Agro é Pop! Maranhão mantém recorde na produção de grãos para 2018

Desde a primeira estimativa de 2018, a produção de grãos vinha superando a cifra dos 5 milhões de toneladas. Até o mês de abril, projetava-se colher cerca de 5,3 milhões de toneladas de grãos, cujo crescimento em relação ao ano anterior era de quase 20%

Em novo estudo divulgado pelo Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (Imesc), o Maranhão manteve o recorde para a produção de grãos em 2018 mesmo após a estimativa agrícola referente a maio deste ano sugerir um crescimento menor na produção graneleira devido à quebra da safra do milho.

De acordo com os dados do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA), referentes a maio de 2018, a produção graneleira está estimada em 4.760 mil toneladas em 2018, crescimento de 7,5% em comparação com a safra de 2017.

Leia mais: Convenção dos partidos da base de Flávio Dino já tem local e horário marcado

Desde a primeira estimativa de 2018, a produção de grãos vinha superando a cifra dos 5 milhões de toneladas. Até o mês de abril, projetava-se colher cerca de 5,3 milhões de toneladas de grãos, cujo crescimento em relação ao ano anterior era de quase 20%.

Por causa de problemas relativos à produção de milho, em especial o milho 2ª safra (safrinha), a expectativa de colher os mais de 5 milhões de toneladas de grãos reduziu para 4,8 milhões, mas, ainda assim, em 2018 essa produção atingirá um novo recorde.

O estudo completo sobre a nota com a estimativa da produção agrícola maranhense referente ao 3º bimestre de 2018 está disponível no link: http://imesc.ma.gov.br/portal/Post/view/30/240.

Entre os candidatos de todo o Brasil, só Flávio Dino e Rui Costa têm mais de 50% nas pesquisas

Flávio Dino tem mantido boa popularidade

Os governadores Rui Costa (Bahia) e Flávio Dino (Maranhão) são os únicos candidatos nas eleições deste ano, em todo o Brasil, que conseguem mais de 50% das intenções de votos, de acordo com as mais recentes pesquisas disponíveis.

O levantamento foi feito pelo portal Poder360 e leva em conta o total de votos. Se fossem considerados apenas os votos válidos (como é feito na contagem final), o desempenho de ambos seria ainda mais expressivo.

No Maranhão, Flávio Dino (PCdoB) tem 52,36% das intenções de voto, contra 24,15% da ex-governadora Roseana Sarney (MDB). Brancos, nulos e indecisos são 12,77%. A pesquisa é do Datailha, entre 9 e 10 de maio.

Leia mais: G1: Flávio Dino é o governador mais eficiente do Brasil

Na Bahia, Rui Costa (PT) aparece com 58,8% das intenções de voto, contra 9,5% de José Ronaldo (DEM) e 5,8% de João Henrique (PRTB). Brancos, nulos e indecisos somam 21,7%. O levantamento foi feito pela Paraná Pesquisas, entre 23 e 28 de maio.

O governador que chega mais perto de romper a barreira dos 50% é Wellington Dias (PT), do Piauí. Ele tem justamente 50%.

Já os com pior desempenho são Belivaldo (Sergipe), com 11%; Rollemberg (Distrito Federal), com 12%; Cida Borghetti (Paraná), com 13%; e Fernando Pimentel (Minas Gerais), com 15%.

 

Leia mais: Partidos da base de sustentação de Flávio Dino farão grande Convenção no próximo dia 28

Site Poder360 destaca favoritismo de Flávio Dino

O bom desempenho na administração e no campo político, a saúde fiscal do estado e a boa aprovação do governo são reflexos do bom momento de Flávio Dino às vésperas da eleição

O site de notícias especializado em política, Poder360, destaca em uma matéria especial o favoritismo do governador Flávio Dino (PCdoB), na corrida ao governo do Maranhão.

O Poder360 mostrou que dos 21 estados pesquisados, apenas cinco estados podem decidir a disputa para o Governo do Estado no primeiro estado, entre eles o Maranhão. O site analisou mais de 300 pesquisas de intenção de voto a respeito das disputas de 2018.

