Para desespero do grupo Sarney, Dino inaugura Hospital de Ortopedia em São Luís…

Governador Flávio Dino entregou o novo Hospital de Traumatologia e Ortopedia, em São Luís. Foto: Handson Chagas/Secap

O grupo Sarney vai ter que engolir mais essa. Nesta terça-feira (19), o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), entregou, em São Luís, o Hospital de Traumatologia e Ortopedia (HTO), uma unidade inédita no Estado capaz de atender casos de alta complexidade. “Não importa quem foi poderoso ontem ou se esse alguém se acha dono da riqueza e do poder. Aqui não temos medo”, alfinetou o governador, falando, diretamente, aos opositores que empobreceram o Estado por mais de cinco décadas.

Com o novo prédio, a rede pública estadual, na capital, passa das atuais 80 cirurgias por mês para 400. Ou seja, a capacidade é multiplicada por cinco, o que vai desafogar a fila por cirurgias. Em 2014, eram apenas 30 por mês.

O novo hospital fica no Jardim Eldorado e vai atender pacientes tanto da Grande Ilha como de outros municípios. Flávio Dino lembrou que a inauguração do hospital representa um marco para a Saúde maranhense. E que foi preciso vencer resistências para que o HTO fosse entregue à população.

“Não perdemos nunca a alegria de fazer o bem. Esse é o milagre desse governo, o milagre da multiplicação das oportunidades, da luta obstinada pela igualdade, de não ter medo de nada e nem de ninguém”, disse o governador durante a entrega do hospital.

“Lutando as coisas têm outro sabor”


“Temos que lutar sempre, e lutando as coisas têm outro sabor”, afirmou Flávio Dino durante a inauguração. Ao afirmar que já foram concluídas mais de 500 obras desde 2015, Flávio Dino acrescentou que “poucas inaugurações o emocionaram tanto quanto esta, porque é fruto de luta”.

O HTO tem capacidade para 4,8 mil cirurgias por ano, mas “a fila vai ganhando novos componentes a cada dia”, principalmente por causa dos acidentes de moto, frisou o secretário.

De acordo com o diretor clínico do HTO, Newton Gripp, a unidade está pronta e completamente equipada para atender todos os casos complexos: “Temos 100% de capacidade aqui. Ninguém mais precisa sair do Maranhão para tratar qualquer doença ortopédica”.

O médico Damião Guedes, especialista em reconstrução e alongamento ósseo, diz que o HTO também vai formar e qualificar profissionais. “É uma unidade de referência para pacientes e profissionais. Aqui ficou como uma ilha de excelência, quem está dentro está festejando e quem está fora está querendo entrar”, diz.

Flávio Dino ressaltou que os mais de 300 profissionais do novo hospital são os verdadeiros responsáveis pela importância da unidade. “Mãos e coração: disso é feito um bom hospital. E eu tenho certeza que o HTO será um excelente hospital porque está nas excelentes mãos desses profissionais.”

Três novos secretários tomam posse no governo…

Os gestores se integram à equipe com a missão de dar continuidade aos programas de governo, fortalecendo as ações estratégicas e políticas públicas

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), empossou três novos secretários de Estado, em solenidade no Palácio dos Leões, na manhã desta terça, 10. Lawrence Melo Pereira é um dos nomes que agora se somam à equipe de governo, delegado que assume a presidência da Agência Estadual de Mobilidade Urbana e Serviços Públicos (MOB). Com a mudança, o atual, José Artur Cabral Marques, vai comandar a presidência da Companhia Maranhense de Gás (Gasmar). Ainda, na Secretaria de Estado da Mulher (Semu), assume a ex-deputada federal Terezinha Fernandes, em substituição a Laurinda Pinto.

Os gestores se integram à equipe com a missão de dar continuidade aos programas de governo, fortalecendo as ações estratégicas e políticas públicas, pontuou o governador Flávio Dino.  “Agradecemos aos antigos secretários pela colaboração e parabenizamos os que vêm somar à equipe. Com estas mudanças estamos ampliando o nosso governo e renovando as forças para que a gestão permaneça cumprindo seu papel”, reiterou.

