Empresários são orientados sobre possibilidades de negócios com construção do Porto São Luís

A construção do Porto São Luís faz parte da política de atração de investimentos desenvolvida desde 2015 pela gestão estadual e renderá, em sua primeira etapa, um investimento de R$ 800 milhões e a geração de aproximadamente 5 mil empregos

Promovido pelo Governo do Maranhão, Fiema e Sindicato as Indústrias da Construção Civil do Estado do Maranhão (Sinduscon/MA) por meio do Programa de Desenvolvimento de Fornecedores (PDF), o Encontro de Negócios Porto São Luís fez o primeiro contato dos empresários locais com a equipe de suprimento da Rota Nordeste–EPC Associados, empresa responsável pela construção do Porto São Luís.

O evento foi realizado para mostrar às empresas locais a possibilidade de fazer novos negócios a partir do início das obras do novo porto. A construção do Porto São Luís faz parte da política de atração de investimentos desenvolvida desde 2015 pela gestão estadual e renderá, em sua primeira etapa, um investimento de R$ 800 milhões e a geração de aproximadamente 5 mil empregos. O projeto total é orçado em aproximadamente R$ 1,7 bilhão.

“Nosso papel é apoiar, incentivar oportunidades para empresários, empresas e trabalhadores do Maranhão. Com esse intercâmbio entre fornecedores e empresas locais, contribuímos para a geração de emprego, renda e desenvolvimento, aliado ao trabalho de atração de investimentos”, destacou o secretário de Estado da Indústria, Comércio e Energia (Seinc), Expedito Rodrigues.

Na ocasião, os fornecedores do Maranhão tiveram a oportunidade de interagir com as empresas apoiadoras e mantenedoras do PDF, que é considerado um instrumento estratégico de articulação entre o poder público e a iniciativa privada. O PDF foi criado em 1999 pelo Governo do Maranhão e é desenvolvido por meio de gestão compartilhada entre a Fiema e a Seinc.

“As empresas tiveram a oportunidade de conhecer a indústria do Maranhão e o que nós temos para ofertar. O Maranhão tem grandes e boas empresas, com habilitação e qualidade. Fizemos um formato para tratar também com mantenedoras e apoiadoras do PDF”, sublinhou o presidente do Sinduscon, Fábio Nahuz.

Porto São Luís

A primeira parte da obra do Porto São Luís começou no início deste ano, na comunidade Cajueiro, região da Vila Maranhão, na capital maranhense. Com o investimento de R$ 800 milhões, a previsão é que a primeira fase seja concluída em quatro anos. O pico da obra é previsto para ocorrer entre junho de 2019 e abril de 2021. O Porto São Luís será um dos maiores portos a granel do Brasil.

O Porto São Luís alia investimentos da empresa China Communications Construction Company (CCCC), detentora de 51% do empreendimento, e sócios brasileiros como a WPR, braço do Grupo WTorre, com os outros 49% das ações.

A capacidade de movimentação do novo terminal é de cerca de 10 milhões de toneladas por ano – sendo 7 milhões de soja e milho, 1,5 milhão de fertilizantes, 1,5 milhão de carga geral e 1,8 milhão de metros cúbicos de derivados de petróleo.

Após cancelar duas sabatinas, Roseana Sarney deve faltar ao debate da Fiema

Roseana já faltou a duas sabatinas, uma promovida pela TV Brasil e outra pela TV Guará

A Federação das Indústrias do Estado do Maranhão promove, nesta terça-feira (4), o primeiro debate entre os candidatos ao Governo do Estado.

Pelo que tudo indica, a candidata Roseana Sarney (MDB) não deve comparecer ao debate, pelo menos é o que indica a agenda da ex-governadora que não cita o debate e mostra que, nesta terça-feira, a candidata fará apenas gravação de propaganda.

Roseana já faltou a duas sabatinas, uma promovida pela TV Brasil e outra pela TV Guará.

Coincidentemente, a única sabatina que a candidata participou foi a promovida pelo jornal O Estado do Maranhão, de sua propriedade.

Em um momento em que muitos eleitores passaram a acompanhar melhor as propostas de todos os candidatos, a ausência de Roseana nos debates sinaliza que a ex-governadora não está disposta a debater os problemas e as soluções para o Estado.

Eleições 2018: João Amoêdo cumpre agenda em São Luís

O pré-candidato cumpriu agenda em São Luís, nesta terça-feira (19), e foi acompanhado do seu vice Bernardinho, o ex-técnico da seleção brasileira de vôlei

João Amoêdo, representante do partido Novo, foi quinto presidenciável a visitar o Maranhão. O pré-candidato cumpriu agenda em São Luís, nesta terça-feira (19), e foi acompanhado do seu vice Bernardinho, o ex-técnico da seleção brasileira de vôlei.