Leia mais: TRE-MA julga improcedente ação do grupo Sarney contra Flávio Dino

“Esse número pequeno de líderes claros nas eleições para governador nos Estados é pouco usual a esta altura da campanha. Em outras eleições, nesta época, havia mais certeza sobre quem poderia ser o vencedor” afirma a entrevista referindo-se a indecisão na maioria dos estados.

O bom desempenho na administração e no campo político, a saúde fiscal do estado e a boa aprovação do governo são reflexos do bom momento de Flávio Dino às vésperas da eleição.

 

Leia mais: Flávio Dino recebe apoio de mais um partido político

Diretor de Comunicação recebe visita do defensor público-geral e discute parceria…

Reunião discutiu nova parceria coma TV Assembleia

O diretor de Comunicação da Assembleia Legislativa do Maranhão, jornalista Edwin Jinkings, recebeu a visita de cortesia do novo defensor público-geral, Alberto Bastos. Na ocasião, ele colocou à disposição da instituição a estrutura dos veículos de comunicação da Casa para uma parceria na divulgação das ações da Defensoria Pública do Estado (DPE-MA). A reunião foi acompanhada pela diretora-adjunta, Sílvia Tereza.

Segundo o diretor Edwin Jinkings, a exemplo do que já está acontecendo com o Tribunal de Justiça e o Ministério Público, uma das propostas da nova gestão é estreitar as relações com as demais instituições, cedendo espaço nos seus veículos de comunicação para que esses órgãos divulguem suas ações. Essas parcerias, além de incrementar a programação tanto da TV, quanto da Rádio Assembleia, têm como principal beneficiário o cidadão, contemplado com informações de interesse público

“A Defensoria Pública é uma instituição de extrema importância para a sociedade. Então, a comunicação pode ser uma das principais ferramentas para ajudar a divulgar o seu trabalho, que é atender às pessoas mais carentes na área jurídica. Recebemos com muita satisfação o novo defensor-geral e colocamos à disposição a estrutura do Complexo de Comunicação, com a nossa TV, Rádio e Agência de Notícias. Nesse primeiro momento, a conversa está no sentido de uma possibilidade de um programa na Rádio Assembleia, que também tem bastante capilaridade, para divulgar as ações da Defensoria Pública, assim como já está acontecendo com a parceria que temos com o Poder Judiciário e o Ministério Público”, afirmou.

“A nova gestão do presidente Othelino Neto está, justamente, trabalhando essa harmonia com os demais poderes e instituições, que têm importância para a sociedade”, completou.

O defensor-geral agradeceu a receptividade e pontuou que, hoje, um dos principais objetivos da Defensoria Pública é tornar claro para sociedade que a instituição é um instrumento de cidadania, principalmente da população carente. Ele ressaltou que ter um espaço nos veículos de comunicação da Assembleia Legislativa será uma importante ferramenta para difundir as informações referentes aos serviços jurídicos ofertados pela DPE-MA.

“O nosso principal desafio é mostrar à população o que é a Defensoria e a sua finalidade. E os meios de comunicação têm um papel fundamental nisso. Vamos aproveitar essa oportunidade, no qual foi nos ofertado um espaço tanto na Rádio, como na TV Assembleia. Percebemos nisso uma excelente ferramenta para, cada vez mais, capilarizar as informações sobre os serviços jurídicos ofertados pela Defensoria Pública do Estado. Agradecemos ao diretor Edwin e à Assembleia Legislativa por ter nos ofertado esse espaço, onde iremos aproveitar essa oportunidade”, assinalou.

Em Monção, Othelino reúne-se com lideranças e destaca ação parlamentar

Lideranças receberam Othelino em Monção, que estava acompanhado de Eliziane e Weverton Rocha

A convite do presidente do PCdoB de Monção, Jesiel Araújo, o presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), pré-candidato à reeleição, participou, neste fim de semana, de um encontro de lideranças naquele município, evento que contou com a presença maciça da população local.

Othelino Neto agradeceu o convite e expressou sua satisfação em retornar a Monção, onde apoia o mesmo grupo político pela quarta vez consecutiva. “Eu estou muito feliz por voltar a Monção, cidade que sempre me recebeu e acolheu de forma carinhosa. É sempre um prazer estar aqui, ainda mais ao lado de amigos”, agradeceu.

