Imperatriz: Moradores de condomínios protestam por prejuízos com enchentes

Moradores dos condomínios Colina Park, em Imperatriz, realizam protestos, usando fogo, contra o desligamento da luz do local. A empresa responsável informou que precisou fazer o corte, devido ao alagamento na área, provocado pelas fortes chuvas, e para evitar que as pessoas sejam eletrocutadas.

Imperatriz toda sofre as consequências das enchentes devido à cheia do rio Tocantins, causada pelas chuvas. Já há vários pontos de alagamentos.

A manifestação nos condomínios conta ainda com apoio de quem mora no Loteamento Green Ville, em Bela Vista, Tocantins, que fica na divisa com a cidade maranhense.

O fornecimento de energia no Colina Park foi cortado por volta das 19h de segunda (10). O loteamento está alagado e havia risco de choque elétrico. Mas os moradores cobram orientação da empresa responsável pelo empreendimento. Nas redes sociais, várias reclamações estão registradas. Em um dos casos, uma moradora diz que o seu imóvel está embaixo da água e vai buscar seus direitos.

Outro morador, do Loteamento Green Ville, citou que precisa de energia, pois tem um bebê de cinco meses em casa e denunciou que a empresa Casa e Terra não presta qualquer assistência ou informação. Alguns moradores se concentraram na sede da empresa, para cobrar soluções, mas não foram recebidos.

Eles afirmam que só encerram o protesto quando o problema for resolvido. Eus mais um impasse! São as consequências das enchentes.

Somam 244 as famílias afetadas na região, segundo o Corpo de Bombeiros. O nível do rio Tocantins continua subindo e a área é monitorada periodicamente pelas equipes. Em boletim mais recente, divulgado na segunda, 10, a instituição informou que as águas já estavam 9,60 metros acima do normal.

Postagens relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.