Coronel Pedro Ribeiro assume Comando da Polícia Militar

Ribeiro assume o comando após trabalho do Coronel Ismael Fonsêca

O coronel Pedro Ribeiro é o novo comandante da Polícia Militar do Maranhão. O anúncio foi feito após reunião do governador Flávio Dino com o secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela. Ribeiro assume o comando após trabalho do Coronel Ismael Fonsêca.

Em rede social, o governador Flávio Dino oficializou a troca do comando. “O coronel Pedro Ribeiro é o novo comandante da Polícia Militar do Maranhão. Agradeço ao coronel Ismael a dedicação com que exerceu o comando. Todos juntos prosseguiremos na missão de continuar a reduzir a violência no nosso Estado”, disse Flávio Dino.

Ribeiro está na Polícia Militar há 33 anos, exercendo comando de unidades em Imperatriz, Pinheiro, Batalhão Ambiental, Policiamento Metropolitano e Planejamento Estratégico. Há dois anos ocupava o Subcomando Geral da corporação. 

Flávio Dino forma mais 180 policiais para reforçar segurança no Maranhão

A formatura foi na Praça Maria Aragão e teve a presença do governador Flávio Dino, do vice-governador Carlos Brandão

Mais 180 novos policiais militares se formaram nesta segunda-feira (7) no Maranhão para reforçar a segurança no Estado. Eles passam a integrar a maior tropa policial da história do Maranhão, de 15 mil profissionais.

Os novos policiais do Curso de Formação de Soldados 2019 vão atuar tanto na capital quanto no interior.

A formatura foi na Praça Maria Aragão e teve a presença do governador Flávio Dino, do vice-governador Carlos Brandão, do secretário de Estado de Segurança Pública, Jefferson Portela, e do comandante geral da Polícia Militar, coronel Ismael Fonseca, além de autoridades civis e militares.

“Estamos permanentemente investindo para aprimorar a polícia. Isso inclui a formação, a capacitação e a valorização dos profissionais para que obtenhamos esse resultado. Uma polícia mais eficiente e mais próxima da população e que seja capaz de continuar a redução da violência”, afirmou o governador Flávio Dino.

Ele deu como exemplo, a queda de 72% nos homicídios em setembro de 2019 na Grande Ilha na comparação com o mesmo mês de 2014. Além disso, São Luís é a capital que mais reduziu esse tipo de crime em todo o Brasil.

Grande São Luís: Homicídios caem 37% no mês de abril em comparação com mesmo período de 2018

São Luís deixou em 2017 a lista das 50 capitais mais violentas de todo o mundo.

Os homicídios na Grande São Luís caíram 37% no mês de abril deste ano, na comparação com o mesmo mês de 2018. Em abril do ano passado, tinham sido 30 casos desse tipo. Em abril de 2019, foram 19 – queda de 36,66%.

Os homicídios vêm caindo ano a ano no Maranhão. Em abril de 2014, foram 69 homicídios nos quatro municípios da Grande Ilha; em abril de 2015, 53; em abril de 2016, 46; em abril de 2017, 41; em abril de 2018, 30; em abril de 2019, 19.

“Queda de 72% após cinco anos de trabalho sério e honesto, com muitos investimentos”, afirmou o governador Flávio Dino. A queda na criminalidade reflete os investimentos e a nova política de segurança que passaram a ser adotados após 2015.

Hoje, o Maranhão tem mais de 15 mil policiais, a maior tropa da história do Estado. Foram entregues mais de mil viaturas, dando condições de trabalho para a polícia. Também houve investimento em armamento e equipamentos. Com isso, a capital maranhense enfim deixou, em 2017, a lista das 50 capitais mais violentas de todo o mundo.

Flávio Dino empossa coronel Ismael como novo comandante da Polícia Militar do Maranhão

Flávio falou da competência do Coronel Ismael para o Comando e também parabenizou o trabalho desenvolvido pelo coronel Luongo que agora estará em nova missão na Secretaria de Estado de Segurança Pública

O governador Flávio Dino empossou, nesta segunda-feira (22), o Coronel Ismael de Sousa Fonseca, que ocupava o comando do Centro Tático Aéreo (CTA), desde 2015. Coronel Ismael assume a corporação na vaga que era ocupada pelo coronel Jorge Luongo, desde março de 2018.

Na solenidade de transmissão do cargo, realizada no Comando Geral da PMMA, o governador Flávio Dino explicou que, apesar da troca, a intenção é seguir o excelente trabalho que o comando da polícia militar vem realizando desde 2015, o que resulta em significativas quedas no número de ocorrências criminais e melhorias na Segurança Pública do Maranhão. “Nós conseguimos a redução da criminalidade violenta, ou seja, daquela que envolve a perda de vidas violentas, por exemplo, de homicídios, uma redução na ordem de 64% em São Luís e uma redução em todo o estado. E vamos continuar fazendo investimento público e aprimorando os comandos”, destacou Flávio Dino.