Ao discursar, Othelino elencou alguns dos benefícios conquistados para Monção, por meio de emenda parlamentar, com o apoio do governador Flávio Dino, como a entrega de escolas, ambulâncias e viaturas.

Em seguida, o parlamentar anunciou mais melhorias. “Foram duas escolas dignas entregues e, agora, iniciamos a reforma e ampliação da maior delas, que é a Getúlio Vargas, um pedido nosso, realizado pelo Governo do Maranhão. Também conseguimos incluir Monção no programa ‘Mais Asfalto’. Não vamos parar por aqui, pois ainda faremos muito mais pelo nosso povo nos próximos anos”, frisou.

Jesiel Araújo, pré -candidato à Prefeitura de Monção, elogiou o trabalho de Othelino em prol da população do município. “O deputado tem correspondido às nossas necessidades, trazendo vários benefícios. Nós é que estamos de parabéns por tê-lo ao nosso lado . Esse momento é uma forma de agradecimento a tudo que ele tem feito pelo município”, enfatizou.

Os deputados federais Weverton Rocha (PDT)e Eliziane Gama (PPS), pré-candidatos ao Senado, estiveram no encontro. Ambos elogiaram a conduta de Othelino Neto, enquanto representante estadual de Monção.

“Fiquei muito feliz com o convite de conhecer a cidade ao lado de Othelino, que sempre teve votação expressiva nessa região. Foi muito bom ouvirmos, juntos, os anseios da população. Isso nos ajuda a destinar emendas mais objetivas, de acordo com suas necessidades”, disse Weverton.

Eliziane Gama complementou: “Othelino tem feito um grande trabalho, por isso, esse reconhecimento que Monção faz hoje é merecido”.

Júnior Lourenço, ex-prefeito de Miranda e pré-candidato a deputado federal, também presente no evento, não poupou elogios ao deputado. “Othelino já é um político tradicional. Acompanho a atuação dele como presidente da Assembleia e vejo seu compromisso em trabalhar forte, ao lado do governador , dando uma satisfação àqueles que o elegeram”, destacou.

Outras lideranças da região prestigiaram o encontro, como a ex-prefeita Paulinha Rezende e o vereador Mário Cardoso.

Homenagem

Durante o encontro, o deputado Othelino Neto foi surpreendido com homenagens pela passagem do seu aniversário, transcorrido no último dia 7 de julho.

Representantes do Hospital Geral de Monção, comandado pela Dra. Jane Araújo, fizeram um breve histórico da biografia e carreira política do parlamentar. Por fim, líderes políticos e uma multidão cantaram juntos os “parabéns a você”.

Governo anuncia parcerias com Vale e MRS para construir ferrovias

Dois projetos terão prioridade. O primeiro será a Ferrovia de Integração Centro-Oeste (Fico), de 383 quilômetros, entre Água Boa (MT) e o entroncamento com a Ferrovia Norte–Sul em Campinorte (GO). O segundo será o Ferroanel de São Paulo, de 53 quilômetros

O governo recorrerá à iniciativa privada para construir ferrovias consideradas estratégicas. Em troca, as empresas terão outros contratos, como concessão de linhas férreas, renovados por 30 anos. A iniciativa foi anunciada hoje (2) pelo ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência, Ronaldo Fonseca; pelo ministro dos Transportes, Valter Casimiro, e pelo secretário especial do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), Adalberto Vasconcelos.

Dois projetos terão prioridade. O primeiro será a Ferrovia de Integração Centro-Oeste (Fico), de 383 quilômetros, entre Água Boa (MT) e o entroncamento com a Ferrovia Norte–Sul em Campinorte (GO). O segundo será o Ferroanel de São Paulo, de 53 quilômetros, entre as estações de Perus, na capital paulista, e de Manoel Feio, em Itaquaquecetuba, na região de Mogi das Cruzes (SP), com traçado paralelo ao trecho norte do Rodoanel paulista.