“É uma honra esse convite e um grande desafio por suceder um técnico competente e que muito realizou à frente desta pasta. Reafirmamos o compromisso com as demandas, vamos atuar com um olhar mais voltado para o social, dando continuidade ao exitoso trabalho desempenhado pela gestão anterior e ampliando as ações da pasta”, enfatizou Lawrence Pereira, que passa a presidir a MOB.

Um grande desafio cumprido para estruturar a MOB, que em três anos resultou em um órgão de orçamento de mais de R$ 100 milhões ao ano com captação de vários recursos federais; diversos projetos de mobilidade urbana e transporte; e ações na regulação de gás e saneamento, pontuou Artur Cabral, durante sua fala, fazendo breve resumo de sua atuação à frente da MOB.

“Estou orgulhoso do trabalho realizado e fico lisonjeado com este convite do governador. Agradeço ao governador por esta nova missão que foi confiada a mim, na Gasmar”, reiterou Cabral. A nova titular da Semu, Terezinha Fernandes, iniciou sua fala elogiando a antiga gestora. “É uma mulher igual a mim, sonhadora e guerreira, que promoveu um relevante projeto à frente desta secretaria. É uma tarefa desafiadora, mas estimulante. Vamos somar à equipe do governador e trabalhar para inserir ainda mais a mulher, promovendo mais políticas de igualdade”, enfatizou.

O potencial de gestão dos novos secretários foi pontuado pelo governador, que reforçou o empenho dos antigos titulares das pastas e destacou ser este um processo em curso desde o início de sua gestão, com fins ao aprimoramento e qualificação das ações do Governo. O governador assinou o Termo de Posse, seguido dos secretários empossados.

A cerimônia contou com presença do vice-governador Carlos Brandão; do secretário de Estado de Comunicação e Articulação Política (Secap), Márcio Jerry; ex-titular da Semu, Laurinda Pinto e demais secretários de Estado; do presidente do PT, Augusto Lobato e vereador petista Honorato Fernandes; e da ex-diretora presidente da Gasmar, Telma Thomé.

CCJ da Assembleia analisa e aprova pareceres a projetos apresentados por deputados

Algumas matérias foram rejeitadas dentro da CCJ, a exemplo do projeto de lei ordinária nº 164/2017, de autoria do deputado Wellington do Curso

A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) analisou e aprovou, na reunião desta terça-feira (10), pareceres a projetos apresentados pelos próprios deputados. O presidente da CCJ, deputado Marco Aurélio (PCdoB), disse que outros projetos ficaram para ser analisados na próxima reunião.

Um dos que recebeu sinal verde é o projeto de resolução legislativa nº 037/2017, de autoria do deputado Othelino Neto (PCdoB), que concede  o Título de Cidadão Maranhense ao médico João Furtado de Araújo Segundo, natural de Teresina, relatado pelo deputado Antônio Pereira (DEM). Também passou o projeto de resolução legislativa nº 036/2017, do deputado Wellington do Curso (PP), que concede a Medalha   do Mérito Legislativo “Nagib Haickel”, ao prefeito João Dória Júnior, prefeito de São Paulo, relatado pelo deputado Eduardo Braide (PMN).

Passaram ainda os projetos de lei ordinária nº 250/2017, de autoria do deputado Zé Inácio (PT), que inclui no calendário cultural oficial do Governo do Estado, o evento Festival de Cultura Popular de Fortuna; e o nº 247/2017, do deputado Eduardo Braide, que institui o dia 04 de abril como o Dia Estadual dos Protetores dos Animais.

Algumas matérias foram rejeitadas dentro da CCJ, a exemplo do projeto de lei ordinária nº 164/2017, de autoria do deputado Wellington do Curso, que regulamenta a colocação de placas informativas em todos os shows públicos realizados pelos municípios e Governo do Estado.

Vários projetos foram retirados de pauta para que sejam apreciados na próxima reunião. Um deles é o de lei ordinária nº 050/2017, de autoria do deputado Wellington do Curso, que dispõe sobre a instalação por parte das concessionárias e permissionárias de serviço de transporte coletivo de pessoas, de dispositivos de pânico que gerem a mensagem “ Socorro”! Assalto!, nos letreiros luminosos dos veículos para informar a ocorrência de assaltos. Outro retirado é o projeto de lei ordinária nº 225/2017, de autoria da deputada Ana do Gás (PCdoB), que cria normas para condução e permanência de cães em determinados locais.