecimento do presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, Humberto Coutinho.

“Perdi um grande amigo, um conselheiro e uma pessoa que deixa um grande legado para a política maranhense. Que Jesus conforte o coração da minha amiga Cleide Coutinho e de toda a sua família”, disse Eliziane Gama.

POLÍTICO EXEMPLAR

Em nota, o deputado Fábio Braga disse que morreu o comandante, o farol que arregaçou as mangas para enfrentar uma batalha contra um câncer devastador. Sua visão leal e pacificadora inaugurou um novo tempo na Assembleia Legislativa.

“Humberto Coutinho era um homem que estava além de seu tempo, realizando obras para a posteridade. Quis o grande Deus levá-lo tão cedo, mas restou a certeza de que o esplendor da sua carreira política e empresarial jamais teria chegado ao atual estágio, se não tivesse existido o comando carinhoso e firme da sua fiel escudeira Cleide que juntos durante mais de cinco décadas, em todos os momentos mais importantes que ficarão para sempre na história, com a gratidão de todos os maranhenses”, destacou.

Para o deputado Adriano Sarney, Humberto Coutinho presidiu a Assembleia Legislativa nos últimos três anos e deixou como marca de sua liderança a seriedade, responsabilidade e ética. Foi um exemplo de político conciliador e também um grande guerreiro

Também se manifestou com pesar o deputado Fábio Macedo: “a partida de Coutinho, que foi uma das maiores lideranças políticas do Maranhão, abre uma lacuna na política maranhense, onde se destacou tanto pela competência administrativa como prefeito de Caxias e em seus dois mandatos como Presidente do Legislativo Maranhense, quanto pela sua humanidade e sensibilidade no trato com a população”.

Classe política destaca perfil popular do governo Flávio Dino…

O governador Flávio Dino entregou equipamentos para incentivo à produção agropecuária em 55 municípios. Foto: Karlos Geromy/Secap

Durante a solenidade de entrega de equipamentos para incentivo à produção agropecuária em 55 municípios do Estado, o presidente da Federação das Associações do Estado do Maranhão (Famem), Cleomar Tema (PSB), e o deputado federal Juscelino Resende (DEM) ressaltaram o perfil popular e realizador do governo Flávio Dino (PCdoB) que está voltado para as camadas mais pobres do Estado, para o povo, diferente de outras gestões que deixavam programas sociais de lado.

O governador  do Maranhão,Flávio Dino (PCdoB), realizou, nesta segunda-feira (6), no Palácio Henrique de la Rocque, a entrega de equipamentos para incentivo à produção agropecuária em 55 municípios do Estado. Os implementos estão ligados a programas como ‘Mais Produção’, ‘Agropolos’ e o projeto Salangô.

Ligados ao Programa “Mais Produção”, foram entregues 40 tanques de resfriamento de leite, 15 para a Região Tocantina e 25 para a região do Médio Mearim e um caminhão tanque, na cadeia produtiva do leite e derivados. Já na cadeia do arroz, serão entregues oito patrulhas agrícolas e oito plantadeiras.

“Todos os equipamentos que serão entregues, aliados à assistência técnica e gerencial que já vem sendo feita, da distribuição de sementes e das demais iniciativas ligadas à produção, beneficiamento e comercialização, formam um conjunto de ações concretas que farão e já vem fazendo a diferença na produção agropecuária do estado, sobretudo nas 10 cadeias produtivas definidas como prioritárias pelo Governo do Estado”, explicou o secretário estadual de Agricultura, Pecuária e Pesca, Márcio Honaiser.

Os agropolos da Ilha, do Munim, da Barragem do Flores e do Rio Balsas receberão, cada um, uma patrulha agrícola. O primeiro a ser implantado terá ainda um caminhão refrigerado para transporte das frutas e hortaliças produzidas pelas Unidades de Referência de Produção (URPs) e 30 agricultores receberão kits de irrigação por aspersão ou gotejamento, para incremento da sua produção.

Os agricultores do Projeto Salangô também poderão contar com novos sistemas de irrigação: serão entregues 31 kits para que a produção de hortifrutis no perímetro irrigado seja fortalecida, como complemento às ações de revitalização que vem sendo realizadas desde 2015.

Na mesma ocasião, foram entregues outras 33 patrulhas agrícolas, frutos de emendas parlamentares dos deputados federais Zé Carlos do PT e Jucelino Resende, e dos estaduais Valéria Macedo, Hemetério Weba e Bira do Pindaré; além do início oficial da entrega de sementes de feijão do Programa Mais Sementes, que já distribuiu sementes de milho e arroz para esta safra no final de 2016.