Orçada em R$ 4 bilhões, a Fico será construída pela mineradora Vale, que em troca terá as concessões das linhas férreas Carajás (no Pará e no Maranhão) e Vitória–Minas renovadas até 2057. Mesmo descontando o que a mineradora gastou para duplicar a estrada de ferro Carajás, a empresa teria de desembolsar R$ 4 bilhões, mas vai construir a Fico em contrapartida.

“A prorrogação [dos contratos de Carajás e Vitória–Minas] vai dar um valor positivo, que será revertido em contrapartida de a Vale fazer a Fico. Isso traz uma nova dimensão para o país, com marcos claros, condicionados ao êxito de prorrogação”, explicou Vasconcelos. Depois de construir a Fico, a ferrovia será devolvida ao patrimônio da União, que licitará a linha ao setor privado pelo valor de outorga. Inicialmente, a Fico teria 1,6 mil quilômetros e ligaria Goiás a Rondônia, mas apenas o trecho até Água Boa será construído.

Em relação ao Ferroanel, o procedimento será semelhante. A empresa MRS Logística terá a concessão de diversas ferrovias renovadas em troca de construir o ramal de 53 quilômetros. Com a obra, os trens de carga que seguem para o Porto de Santos (SP) deixarão de compartilhar os trilhos das linhas da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), que transportam passageiros na Região Metropolitana de São Paulo. Assim que a linha for concluída, a União concederá a ferrovia à iniciativa privada.

Presidente da Assembleia discute com secretário obras da estrada que liga Paulino Neves a Barreirinhas

Othelino Neto e Raimundo Lídio reuniram-se com Clayton Noleto

Em reunião na Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra),  o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Othelino Neto (PCdoB), tratou do início das obras de pavimentação da estrada que liga Paulino Neves a Barreirinhas. Acompanhado do ex-prefeito de Paulino Neves e atual presidente do Iterma (Instituto de Colonização e Terras do Maranhão), Raimundo Lídio, ele foi recebido pelo titular da pasta, Clayton Noleto.

Na reunião, entre outros pontos, foram discutidos o início da pavimentação da estrada que liga Paulino Neves a Barreirinhas, um sonho antigo da população da região. O deputado Othelino Neto afirmou que a obra é de suma importância para o estado, uma vez que ligará, em definitivo, o litoral do Maranhão ao do Piauí e do Ceará.

“O secretário Clayton nos deu a boa notícia de que, já nos próximos dias, a empresa vai começar a executar a obra e, em um curto espaço de tempo, ela estará pronta. É um marco para o Maranhão, porque vai ligar, em definitivo e com estradas pavimentadas, o litoral do Maranhão ao do Piauí e, consequentemente, ao do Ceará”, assinalou.

O parlamentar ressaltou, ainda, que a região é uma das mais bonitas do país e com um potencial turístico significativo. “É uma das regiões mais bonitas do país e, talvez, até do mundo, com um potencial turístico muito grande, que pode e deve gerar muito emprego e renda naquela região.  Agora, finalmente, com a interligação por completo, vai mudar para melhor a vida da população”, destacou.

Segundo o secretário Clayton Noleto, já foi realizado o calçamento de um terço do trecho, na passagem pelos povoados, em parceria com a empresa de energia eólica. Ele também garantiu que, na próxima semana, serão intensificadas as obras da segunda etapa e, em um prazo de 120 dias, a estrada estará pavimentada e com a trafegabilidade garantida.

“Já licitamos a obra. A empresa já está mobilizada e o canteiro de obras todo organizado. Conversamos com a representação da empresa, que nos informou que, na próxima semana, vai intensificar as atividades de terraplanagem, de preparo do solo, e, no prazo de 120 dias, nós teremos mais esse sonho realizado”, completou.

Raimundo Lídio pontuou que a estrada é muito esperada pela população da região dos Lençóis Maranhenses e, após a conclusão, apresentará todo o potencial turístico de Paulino Neves. “Paulino Neves apresentará para o país, e para o mundo, um grande potencial turístico. Graças à ação forte do governador Flávio Dino, do secretário Clayton Noleto e de uma parceria com o deputado Othelino, estamos conseguindo, definitivamente, chegar a esse ponto de desenvolvimento”, disse.

