Flávio Dino é o governador mais bem avaliado pela cúpula do Congresso

Foram ouvidos 61 deputados e senadores pela pesquisa

Os seis governadores mais bem avaliados entre a cúpula do Congresso são de oposição. A pesquisa foi feita pelo Congresso em Foco em parceria com a In Press Oficina. Desses seis governadores, cinco são do Nordeste e três, do PSB.

A reportagem do site Congresso em Foco destaca que “para os parlamentares entrevistados, os governadores Flávio Dino (PCdoB), do Maranhão, Rui Costa (PT), da Bahia, e Wellington Dias (PT), do Piauí, são, pela ordem, os três de melhor desempenho. Na sequência vêm Camilo Santana (PSB), do Ceará, Renato Casagrande (PSB), do Espírito Santo, e Paulo Câmara (PSB), de Pernambuco. Esses governadores estiveram na tropa de choque que impediu a inclusão de estados e municípios na reforma da Previdência, cujo texto-base foi aprovado nessa quarta-feira pelo plenário da Câmara.”

A matéria ainda acrescenta que “essa é a primeira vez que o Painel pede aos líderes uma avaliação sobre a atuação dos governadores. Foram ouvidos 61 deputados e senadores, entre os dias 13 e 19 de junho, que figuram entre os mais influentes do Parlamento. São líderes partidários, presidentes de comissões e frentes parlamentares, entre outras lideranças. Eles responderam perguntas sobre os cenários políticos e econômicos, assim como o desempenho de autoridades.”

Plano para Nordeste de Bolsonaro não tem orçamento

Presidente Jair Bolsonaro visita Nordeste neste sexta-feira (24)

Estadão

O presidente Jair Bolsonaro desembarca no Nordeste pela primeira vez depois de ter tomado posse  nesta sexta (24). Na bagagem, papeis do Plano Regional de Desenvolvimento do Nordeste (PRDNE), que será lançado no dia pelo presidente em Pernambuco, mas pouca previsão de seu custeio.

“Vamos ter que fazer uma articulação buscando todos os esforços dos Estados, municípios e União. Não tem nada definido. O BNDES pode entrar com recursos também. É uma estruturação maior que vai acontecer”, disse Mario de Paula Guimarães Gordilho, superintendente da Sudene, ao Estadão.

O PRDNE prevê mais de 800 ações nos 11 Estados da região da Sudene (além de Minas Gerais e Espírito Santo), como pontes, estradas, ampliações de portos, ferrovias, melhorias em habitação, tecnologia e educação. O projeto será votado no dia por todos governadores da região, na reunião do Conselho Deliberativo da Sudene, mas poucos deles creem que ele vai decolar, apesar de considerarem positiva a iniciativa.

Bolsonaro vai encarar governadores unidos no Nordeste

Bolsonaro e mais os nove governadores nordestinos participam da reunião do Conselho Deliberativo da Sudene

Estadão

Depois de quase cinco meses de governo, na sexta-feira (24), o presidente Jair Bolsonaro desembarca em Recife, Pernambuco, para sua primeira viagem ao Nordeste. Na mala, deve anunciar um pacote de medidas para a região. Ele e mais os nove governadores nordestinos participam da reunião do Conselho Deliberativo da Sudene. Os governadores de Minas Gerais e Espírito Santo também estarão no encontro.

Um grupo de trabalho do conselho se reúne há mais de 12 meses para elaborar o primeiro plano de desenvolvimento para a região. Segundo o superintendente da Sudene, Mário Gordilho, os governadores foram “extremamente receptivos” ao diálogo com o grupo de trabalho. “Eles sabem que não têm verba para suprir, sozinhos, as necessidades”, disse.

Para tentar se contrapor ao que veem como isolamento da região junto ao governo federal, os nove governadores falam em criar uma aliança política. O primeiro passo nessa direção foi o Consórcio Nordeste, criado em março com objetivo de gerar cooperação e atrair investimentos.

Na avaliação do governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), a Sudene é o espaço para a voz dos Estados ser ouvida. “O Brasil não pode mais ficar parado. Espero que haja uma agenda de investimentos e de geração de empregos”, afirmou. O governador se diz otimista com a reunião da próxima sexta. “Espero que o plano Nordeste avance”, disse. Na manhã desta quarta-feira, 22, Bolsonaro está reunido em um café da manhã com a bancada do Nordeste.

