Passaporte da vacina já vem sendo praticado em órgãos públicos do Maranhão

A exigência da comprovação da vacina contra a Covid-19 já é norma em alguns órgãos públicos no Maranhão. Entre eles, o Tribunal de Justiça, a Assembleia Legislativa e a Defensoria Pública. Sem o chamado passaporte da vacina, o acesso a estas instituições não é liberado.

Em entrevista a uma emissora de rádio local, nesta sexta-feira (28), o defensor público, Thiago Josino de Arruda, tratou do tema.

O defensor reconhece que o assunto tem causado polêmicas e discussões. Mas, esclarece ser uma realidade a qual as pessoas precisam de adequar. “Desde o início do retorno das nossas atividades na Defensoria, procuramos medidas de segurança sanitária, tanto para resguardar nossos servidores, quanto para a população que nos procura. Isso, para que os atendimentos pudessem continuar, então, as medidas começaram a vigorar”, explicou.

O acesso a esses órgãos é permitido com o comprovante de vacinação, resultados de exames recentes ou atestado que comprove que a pessoa não pode tomar a vacina. O defensor citou ainda a grande procura do serviço por pessoas que querem, mas não estavam conseguindo se vacinar por algum impasse ou falhas de atendimento. E orienta que o comprovante de vacina esteja sempre em mãos.

“Por ser exigido em vários locais públicos, é interessante que as pessoas já andem com este comprovante. Os órgãos do sistema de Justiça estão pedindo essa comprovação pela mesma razão, para garantir a segurança de todos. Então, é importante que todos estejam com o seu comprovante em mãos”, alertou.

Paralelo às discussões, há projetos em andamento, a exemplo do apresentado pelo presidente da Alema, deputado Othelino Neto (PCdoB), que sugere a exigência do documento em bares, restaurantes, cinemas, locais fechados e eventos. O  PL deve ser apreciado no retorno das atividades da casa, em fevereiro.

Sendo aprovado na Assembleia e sancionado pelo Poder Executivo estadual, o projeto se torna lei e estar com o comprovante da vacina será, literalmente, o passaporte para se movimentar no Maranhão.

Postagens relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.