Maranhão é o 5º Estado que mais criou emprego com carteira assinada em maio

O Maranhão gerou 2.075 empregos formais em maio. É o melhor desempenho para o mês desde 2007, há onze anos. Em relação a maio do ano passado, o aumento foi de 165%

Pelo terceiro mês seguido, o Maranhão teve crescimento no número de empregos com carteira assinada. Além disso, o Estado registrou o quinto maior aumento de novos postos, segundo dados do (Caged), do Ministério do Trabalho.

O Maranhão gerou 2.075 empregos formais em maio. É o melhor desempenho para o mês desde 2007, há onze anos. Em relação a maio do ano passado, o aumento foi de 165%.

O Estado só ficou atrás de São Paulo, Minas Gerais Bahia e Espírito Santo. Proporcionalmente, o crescimento dos empregos formais no Maranhão (0,45%) ficou bem acima da média do Nordeste (0,17%) e do Brasil (0,09%). E também foi o maior do Nordeste.

O setor que mais criou empregos no Maranhão em maio foram os Serviços, os Serviços Industriais de Utilidade Pública e a Agropecuária.

Esse cenário tem muito a ver com os investimentos e incentivos feitos pelo Governo do Maranhão. O Estado foi o quarto que mais ampliou investimentos em 2017 em todo o país, com alta de 25,64%. O total foi de R$ 1,176 bilhão, mesmo em meio à grave crise fiscal.

São centenas de obras e empreendimento em execução, o que estimula o mercado de trabalho. Na Indústria e no setor de Serviços, por exemplo, um dos exemplos mais recentes para atrair negócios é o novo Parque Empresarial de São Luís.

O local já despertou o interesse de dezenas de empresas, e um dos empreendimentos já está aberto, o que gerou 500 empregos imediatamente e vai chegar a 2 mil.

Max Barros desiste de disputar reeleição…

Deputado Max Barros usou tribuna para se despedir da Assembleia

O deputado Max Barros (PMB) ocupou a tribuna, na manhã desta terça-feira (19), no tempo do grande expediente, para anunciar que tomou a decisão de não disputar as próximas eleições.

“Subo a esta tribuna com a mesma emoção e entusiasmo que a utilizei ao longo destes 16 anos que faço parte deste Poder. Ao mesmo tempo, possuído por um sentimento de serenidade, de tranquilidade d’alma, de efetivar uma decisão já há muito tempo amadurecida e tomada que espelha, de certa forma, o meu modo de ver a vida e a política”, com esta frase, Max Barros iniciou seu pronunciamento.

Ele fez um relato de toda a sua vida pública e citou fatos ocorridos ao longo do exercício de funções de gestor público no Poder Executivo estadual. Lembrou de sua trajetória como dirigente do Departamento de Estradas de Rodagem (DER-MA), como pró-reitor de Ensino da Universidade Estadual do Maranhão (Uema), diretor da Cemar, gerente metropolitano de São Luís e secretário de Infraestrutura do Estado.

“Olhei para mim, os caminhos percorridos como filho, como marido, como pai, como político, como gestor público, como cidadão simplesmente. Este olhar e essas reflexões como um filme de magias passaram diante de mim e mostraram as mutações, as muitas vicissitudes que a vida atravessou em meus caminhos, mas me mostraram também as diversas formas que me utilizei para contorná-las para atingir os meus propósitos que sempre contiveram subjacentes à ética, à moral, à responsabilidade, à fidelidade e à sinceridade”, discursou o deputado.

Ele frisou que, investido em importantes cargos públicos, teve a chance de realizar inúmeras obras, como a recuperação da BR-135, no trecho de Colinas a Orozimbo, que possibilitou integração norte sul do Maranhão; a BR-203, de Balsas a Barão de Grajaú, que assegurou o polo agrícola do Sul do Maranhão; a implantação da BR-402, viabilizou polo turístico dos Lençóis e ajudou a consolidação também da pesca naquela região.