Flávio Dino anuncia novo Comandante Geral da Polícia Militar

No lugar do Coronel Jorge Luongo, assume o Coronel Ismael

O governador Flávio Dino (PCdoB) anunciou, por meio de sua conta no Twitter, o nome do novo Comandante Geral da Polícia Militar do Maranhão. No lugar do Coronel Jorge Luongo, assume o Coronel Ismael, que respondia pelo Centro Tático Aéreo.

“O coronel Ismael assumirá o Comando Geral da Polícia Militar na próxima terça-feira. Agradeço ao coronel Luongo, que passará a integrar a equipe da SSP”, escreveu.

Flávio Dino responde internauta sobre nomeação dos 1.800 aprovados para cadastro de reserva do concurso da PM

Flávio Dino respondeu ao internauta e explicou toda a situação sobre o tema que já gerou várias polêmicas

O internauta Rubem Ventura questionou o governador Flávio Dino sobre as nomeações dos aprovados para o cadastro de reserva do concurso da Polícia Militar. “Nobre Governador Flávio Dino, sei que o senhor é defensor das minorias, faço um apelo, olhe a situação dos 1800 soldados formados e não nomeados. Eles querem apenas um dialogo com o senhor, um possível cronograma. Deus abençoe”, escreveu.

Flávio Dino respondeu ao internauta e explicou toda a situação sobre o tema que já gerou várias polêmicas. “Sr. Rubem, como já foi explicado, estamos cumprindo o edital do concurso: nomeamos TODOS os aprovados dentro das vagas ofertadas. Quanto ao cadastro de reserva, serão chamados progressivamente, de acordo com a disponibilidade FINANCEIRA e com a Lei de Responsabilidade Fiscal. Temos total boa vontade, tanto que inserimos a previsão do cadastro de reserva no edital. E fizemos a previsão orçamentária. Mas orçamento não significa ter dinheiro efetivamente disponível. E temos limites legais a cumprir, conforme Lei de Responsabilidade Fiscal. Veja que o Brasil está no 6º ano consecutivo em recessão econômica. Muitos estados não pagam sequer os salários. Compreendo as necessidades de todos. Mas não posso descumprir a Lei e colocar em risco o esforço monumental para sobreviver à crise sem atrasar salários dos servidores. Esta é a situação já reiteradamente explicada para o CADASTRO DE RESERVA. Como estamos de acordo com a lei e com o edital do concurso, não podemos concordar com agressões de alguns, que não resolvem absolutamente nada”, escreveu Flávio.

O governador encerrou afirmando seu compromisso para que o Maranhão avance e deu seu compromisso com os reservista do concurso da PM. “Também espero que Deus proteja o Brasil e a situação econômica melhore. Somos o governo que, na história do Maranhão, mais ampliou a polícia, grandes hospitais e escolas. Queremos fazer ainda mais, porém temos limites legais e financeiros a cumprir. Agradeço a sua gentil mensagem. E sinceramente espero poder atender a todos. Sempre luto pelo máximo e pelo melhor. Mas com os pés no chão e cumprindo as leis, com muita responsabilidade. Disso não posso me afastar”, concluiu.

Governo do Maranhão prevê concursos públicos em mais de 10 áreas neste ano

A Lei Orçamentária Anual (LOA) prevê ao todo 2.762 novas vagas para o ano de 2019, das quais 2.000 são para a Polícia Militar do Maranhão

Em proposta orçamentária aprovada em dezembro de 2018 pela Assembleia Legislativa do Maranhão (Alema), o governador Flávio Dino direcionou recursos para concursos públicos em mais de 10 órgãos do Estado. São previstos R$ 222,7 milhões em investimentos para criação, provimento e contratação de pessoal, por meio de realização de novos concursos ou convocações de aprovados em certames anteriores. A Lei Orçamentária Anual (LOA) prevê ao todo 2.762 novas vagas para o ano de 2019, das quais 2.000 são para a Polícia Militar do Maranhão.

Mesmo sob forte crise fiscal enfrentada pelo país, o governador Flávio Dino conseguiu manter a responsabilidade fiscal do Estado, permitindo continuar a valorização dos servidores como prioridade. “O meu compromisso é de continuar qualificando o serviço público. Vivemos uma era em que infelizmente, hoje, muitos colegas governadores ao tomarem posse falaram de menos Estado, menos serviço público, menos servidores públicos. Eu creio em outro ideário. Só é possível haver desenvolvimento com serviço público e gratuito”, afirmou durante a posse, no início do mês.

