“Carcará” arquiva processo contra Aécio Neves…

Do G1

Carcará livrou a cara de Aécio Neves

O presidente do Conselho de Ética do Senado, João Alberto Souza (PMDB-MA), também conhecido como Carcará, arquivou o pedido de cassação do senador afastado, Aécio Neves (PSDB-MG).

O G1 procurou a assessoria de Aécio e aguardava resposta até a última atualização desta reportagem.

Mesmo com a decisão de João Alberto de arquivar o processo, qualquer integrante do conselho pode recorrer, em até dois dias úteis, desde que conte com o apoio de cinco parlamentares.

Após as delações da JBS se tornarem públicas, no mês passado, os partidos Rede e PSOL pediram ao conselho que cassasse o mandato de Aécio por quebra de decoro parlamentar.

O tucano está afastado do mandato desde o mês passado, por determinação do Supremo Tribunal Federal.

Segundo o Ministério Público Federal, Aécio Neves agiu em conjunto com o presidente Michel Temer para barrar as investigações da Operação Lava Jato.

Com base nas delações da JBS, o Ministério Público denunciou Aécio pelos crimes de corrupção passiva e obstrução de Justiça.

Operação prende ex-prefeito de Cachoeira Grande por suspeita de desvio de recursos…

Ex-prefeito de Cachoeira Grande foi preso em São Luís

Uma operação, deflagrada nesta sexta-feira (23) pela Superintendência Estadual de Prevenção e Combate à Corrupção (Seccor), prendeu, nesta sexta-feira (23), o ex-prefeito de Cachoeira Grande, Francivaldo Vasconcelos Sousa, e seu filho Alexandre Vasconcelos Oliveira Souza. Ele foi preso em sua casa, em São Luís, e prestou depoimento na sede do órgão

Segundo o Ministério Público Estadual, os quatro são acusados pelo crime de fraude em licitações e desvio de recursos públicos na gestão de Francivaldo Oliveira na prefeitura de Cachoeira Grande.

A Justiça também decretou a prisão de Gustavo Vasconcelos Oliveira Souza, sobrinho do ex-gestor, e do contador Pedro Henrique Silva dos Santos. Os dois estariam foragidos, segundo a Polícia Civil.

Caminhão explode na Holandeses e motorista é socorrido com corpo em chamas…

 

Caminhão explode próximo a posto em São Luís (Foto: Dalva Rego / TV Mirante)

Foto Dalva Rego – Trecho da Holandeses após a explosão

 Com o corpo em chamas, o motorista Marcos Rogério da Silva Lourenço, 31 anos, foi resgatado pelos bombeiros militares e encaminhado para o Hospital Djalma Marques (Socorrão I), no Centro de São Luís, após explosão de um caminhão, conduzido por ele, na madrugada desta sexta-feira (23), próximo a um posto de combustível,  na Avenida dos Holandeses, no bairro Calhau.
 A explosão e as chamas, infelizmente, também atingiram dois veículos que estavam estacionados próximos ao local do acidente, além de cinco estabelecimentos, que tiveram, pelo menos, as fachadas danificadas.
Ainda não se sabe se o motorista dormiu ao volante, mas o caminhão tombou, levou o fio de alta de tensão e explodiu.Após a explosão,  o motorista quebrou o vidro e saiu correndo pra grama com o corpo e cabeça em chamas.
Os bombeiros interditam o trânsito, no trecho do acidente, para os procedimentos que seguiram pela manhã, pois havia perigo de o combustível restante no caminhão iniciar um novo incêndio.

Pânico! Tiroteio no aeroporto de São Luís deixa dois feridos…

Feridos foram levados para o hospital

Maior corre-corre na manhã desta quinta-feira (22) no Aeroporto Internacional Marechal Hugo da Cunha Machado, em São Luís. Pânico mesmo. Uma agência dos Correios, que fica dentro do terminal, foi alvo de uma tentativa de assalto (veja no vídeo).  Houve troca de tiros. Um suspeito e um funcionário se feriram. Assustados, passageiros se jogaram no chão.

A equipe do programa global Bem-Estar estava no local, em viagem para São Paulo, e fez o registro do momento de pânico. Segundo o repórter Bruno Fávaro, as pessoas, no início, chegaram a pensar que se tratava de um atentado terrorista, mas perceberam que se tratava de um assalto à agência dos Correios.

