PT do Maranhão definirá rumos nas eleições neste domingo; Partido vetará siglas que votaram contra Dilma Rousseff

Deputado do PT descartou alianças com PSDB, PPS, DEM e Solidariedade, sobretudo, em São Luís. Isso quer dizer, de imediato, um NÃO a uma coligação com a pré-candidata  do PPS, deputada federal Eliziane Gama.

Deputado Zé Inácio convocou a militância para o Encontro de Tática Eleitoral do PT

Deputado Zé Inácio convocou a militância para o Encontro de Tática Eleitoral do PT

Neste domingo (10),  220 delegados estarão responsáveis por definir a tática eleitoral do PT para as eleições de 2016, o que significa decidir sobre os posicionamentos que o partido tomará no Maranhão, no pleito deste ano, incluindo apoios, pré-candidaturas e tendências políticas. Desse encontro, deverá sair a decisão sobre São Luís. Nas primeiras discussões, a sigla apontou por candidatura própria e cotou os nomes do deputado estadual Zé Inácio Rodrigues e do advogado Mário Macieira para a disputa.
Segundo disse Zé Inácio na Assembleia Legislativa,  as alianças terão restrição expressa, sobretudo na capital maranhense, aos partidos que votaram contra a presidente Dilma Rousseff, ou seja pelo impeachment da petista. No caso, PSDB, PPS, DEM e Solidariedade.
O deputado deixou claro que esses partidos estão fora do arco de aliança do PT, de acordo com a resolução nacional da sigla, o que significa, de imediato, que não há chances de coligação com o grupo da pré-candidata do PPS, deputada federal Eliziane Gama, na disputa pelo comando da Prefeitura da capital.
Na sessão da última quinta-feira (07), Zé Inácio utilizou a tribuna para convocar a imprensa e militantes do PT a participarem do Encontro de Tática Eleitoral do Partido dos Trabalhadores, que ocorrerá neste domingo (10), a partir das 9 horas, no auditório Fernando Falcão, da Assembleia Legislativa.
“Em nome do nosso presidente municipal do Partido dos Trabalhadores, Fernando Magalhães, convido nossos militantes e a imprensa para que se façam presente no Encontro de Tática Eleitoral, evento de grande importância para o PT”, afirmou ao explicar que o encontro versará entre a candidatura própria e a coligação, bem como pela aliança com outros partidos do campo democrático e popular.
Candidatura em São Luís
Segundo Zé Inácio, no encontro será discutido se haverá candidatura própria ou aliança em São Luís. Caso ocorra a candidatura própria, será aberta a inscrição para qualquer filiado se inscrever e concorrer, internamente, a prefeito de São Luís.
Atualmente há dois pré-candidatos a prefeito: Zé Inácio e o advogado Mário Macieira. O primeiro possui como aliados várias lideranças do PT e forças políticas internas. Já Macieira, tem a preferência de boa parte dos advogados que militam no partido.
No dia 31 de julho será definido quem será o candidato a prefeito, bem como os candidatos a vereadores. A meta do partido é dobrar a quantidade de vereadores.
Zé Inácio também destacou as pesquisas qualitativas e  disse que a imagem do PT tem melhorado em nível local e nacional. Segundo ele, os dados mostram, inclusive, o ex-presidente Lula como um dos cabos eleitorais mais importantes em São Luís. “Isso nos motiva a caminhar para uma candidatura própria, pois a população ludovicense tem uma visão clara do golpe que ocorreu, com o qual estamos perdendo direitos sociais conquistados com muita luta pela classe trabalhadora”, disse.