Dentre as obras, Max Barros citou ainda a Avenida dos Holandeses, a Avenida Ferreira Gullar, a Avenida da Forquilha ao Maiobão, a Avenida Luís Eduardo Magalhães, a Avenida Litorânea no trecho da Ponta d’Areia, o Viaduto da Cohab, o canal da Raimundo Corrêa, a Avenida Expressa, a Avenida Orlando Araújo ligando o Olho d’Água ao Araçagi, a revitalização do Centro Histórico em 50 hectares, as construções de estação de tratamento, a revitalização do Castelão e outras obras, muitas delas, como no Bairro Legal e no Projeto Viva, com a participação das lideranças comunitárias.

Max Barros acentuou que, ao chegar à Assembleia Legislativa do Maranhão para o exercício de sucessivos mandatos que o povo lhe concedeu, estava tomado de júbilo. “Estava, sim, orgulhoso pela honra de ter sido escolhido entre os 6 milhões de maranhenses, um dos 42 a representá-los. Ali estava a despeito da grave crise de representatividade que já atravessava o nosso país, crise em grande parte fruto do nosso sistema político eleitoral que favorece o poder econômico, a forma em detrimento do conteúdo”.

Além de discorrer sobre suas proposições legislativas, ao longo de quatro mandatos, Max Barros aproveitou para frisar razões de cunho pessoal que o levaram a tomar a decisão de não concorrer à reeleição. E frisou também seu gesto de gratidão e respeito às pessoas com quem conviveu ao longo de sua trajetória. “Tudo em mim é esperança e vida. Sou grato a Deus, que me deu a vida e palmilha o meu destino. Sou grato aos meus pais, Maria e José Barros. Sou grato à Cristiane, minha esposa, e a meus filhos, Gustavo e Maurício. Sou grato a Aníbal Pinheiro, quem primeiro me convidou a ocupar um cargo público”.

Max Barros acrescentou que também é muito grato à ex-governadora Roseana Sarney, “que me incentivou a entrar na política e me honrou convidando-me a participar dos seus governos. Sou grato também aos líderes políticos municipais e às lideranças comunitárias”.

“MISSÃO CUMPRIDA”

Em apartes, os deputados presentes à sessão destacaram os 16 anos de Max Barros na Assembleia Legislativa, ao longo de quatro mandatos.

O presidente da Casa, Othelino Neto (PCdoB), Wellington do Curso (PSDB), Nina Melo (MDB), Levi Pontes (PCdoB), Vinicius Louro (PR), Raimundo Cutrim (PCdoB), Graça Paz (PSDB), César Pires (PV), Júnior Verde (PRB), Rafael Leitoa (PDT), Eduardo Braide (PMN), Fábio Braga (SD), Sérgio Frota (PR), Edson Araújo (PSB) e Neto Evangelista (DEM) fizeram questão de parabenizar o deputado Max Barros por sua brilhante trajetória na vida pública.

Othelino Neto observou que Max Barros não vai disputar a eleição deste ano, “mas vai estar aqui conosco. O seu legado fica, os seus ensinamentos ficam, os amigos também e vai continuar na política como cidadão, como conselheiro e, certamente, como alguém que vai estar sempre pronto a servir o Maranhão”.

Depois de receber os parabéns de todos os deputados presentes, em razão de sua trajetória de servidor público e de parlamentar, o deputado Max Barros explicou que cumprirá o seu atual mandato até o último dia “com a mesma retidão, com o mesmo empenho com que o fiz todos os dias ao longo da minha passagem por este Poder”.

Ao encerrar seu pronunciamento, disse que a vida pública continuará sendo sua forma de expressar as convicções que formou ao longo do tempo para uma São Luís, para um Maranhão e para um Brasil melhor.

“Vencendo os meus abismos e minhas turbulências, trago um sentimento de missão cumprida. Estou mais maduro e experiente. E me pergunto: valeu a pena? Respondo com os versos de Fernando Pessoa, no poema Mar Português: ‘Tudo vale a pena se a alma não é pequena, Deus ao mar o perigo, o abismo deu, mas nele é que espelhou o céu’. Minha alma não é e nem nunca será pequena, ela tem a dimensão dos meus sonhos, do meu caráter, da minha formação e da minha história”, ressaltou Max Barros.