Segundo informações da polícia, duas pessoas são suspeitas de participar da ação. Agentes de segurança trocaram tiros com os criminosos.  O outro conseguiu fugir. De acordo com a Polícia Militar, nenhum dinheiro foi levado.

Exata! Roseana tem a maior rejeição, segundo pesquisa para governador…

A ex-governadora do Maranhão, Roseana Sarney (PMDB), tem a maior taxa de rejeição, segundo pesquisa do instituto Exata, encomendada e publicada pelo Jornal Pequeno, sobre a disputa pelo governo do Estado em 2018. 49% dos entrevistados disseram que não votariam nela de jeito nenhum. Logo em seguida vem o senador Roberto Rocha (PSB), também com alto índice.

A mesma pesquisa  mostrou  que o governador  do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), marcou 51 pontos percentuais contra 28 da peemedebista, no cenário em que aparecem apenas os dois, se as eleições fossem hoje. Outros 16% disseram votar nulo, branco ou nenhum e 5% não sabem ou não responderam. Em votos válidos, a diferença chegaria a 30 pontos.

A nova pesquisa Exata/JP foi realizada entre 14 a 17 de junho e identificou que o governo tem 58% de aprovação. Tem margem de erro de 3.2 pontos percentuais e índice de confiabilidade de 95%. Foram ouvidos 1404 eleitores

O levantamento do instituto, que está entre os que mais acerta nas eleições do Maranhão, também revela que o governador Flávio Dino lidera a pesquisa espontânea com 36% das intenções de voto. Roseana Sarney tem 12% e Roberto Rocha 1%. Maura Jorge e Edivaldo Holanda Júnior também foram lembrados mas não pontuaram.

Othelino destina emenda para ambulância e critica descaso de Luciano Genésio em Pinheiro

Na tribuna, Othelino Neto revelou que, no final do ano passado, convidou Luciano Genésio para discutir emenda, mas ele não se interessou

O presidente em exercício da Assembleia Legislativa, deputado estadual Othelino Neto (PCdoB), enviou ofício ao secretário-chefe da Casa Civil do governo do Estado, Marcelo Tavares, solicitando, com urgência, liberação de emenda de sua autoria, no valor de R$ 160 mil, com objetivo de adquirir uma ambulância para socorrer a população da cidade. Ele repercutiu, na sessão desta quarta-feira (21), e demonstrou tristeza com um vídeo, viralizado na internet, de um cidadão que se acidentou na cidade, sofreu um acidente de moto e a equipe do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi chamada para socorrê-lo, mas não havia nenhuma ambulância para transportar o paciente até o Hospital Antenor Abreu.

“Fiquei triste ao ver aquela cena, um cidadão numa maca, numa carroceria de uma caminhonete que teve que ficar aberta. Os servidores do Samu se dispuseram, inclusive até chegaram a se expor, pois foram também no mesmo local. Parabenizo esses servidores por essa ação, apesar do transporte inadequado, demonstrando o compromisso com o cuidado para com a vida das pessoas, mas é muito lamentável ver essa situação na principal cidade da Baixada Maranhense”, relatou.

Na tribuna, Othelino Neto revelou que, no final do ano passado, convidou  o prefeito de Pinheiro, Luciano Genésio, para que ele viesse à Assembleia discutir a emenda parlamentar, mas ele não demonstrou o menor interesse. “Eu queria apenas discutir com ele, que aliás nos derrotou nas eleições do ano passado, a emenda para beneficiar a cidade. Infelizmente, o prefeito não veio até aqui, não demonstrou interesse”, frisou.

Segundo Othelino, com o desinteresse do prefeito, que não quis receber a ajuda para o município, e a evidente necessidade urgente, observada nesse caso citado e em inúmeros outros, ele solicitou ao governador Flávio Dino uma ambulância ao município de Pinheiro por meio de emenda. “Independente da simpatia ou da antipatia política, é preciso ter cuidado com a vida das pessoas. Já que o prefeito não se dispôs a vir aqui, a emenda já está disponibilizada e eu tenho certeza de que, em um curto espaço de tempo, o governo do Estado, assim como entregou já a diversos municípios que têm sérias dificuldades, vai enviar uma nova ambulância para a cidade”, comentou.