Jair Bolsonaro troca Maranhão por Pernambuco

O presidente tinha anunciado anteriormente uma visita ao Maranhão

Jair Bolsonaro desembarca na próxima sexta (24) em Pernambuco para sua primeira visita como presidente ao Nordeste. O presidente tinha anunciado anteriormente uma visita ao Maranhão.

Segundo o Estadão, vai entregar um conjunto habitacional do Minha Casa, Minha Vida em Petrolina e depois, em Recife, vai anunciar R$ 2,1 bilhões a mais de investimentos em infraestrutura para a região

À tarde, se encontra com 11 governadores, todos da região — Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe — mais os de Minas e Espírito Santo.

Após repercussão negativa, ministra garante Maranhão em projeto do Governo Federal

A ministra recebeu o coordenador da bancada maranhense, o deputado Juscelino Filho (DEM), e afirmou que a informação não passou de uma notícia falsa

Após muita repercussão negativa sobre a exclusão do Maranhão do plano de ações do Governo Federal para o Nordeste, a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, garantiu que o estado está inclusivo no projeto. A informação da exclusão foi dada pelo jornal Folha de S. Paulo.

A ministra recebeu o coordenador da bancada maranhense, o deputado Juscelino Filho (DEM), e afirmou que a informação não passou de uma notícia falsa.

O plano do governo Bolsonaro vai beneficiar 150 mil famílias do Nordeste com foco na irrigação e no fomento às cooperativas.

Governo Bolsonaro terá plano de ações para o Nordeste, Maranhão ficará fora

Bolsonaro também promete uma atenção especial aos parlamentares da Região Nordeste

Estadão

Dentro de uma estratégia de aproximação com o eleitor do Nordeste, região onde enfrenta alta rejeição, Jair Bolsonaro prepara um pacote de ações de fomento à agricultura. Sob orientação da Casa Civil e do Ministério da Agricultura, a Embrapa Territorial identificou oito microrregiões carentes nas quais fará ações direcionadas. Pelo plano traçado, o programa beneficiará cerca de 150 mil famílias. A ministra Tereza Cristina deve anunciar o pacote, com foco na irrigação e no fomento às cooperativas, até junho, antes do início da próxima safra.

As oito microrregiões sugeridas com base no estudo da Embrapa Territorial, coordenado pelo professor Evaristo de Miranda, são próximas aos municípios de Euclides da Cunha (BA), Araripina (PE), Batalha (AL) e Canindé do São Francisco (SE). Também devem ser incluídas cidades das regiões do Vale do Açu (RN), Cariri (PB), Baixo Jaguaribe (CE) e sul do Piauí. O Maranhão ficará fora por não fazer parte do semiárido nordestino.

Bolsonaro também promete uma atenção especial aos parlamentares da Região Nordeste, onde a articulação do governo identificou pressão maior dos eleitores contra a reforma da Previdência.

Othelino Neto é eleito, por unanimidade, presidente do Colegiado do ParlaNordeste


Othelino Neto agradeceu aos seus pares pela eleição e disse que o ParlaNordeste é um fórum de fundamental importância, principalmente, pelo momento pelo qual passa o país

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), foi eleito, por unanimidade, presidente do ParlaNordeste para o ano de 2019. A eleição ocorreu na tarde desta sexta-feira (29), na Sala das Comissões do Palácio Manoel Beckman, em São Luís. O evento, em sua terceira edição, reuniu os presidentes das Assembleias Legislativas dos Estados da região Nordeste – Maranhão, Piauí, Ceará, Paraíba e Bahia.

Othelino Neto agradeceu aos seus pares pela eleição e disse que o ParlaNordeste é um fórum de fundamental importância, principalmente, pelo momento pelo qual passa o país. “Precisamos ficar vigilantes para que o Nordeste não tenha prejuízos e retrocessos naquilo que já está previsto na Constituição. Essa instância é de fundamental importância para que nós possamos falar para o Nordeste e para o Brasil”, enfatizou.

Disse, ainda, que o Nordeste, pela sua importância, merece ter mais atenção e mais investimentos para corrigir distorções e injustiças históricas. “Vamos acompanhar de perto junto às nossas bancadas federais, no Senado e na Câmara, o debate sobre as temáticas que discutimos no dia de hoje e em outras reuniões deste fórum, para que nossas posições, enquanto presidentes de Assembleias Legislativas, sejam consideradas”, salientou.