Amoêdo participou de um jantar e conversou com representantes da Associação Comercial do Maranhão (ACM), a Câmara dos Dirigentes Lojistas de São Luís (CDL), a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Maranhão (Fecomércio) e a Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (FIEMA).

O presidenciável começou sua carreira como trainee no Banco Citibank, foi diretor executivo do Banco BBA Creditanstalt, presidente da Finaústria CFI, vice-presidente e membro do conselho de administração do Unibanco, membro do conselho de administração do Banco Itaú BBA e membro do conselho de administração da empresa João Fortes Engenharia.

Em 2011, fundou o NOVO, um partido composto por membros da sociedade civil, que faz processo seletivo para escolher seus candidatos e o único que se mantém apenas com doações voluntárias de seus apoiadores e não faz uso do Fundo Partidário e Eleitoral.

“O que a gente quer é trazer mais eficiência para máquina pública, novas lideranças, cortar privilégios, cortar benefícios do setor público, colocar mais dinheiro de volta no bolso do cidadão e facilitar a vida de quem quer empreender”, disse Amoêdo em entrevista à emissora de televisão.

Ministro da Saúde virá ao Maranhão anunciar investimentos para o Estado

Na próxima segunda-feira (31), o deputado federal licenciado e ministro da Saúde, Ricardo Barros (PP-PR), vem ao Maranhão para anunciar importantes investimentos que beneficiarão vários municípios do Estado. O investimento será na ordem de milhões para compra de ambulâncias e veículos de transporte sanitário.

No Maranhão, todos os prefeitos, secretários, deputados e gestores da saúde foram convidados. O encontro será às 9h da manhã no auditório da Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (FIEMA), em São Luís.

 

Prefeitos participam de seminário sobre transição municipal no auditório da Fiema

 

nova-gestaoOs prefeitos eleitos e reeleitos que se agendem. Será aberto nesta quinta-feira, às 18h, no auditório da Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (Fiema), o seminário “Novos Gestores: Transição Municipal e Início de Governo. O evento, direcionado aos gestores municipais maranhenses, contará com uma programação direcionada e palestras durante toda a sexta-feira ministrada por membros do Tribunal de Contas do Estado (TCE/MA), Ministério Público Estadual, da UNDIME e da COSEMS/MA.

De iniciativa da entidade municipalista, o seminário reunirá os 217 prefeitos e prefeitas maranhenses – entre eleitos e reeleitos. Os interessados poderão fazer suas inscrições a partir das 17h desta quinta (17/11), no próprio local, ao lado do Terminal da Integração da Cohama.

O seminário terá como objetivo orientar, através de palestras técnicas variadas e vasto material didático preparado pela Federação, os prefeitos, em especial os eleitos em outubro, sobre a importância do processo de transição municipal e as medidas que devem ser adotadas nos primeiros cem dias de governo para que a administração inicie bem.

Fruto de parceria formalizada durante reunião de trabalho entre o presidente do TCE, conselheiro Jorge Pavão, e o presidente da Federação, prefeito Gil Cutrim (São José de Ribamar), com a presença dos conselheiros Edmar Cutrim, Melquizedeque Nava Neto e Antônio Blecaute, além do procurador de contas, Jairo Cavalvanti, a Corte de Contas maranhense participará do evento com três painéis, a partir das 8h desta sexta-feira.

“É um evento de suma importância, principalmente para os prefeitos e prefeitas que foram eleitos recentemente e que buscam informações sobre os ditames da lei que rezam sobre a transição municipal”, afirmou Pavão.

O conselheiro José de Ribamar Caldas Furtado ministrará a palestra “A Prestração de Contas do Município à Luz da Decisão do Supremo Tribunal Federal; o procurador de contas Jairo Cavalcante Vieira vai explanar sobre “A Transição Municipal e a Lei de Responsabilidade Fiscal”; e, fechando o ciclo de painéis do TCE, o secretário de Controle Externo, Bruno Almeid a e a adjunta Carmem Bastos discorrerão sob o tema “Os Instrumentos de Controle Externo do Tribunal de Contas do Estado do Maranhão”.

A programação do evento está disponível no site da entidade municipalista – www.famem.org.br – nos próximos dias. As inscrições, é importante ressaltar, serão gratuitas e também estarão abertas aos técnicos municipais indicados pelos gestores.

Outras informações podem ser obtidas junto à Federação no telefone 2109 5411.