O deputado enfatizou, no pronunciamento, que não é obrigação do governo do Estado doar ambulâncias para os municípios. Em Pinheiro, o Hospital Jackson Lago está funcionando, atendendo as pessoas e tem ambulância, mas o Samu não dispõe de nenhuma.

“Já solicitei ao governador e, pela sensibilidade que ele tem tido com os problemas, mesmo aqueles que são de responsabilidade dos prefeitos, estou certo de que ele vai atender a essas solicitações e, no menor espaço de tempo possível, doar uma ambulância ao município de Pinheiro para que as pessoas não mais sejam transportadas de forma desumana em caminhonetes, como aconteceu com este último caso, que saiu não só na imprensa da cidade, mas também nas redes sociais e foi veiculado por televisões da capital do Estado”, comentou.

Othelino Neto disse esperar que a Prefeitura de Pinheiro faça os devidos reparos nas ambulâncias para que as pessoas possam ter atendimento médico emergencial e que não precisem se locomover até o hospital em automóvel próprio e sim em veículos apropriados de forma segura. “De minha parte, apesar do prefeito não ter se interessado, já está disponibilizada a emenda para as pessoas da cidade”, concluiu.

Pesquisa Exata mostra Flávio Dino com 24 pontos de vantagem à frente de Roseana, se eleição fosse hoje

 

Pesquisa do instituto Exata, encomendada e publicada pelo Jornal Pequeno, na edição desta quarta-feira (21), mostra  que o governador  do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), marcou 51 pontos percentuais contra 28 da peemedebista, no cenário em que aparecem apenas os dois, se as eleições fossem hoje. Outros 16% disseram votar nulo, branco ou nenhum e 5% não sabem ou não responderam. Em votos válidos, a diferença chegaria a 30 pontos.

A nova pesquisa Exata/JP foi realizada entre 14 a 17 de junho e identificou que o governo tem 58% de aprovação. Tem margem de erro de 3.2 pontos percentuais e índice de confiabilidade de 95%. Foram ouvidos 1404 eleitores

O levantamento do instituto, que está entre os que mais acerta nas eleições do Maranhão, também revela que o governador Flávio Dino lidera a pesquisa espontânea com 36% das intenções de voto. Roseana Sarney tem 12% e Roberto Rocha 1%. Maura Jorge e Edivaldo Holanda Júnior também foram lembrados mas não pontuaram.

De novo! Janot pede ao STF abertura de mais um inquérito para investigar Lobão

Globo.com

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu ao Supremo Tribunal Federal abertura de inquérito sobre o suposto envolvimento do senador Edison Lobão (PMDB-MA) com a holding Diamond Mountain, nas Ilhas Cayman.

O procurador também pediu a quebra do sigilo bancário do parlamentar entre 1º de janeiro de 2011 e 31 de dezembro de 2012.

A suspeita é de crime contra o sistema financeiro e de utilização da holding Diamond Mountain para tentar obter benefícios junto aos fundos de investimentos controlados pelo governo federal, entre os quais o Postalis, dos Correios.

Alvo de quatro inquéritos no Supremo (leia mais informações ao final desta reportagem), Lobão nega as acusações. Segundo a defesa, ele nunca teve ligação com a Diamond Mountain.

Os pedidos serão analisados pelo relator, ministro Luís Roberto Barroso, a quem cabe autorizar a investigação.

A apuração sobre a Diamond Mountain começou em julho de 2014 na Justiça Federal de São Paulo mas, diante de uma testemunha ter citado possível envolvimento de Lobão, a juíza Fabiana Alves Rodrigues mandou tudo para o Supremo.

Nessa decisão, a juíza destacou que o Ministério Público Federal não via indícios para investigar Lobão, mas que, pelo entendimento do Supremo, cabe ao STF decidir o que fazer depois de ouvir a Procuradoria Geral da República.

Janot pediu, em setembro de 2015, coleta de mais informações antes de definir se pediria ou não abertura de inquérito.

Entre as diligências pedidas, Janot requereu compartilhamento de provas produzidas em investigação sobre Lobão na Operação Lava Jato, como a agenda de Lobão como ministro de Minas e Energia, para saber se ele se reuniu com pessoas ligadas à holding.

Agora, o procurador disse que a agenda de Lobão confirmou diversas reuniões com representantes da empresa. E que a suspeita é de que ele era sócio-oculto da Diamond. Segundo ele, os dados coletados exigem o aprofundamento das investigações, com abertura de um inquérito.