Desde 2015, o Governo do Maranhão abriu mais de 6.000 novas vagas para o ingresso de pessoas no serviço público estadual por meio de concursos públicos ou seletivos.
Para 2019, o Governo do Maranhão reservou, na Lei Orçamentária Anual, condições para que órgãos e secretarias da administração estadual possam realizar novos concursos ou convocar aprovados em certames anteriores, de acordo com disponibilidade financeira.

Veja as vagas previstas

Polícia Militar do Maranhão – 2.000 vagas
Polícia Civil – 150 vagas
Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão – 100 vagas
Fundação da Criança e do Adolescente (Funac) – 150 vagas
Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) – 120 vagas
Agência Estadual de Defesa Agropecuária (Aged) – 100 vagas
Secretaria de Estado de Gestão, Patrimônio e Assistência dos Servidores (Segep) – 42 vagas
Procuradoria Geral do Estado (PGE) – 30 vagas
Secretaria de Planejamento e Orçamento (Seplan) – 30 vagas
Secretaria de meio Ambiente e Recursos Naturais – 10 vagas
Instituto de Promoção e Defesa do Cidadão e do Consumidor (Procon) – 10 vagas
Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (Imesc) – 10 vagas

Pela primeira vez no Maranhão, Polícia Militar tem duas mulheres ocupando o posto máximo da corporação

O governador Flávio Dino comentou a promoção da coronel Edilene

O governador em exercício Carlos Brandão participou nessa quinta-feira (3) da cerimônia de promoção de 299 praças e oito oficiais da Polícia Militar do Maranhão. Em quatro anos, já são mais de 8 mil promoções de policiais no Estado.

Entre as promovidas, está a oficial Edilene Soares, que agora ocupa o posto de coronel. Pela primeira vez no Maranhão, a Polícia Militar tem duas mulheres ocupando o posto máximo da corporação. Uma delas é Edilene.

“O sentimento é de agradecimento. Eu nunca perdi a fé. Nós confiamos no nosso trabalho. E hoje temos o trabalho reconhecido e coroado com essa promoção”, afirmou Edilene.

Governador interino Carlos Brandão participou da cerimônia de promoção dos policiais

A coronel comanda o 9° Batalhão da PM, que tem mais de 400 policiais e é responsável pelo patrulhamento de 65 bairros de São Luís, entre eles o Centro, Liberdade, Alemanha, Vila Palmeira e Anil.

De acordo com Carlos Brandão, a cerimônia foi “um grande ato de promoções e é motivo de muito orgulho para o nosso governo”.

“Isso é uma maneira de motivar a classe, de fazer que os policiais vão para a rua de forma firme e forte, sabendo que têm um futuro garantido”, afirmou o governador, que está no exercício do cargo por ocasião das férias de Flávio Dino.

Brandão lembrou que, além das promoções, o sistema de segurança do Maranhão tem sido reforçado com mais profissionais, equipamento, armas e viaturas. “O resultado está aí: São Luís saiu da lista das 50 cidades mais violentas do mundo, e houve redução de 62% nos homicídios na Grande ilha [entre 2014 e 2018].

Também estiveram presentes na cerimônia de promoção o secretário de Segurança do Estado, Jefferson Portela, o comandante geral da PMMA, coronel PM Jorge Luongo, oficiais do alto comando, demais oficiais e praças da corporação, além de autoridades do Executivo, Legislativo e Judiciário, das Forças Armadas, Forças Auxiliares e integrantes do sistema de segurança pública do Estado.

Flávio Dino promove segunda mulher ao posto de Coronel da Polícia Militar

Pela primeira vez no Maranhão, a Polícia Militar tem duas mulheres ocupando o posto máximo da corporação. Na manhã do último sábado, dia 22, o governador Flávio Dino promoveu a oficial Edilene Soares a Coronel.

A Coronel Edilene comanda o 9° Batalhão da PM, que possui mais de 400 policiais e é responsável pelo patrulhamento de 65 bairros de São Luís, entre eles o Centro, Liberdade, Alemanha, Vila Palmeira e Anil.

“Estou muito feliz, já chorei bastante. O governador Flávio Dino está valorizando o trabalho que as mulheres fazem na Polícia, prestigiando-as dentro da nossa instituição”, disse a Coronel Edilene.

Esta é a segunda vez que o governador Flávio Dino promove uma mulher a Coronel. Em dezembro de 2016, a oficial  Augusta Andrade chegou a Coronel. Atualmente, ela coordena a Patrulha Maria da Penha, que recentemente foi premiada no Fórum Brasileiro de Segurança Publica, como “Prática Inovadora”.

“É motivo de muita alegria e felicidade vivermos um momento tão especial, de valorização profissional como esse. Isso nunca aconteceu na história da nossa Polícia”, afirmou a Coronel Augusta.