A pauta de discussão do 3º ParlaNordeste tratou do Consórcio de Governadores do Nordeste, Reforma da Previdência, Pacto Federativo e Fortalecimento dos Órgãos Regionais de Desenvolvimento. A posição do ParlaNordeste sobre esses temas foi externada por meio da Carta de São Luís, assinada pelos presidentes das Assembleias e divulgada durante entrevista coletiva de imprensa, no Salão Nobre da Assembleia.

Othelino Neto será anfitrião de encontro que reunirá presidentes de Assembleias Legislativas do Nordeste


O 3º Encontro de Presidentes de Assembleias Legislativas dos Estados do Nordeste, evento que acontecerá nesta sexta-feira (29), às 10h, no Plenário Nagib Haickel.

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), será o anfitrião do 3º Encontro de Presidentes de Assembleias Legislativas dos Estados do Nordeste, evento que acontecerá nesta sexta-feira (29), às 10h, no Plenário Nagib Haickel.

“Reforma da Previdência”, “Consórcio dos Estados do Nordeste” e “Segurança Pública” estão entre os temas a serem debatidos na abertura, todos de interesse do Poder Legislativo e da população.

“No caso do Consórcio dos Estados do Nordeste, a efetivação depende da aprovação dos Parlamentos de cada estado nordestino. Daí a importância de debatermos o assunto em conjunto. Na conversa sobre Reforma, tentaremos evitar que segmentos importantes passem a deixar de ter direitos essenciais”, explicou o presidente Othelino Neto.

Na Sala das Comissões, “Pacto Federativo” será o tema central da reunião de trabalho, assim como as propostas de fortalecimento dos órgãos regionais de desenvolvimento. Ao término, os nove representantes estaduais assinarão, no Salão Nobre, a Carta São Luís, com propostas e encaminhamentos de interesse da região Nordeste e do Poder Legislativo. “Os temas também deverão interessar aos senadores e deputados federais componentes da bancada nordestina em Brasília”, lembrou Othelino Neto.

O primeiro Encontro de Presidentes de Assembleias Legislativas dos Estados do Nordeste aconteceu no Ceará, onde a temática principal foi a criação do Colegiado Nordestino, que congrega os dirigentes dos Legislativos estaduais.

No segundo Encontro, sediado na Bahia, foram eleitos os integrantes do “ParlaNordeste” e criada a “Frente Parlamentar pela Revitalização do Rio São Francisco e a Não Privatização da Companhia Hidroelétrica do São Francisco”.

Alema sediará 3º Encontro de Presidentes de Assembleias Legislativas do Nordeste

Durante o encontro serão discutidos vários temas de interesse do Poder Legislativo e da população, a exemplo da Reforma da Previdência e dos encaminhamentos sobre o Consórcio dos Estados do Nordeste

A Assembleia Legislativa do Maranhão (Alema) sediará, na próxima sexta-feira (29), o 3º Encontro de Presidentes de Assembleias Legislativas dos Estados do Nordeste. A abertura do evento, que terá como anfitrião o presidente da Alema, deputado estadual Othelino Neto (PCdoB), acontecerá no Plenário Nagib Haickel, a partir das 10h.

Durante o encontro serão discutidos vários temas de interesse do Poder Legislativo e da população, a exemplo da Reforma da Previdência e dos encaminhamentos sobre o Consórcio dos Estados do Nordeste, cuja efetivação depende da aprovação pelos Parlamentos de cada estado nordestino.

Na reunião de trabalho, que será realizada na Sala das Comissões, os legisladores também deverão discutir o Pacto Federativo, bem como propostas de fortalecimento dos órgãos regionais de desenvolvimento. Os nove representantes das Casas Legislativas estaduais assinarão, ainda, a Carta São Luís, que deverá conter propostas e encaminhamentos de interesse da Região Nordeste e do Legislativo. A assinatura acontecerá no Salão Nobre.

O primeiro encontro aconteceu no Ceará; e o segundo, na Bahia. A pauta principal do primeiro encontro foi a criação do Colegiado Nordestino, que congrega os dirigentes dos Legislativos estaduais.

Já no segundo Encontro, foram eleitos os integrantes do ParlaNordeste e criada uma Frente Parlamentar pela revitalização do Rio São Francisco e a não privatização da Companhia Hidroelétrica do São Francisco (Chesf).